quarta-feira, 8 de julho de 2020

Fernanda Takai grava sucessos de Amy Winehouse e Michael Jackson em novo álbum

julho 08, 2020


Fernanda Takai escolhe a dedo as músicas que interpreta e sua maneira de "vestir" uma canção é sempre fazê-la como se fosse de seu próprio repertório. Nesse álbum, ela trouxe o single já lançado "Não Creio em Mais Nada" (Totó), clássico na voz de Paulo Sérgio gravado em 1970, pincelou um hit de Michael Jackson, "One Day in Your Life" (Renée Armand/ Samuel F. Brown III) e outro de Amy Winehouse, "Love Is a Losing Game".

Além dessas, "Será que você vai acreditar?" traz outras sete músicas; "Não Esqueça" (Nico Nicolaiewsky), que só havia sido gravada pelo autor em um documentário, duas de John Ulhoa ("Terra Plana" e "Corações Vazios"), produtor do disco que também tocou todos os instrumentos, e as outras de Fernanda Takai, uma em parceria com Climério Ferreira ("O que Ninguém Diz"), outra com Virginie Boutaud ("O Amor em Tempos de Cólera"), outra ainda com John e Maki Nomiya ("Love Song") e "Who Are You?", que ela assina sozinha e fecha o disco.

Fernanda Takai chamou o artista plástico Renato Larini para assinar o projeto gráfico do álbum, que foi executado pela Hardy Design. "Será que você vai acreditar?" será lançado na próxima sexta-feira (10) pela gravadora Deck em todos os aplicativos de música.

ASCOM

terça-feira, 7 de julho de 2020

Presidente Jair Bolsonaro testa positivo pro Covid -19

julho 07, 2020
O presidente Jair Bolsonaro informou nesta terça-feira (7) que seu exame para detectar se está com covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, deu positivo.

Bolsonaro já havia informado a apoiadores na segunda-feira (6) que estava com febre e dores no corpo e, por isso, decidiu fazer o exame. Ele também disse que fez uma radiografia e que o pulmão "estava limpo".

O presidente disse que chegou a ter febre de 38 graus, mas que, à noite, a temperatura começou a ceder. Ele disse que agora está se sentindo "perfeitamente bem".

"Estou bem, estou normal, em comparação a ontem, estou muito bem. Estou até com vontade de fazer uma caminhada, mas, por recomendação médica, não farei", afirmou.

O presidente tem 65 anos e faz parte da faixa etária considerada por especialistas como grupo de risco.

G1

Cabrobó começa um projeto de arborização com Ipê Roxo e Caraibeiras

julho 07, 2020
O município de Cabrobó, no Sertão do São Francisco, recebeu esta semana a doação de 3 mil mudas de Ipês Roxos e Caraibeiras para início de um projeto de arborização, paisagismo e floricultura que vai mudar significativamente o aspecto urbanístico da cidade.

As mudas de espécies nativas da flora da Caatinga, foram doadas pela Agrovale, empresa sucroalcooleira com sede em Juazeiro - BA, e vão ampliar a cobertura verde da cidade ornamentando as principais avenidas, praças, canteiros centrais e passeios públicos com uma floração intensa e coloração variada.

De acordo com o prefeito do município, Marcílio Cavalcanti, o plantio das mudas vai beneficiar inicialmente os espaços públicos da área central com plantas de potencial ornamental de médio e grande porte. "Já identificamos as áreas mais quentes e de maior fluxo de movimento e a nossa expectativa é que, em três anos, algumas dessas árvores já comecem a florescer, dar sombra e ar puro", ressaltou.

Ainda segundo o prefeito, o projeto prioriza o uso de espécies da Caatinga, o único bioma exclusivamente brasileiro, pela rusticidade das espécies e por exigirem a menor quantidade de irrigação e tratos possíveis. "Além da beleza paisagística promovida pelo festival de cores que também irá amenizar as altas temperaturas do nosso sertão", concluiu.

Agrovale

O viveiro de mudas da Agrovale produz mais de 70 espécies de plantas nativas da Caatinga a exemplo de marizeiro, ingazeiro, pau ferro, paineira, angico e umburana. As mudas são utilizadas na recuperação de áreas degradadas, repovoamento e reflorestamento, visando a preservação da Caatinga, ecossistemas e das matas ciliares do Rio São Francisco.

De acordo com o Departamento do Meio Ambiente da empresa, apenas no ano passado foram doadas 72 mil mudas nativas para 14 municípios – 10 baianos, 4 pernambucanos – e pelo menos 90 entidades e pessoas físicas.

ASCOM

segunda-feira, 6 de julho de 2020

Ameba “comedora de cérebro” gera alerta nos Estados Unidos

julho 06, 2020

Foto: Getty Images/BBC NEWS BRASIL

Um caso de uma rara ameba “comedora de cérebro” foi confirmado no Estado americano da Flórida, segundo autoridades de saúde locais. Frequentemente encontrada em água morna, a ameba entra no corpo pelo nariz. Não foram divulgadas informações sobre o estado de saúde do paciente ou sobre a maneira com que contraiu a ameba. Esse tipo de infecção é mais comum em Estados do sul dos EUA, mas ainda assim é rara. Porém, dada as suas consequências potencialmente fatais, o órgão de saúde da Flórida emitiu um alerta em 3 de julho para os moradores de Hillsborough. 

Autoridades locais recomendaram aos habitantes que evitem o contato do nariz com água encanada e de outras fontes da região. Aqueles infectados pela ameba apresentam sintomas como febre, náusea, vômito, rigidez na nuca e dores de cabeça. A maioria morre em até uma semana. Estima-se que 97% dos infectados morrem.

Fonte: R7

Cocar lança concurso de fotografia #MinhaRuaBela

julho 06, 2020


O Coletivo Cultural de Arcoverde- COCAR, abriu nesta segunda-feira (06), o concurso fotográfico #MinhaRuaBela, no qual concorrerão fotos retratando avenidas, ruas, praças, travessas, etc de Arcoverde.

As inscrições seguem até o dia 25/07 e estão sendo recebidas pelo e-mail minharuabela@gmail.com. No dia 26/07 começa a votação pelo público, quando todas as fotos inscritas estarão postadas no perfil do Instagram @cocarcoverde e lá receberão as curtidas do público até 10/08/2020.

As quatro fotografias mais curtidas receberão um prêmio em dinheiro e as demais, farão parte de uma exposição retratando a visão do arcoverdense sobre sua cidade que será realizada pelo Cocar.

Em 11 de agosto será realizada uma live no Instragram do COCAR para divulgação do resultado do concurso.

Confiram aqui o regulamento do concurso.

Segue abaixo o regulamento:

CONCURSO DE FOTOGRAFIA #MinhaRuaBela


Art. 1º. O COCAR – Coletivo Cultural de Arcoverde, entidade cultural sem fins lucrativos, promove o concurso de fotografia #MinhaRuaBela, com objetivo de captar olhares de moradores de Arcoverde/PE, mediante a publicação de fotografias que retratem o logradouro (avenida, rua, praça, travessa, etc) onde moram.

Art. 2⁰. Para participar do concurso, a pessoa física deverá enviar a foto para o endereço minharuabela@gmail.com e no corpo da mensagem informar:

I) nome completo e RG;

II) endereço (local ao qual se refere a foto);

III) nome de perfil no Instagram (caso deseje ser marcado na foto do concurso); e

IV) telefone.

Art. 3.⁰ O período de inscrição vai da data da publicação deste edital no blogue do COCAR (http://coletivococar.blogspot.com) até às 23:59 h do 25/07/2020.

Art. 4.⁰ As fotografias podem ser produzidas com qualquer tipo de equipamento fotográfico e serão postadas pela organização do concurso no perfil do Instagram @cocarcoverde, onde permanecerão de 26/07 até meia noite do dia 10/08/2020, para votação pelo público.

§ 1.⁰ A fotografia deve ter sido feita em 2020.

§ 2.⁰ Será inscrita apenas uma foto por pessoa.

§ 3.⁰ É de inteira responsabilidade do candidato a informação quanto à autoria da foto.

Art. 5.⁰ - Serão desclassificadas as fotografias:

I) que não contenham as informações indicadas no art. 2.⁰;

II) enviadas para o concurso fora do período estipulado no art. 3.⁰;

III) que não sejam de 2020;

IV) que contenham cunho ofensivo, imoral, discriminatório, antidemocrático, com teor ilícito ou imagens que sugiram ou estimulem atos que possam colocar em risco a saúde, segurança, a vida e a dignidade das pessoas; e

V) que não retratem o logradouro (avenida, rua, praça, travessa, etc) onde resida o candidato.

Art. 6.⁰ - A classificação no concurso será feita com base no número de curtidas (likes) na fotografia postada no Instagram de @cocarcoverde.

Art. 7.⁰ - As quatro fotografias que obtiverem mais curtidas (likes), receberão, cada uma, um prêmio de R$ 150,00.

Art. 8.⁰ - Ao se inscreverem, os participantes autorizam o COCAR a fazer, sem fins comerciais, o uso das fotografias em seus canais de divulgação e em exposição a ser feita oportunamente, a critério da entidade organizadora.

Art. 9.⁰ - A inscrição representa concordância com as normas desse regulamento e o seu descumprimento acarreta desclassificação automática do concurso.

Art. 10 – O resultado do concurso será divulgado em live a ser realizada no dia 11/08/2020, às 20h, no perfil do Instagram: @cocarcoverde.

Art. 11 - Os casos omissos serão resolvidos pela Diretoria do COCAR.

Art. 12 – As dúvidas poderão ser esclarecidas pelo Whatsapp (81) 9.8854-0661.

Informações: COCAR

Projeto autoriza “showmícios” de artistas pela internet nas campanhas eleitorais de 2020

julho 06, 2020

O Projeto de Lei 3623/20 autoriza a contratação de artistas, para apresentações em plataformas digitais da internet, nas campanhas eleitorais de candidatos nos pleitos municipais de 2020, excepcionalmente.
Pelo texto em análise na Câmara dos Deputados, os gastos individuais de cada candidato ficarão limitados a R$ 20 mil, podendo o artista ser contratado por mais de um candidato.
Os chamados “showmícios” de artistas em campanhas eleitorais foram proibidos pela “minirreforma eleitoral" de 2006 (Lei 11.300/06). Posteriormente, a proibição foi questionada por alguns partidos e mantida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
“É obrigação desta Casa Legislativa levar cultura à população, e como estão proibidas as aglomerações e, portanto, os comícios, os candidatos devem poder nos limites previstos contratar artistas para suas campanhas excepcionalmente, pois estamos vivendo um momento jamais vivido por esta geração”, justifica o autor da proposta, deputado Alexandre Frota (PSDB-SP). 

Agência Senado

Governo do Estado relança edital do 15º Concurso do Registro do Patrimônio Vivo

julho 06, 2020

O Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secult/PE e da Fundarpe, relançaram, na última quarta-feira (1º), o edital do 15º Concurso do Registro do Patrimônio Vivo do Estado de Pernambuco (RPV-PE), que foi suspenso temporariamente no dia 20 de março de 2020, em decorrência das “medidas temporárias para enfrentamento do coronavírus (COVID-19)”.

A partir de agora os candidatos a Patrimônio Vivo, poderão se inscrever no período de 3 a 21 de agosto de 2020. De maneira presencial, de segunda a sexta-feira, deverá ser realizada no horário das 9h às 16h, protocolada na recepção da Fundarpe. Pelos correios, com Aviso de Recebimento (AR), com data de postagem até o dia 21 de agosto de 2020 (último dia de inscrição), para o endereço da sede da Sescult-PE/Fundarpe (Rua da Aurora, 463/469, Boa Vista, Recife-PE, 50050-000). 

15º Concurso do Registro do Patrimônio Vivo - Reconhecer e apoiar mestres, mestras e grupos da cultura tradicional e popular de Pernambuco, o valor do seu legado e sua contribuição para a transmissão desses conhecimentos para pessoas de gerações mais novas, a fim de que mantenham os saberes e fazeres dos mais antigos. Esse é o objetivo do RPV-PE, criado pelo Governo de Pernambuco, e gerido pela Secult/PE e da Fundarpe.

A candidatura, seja de pessoa física ou grupo, deve ser feita por uma entidade proponente, e não pelo próprio interessado. São consideradas aptas para apresentar candidatura: a Assembleia Legislativa de Pernambuco; as câmaras de vereadores dos municípios pernambucanos, além de entidades sem fins lucrativos, sediadas no Estado e atuantes a mais de dois anos.

A avaliação das propostas é feita pelo Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural – CEPPC, que anualmente escolhe seis novos candidatos que passam a receber o diploma do Governo de Pernambuco com o título de “Patrimônios Vivos de Pernambuco” além de uma bolsa mensal vitalícia, no valor de R$ 1.600,00 (no caso de pessoa física) e R$ 3.200,00 (quando for grupo, entidade, agremiação ou associação).

Segundo o edital, “as bolsas de incentivo financeiro são destinadas a pessoas físicas ou jurídicas que tenham alcançado um estágio de reconhecida capacidade profissional ou institucional, escolhidas em decorrência de processo de seleção pública, que leva em consideração as justificativas, os currículos, o mérito e a qualidade dos trabalhos executados pelos candidatos à inscrição no RPV-PE”.

Panorama – A Lei do Registro do Patrimônio Vivo de Pernambuco Lei Estadual 12.196/2002, normatizada por meio do Decreto nº 27.503/2004, deu início, em 2005, ao Concurso do Registro do Patrimônio Vivo de Pernambuco – também conhecido como RPV -PE, fortalecendo as estratégias de salvaguarda dos saberes populares e tradicionais de mestres, mestras e grupos em diferentes áreas culturais e regiões do Estado. Inicialmente, registravam-se 3 (três) novos Patrimônios Vivos, situação alterada pela Lei Estadual 15.944/2016, aumentando para 6 (seis) os registros anuais no RPV- PE.

A substituição, em 2014, do antigo Conselho Estadual de Cultura pelo Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural – CEPPC incluiu membros eleitos pela sociedade civil representando diferentes segmentos culturais, ampliando assim a participação social na escolha dos Patrimônios Vivos do Estado.

Na primeira edição do Concurso, ocorrida em 2005, reconheceram-se Patrimônios Vivos referentes aos anos de 2002, 2003, 2004 e 2005. Em 2015 houve a interrupção do concurso em virtude da estruturação do CEPPC, que deliberou o resultado referente a 2015 e 2016 já em 2016, ano que também passou a valer o aumento do número de registrados por concurso.

Ao longo desses quinze anos, cada um dos novos “Patrimônio Vivo de Pernambuco” contou com prioridade em análises de projetos e participação em eventos promovidos pelo Estado, bem como participaram de diferentes ações de promoção, difusão e transmissão dos saberes, como o Festival Pernambuco Nação Cultural, Festival de Inverno de Garanhuns, Fenearte, Semana do Patrimônio Cultural de Pernambuco, Outras Palavras, entre outros.

Até hoje, 63 Patrimônios Vivos foram registrados, sendo 48 pessoas físicas (entre elas 15 falecidas), e 22 grupos.

Clique aqui e confira o edital e seus anexos.

Informações: Fundarpe 

domingo, 5 de julho de 2020

Casa da Cultura reabre as portas após novas medidas sanitárias contra a Covid-19

julho 05, 2020
                                                               Foto: Costa Neto

A Casa da Cultura de Pernambuco, equipamento cultural localizado no centro do Recife, reabriu as portas ao público, seguindo os protocolos de segurança e higienização no combate ao Covid-19. Antes da reabertura, a Casa da Cultura passou por um processo de limpeza e todo o equipamento foi sinalizado a respeito das medidas sanitárias necessárias por parte dos comerciantes e visitantes. O funcionamento do local agora é de segunda a sábado, das 10h às 16h.

Algumas práticas também foram adotadas para o convívio dentro do espaço, como o uso obrigatório de máscara; distanciamento social mínimo de 1,5m; controle de acesso com número máximo de visitantes (125 pessoas); aferição de temperatura; e disponibilização de álcool em gel 70% para higienização das mãos.

Todas as pessoas que forem ao local terão a temperatura aferida, caso o termômetro marque 37,5⁰C ou superior, a pessoa será orientada a retornar para casa ou procurar o serviço de saúde. Além disso, produtos de beleza e cosméticos, bijuterias, roupas, sapatos e acessórios não podem ser provados no local; produtos alimentícios não podem ser consumidos no local; o uso dos banheiros deve ser feito uma pessoa por vez; e o uso dos elevadores por uma pessoa ou família por vez.

Todos os permissionários receberam informações sobre as medidas de segurança que devem cumprir, tais como: atender apenas um cliente dentro da cela; higienizar as mercadorias; e ter cuidados com maquinetas e dinheiro.

A Casa da Cultura é um equipamento cultural do Governo de Pernambuco, gerido pela Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) e Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe).

ASCOM/FUNDARPE

Após dez dias de isolamento rígido, Caruaru e Bezerros retornam para 2ª etapa do Plano de Convivência com a Covid-19

julho 05, 2020

A partir da próxima segunda-feira (06/07), os municípios de Caruaru e Bezerros, ambos no Agreste, retornam para a 2ª etapa do Plano de Convivência com a Covid-19 de Pernambuco. Depois de dez dias cumprindo isolamento social rígido - por determinação do Governo do Estado, as duas cidades registraram redução no número de casos graves de SRAG. Dessa forma, além do funcionamento dos serviços essenciais, da construção civil (com 50% da capacidade) e do segmento industrial, será permitido o retorno do comércio atacadista.

Nos dez dias de restrições mais rígidas, o Governo de Pernambuco realizou uma reforço nas ações de fiscalização, de apoio social e de estruturação da rede pública de saúde voltado para o enfrentamento à Covid-19. Essas medidas permitiram a ampliação do isolamento social, a sensibilização o cumprimento de etiquetas de higiene e cuidado pessoal e capacidade de atendimento aos pacientes que precisam de tratamento.

Ao longo dos dez dias de isolamento rígido, o Governo de Pernambuco enviou para o Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, mais 20 respiradores, que estão possibilitando a abertura de novas vagas de terapia intensiva na unidade. Já para Bezerros, foram encaminhados, após assinatura de termo de cessão, cinco respiradores, cinco monitores multiparamétricos e cinco camas hospitalares, que estão proporcionando a abertura de 10 novos leitos exclusivos para o tratamento de pacientes com Covid-19 na cidade. A IV Gerência Regional de Saúde já conta com 143 leitos dedicados à Covid-19, sendo 78 de UTI e 79 de enfermaria,   

Além de respiradores, o também foram encaminhados, mais de 85 mil Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para as secretarias de Saúde dos dois municípios. Entre os itens, foram entregues máscaras cirúrgicas (70 mil); máscaras do tipo N95 (14 mil), que são indicadas para uso de profissionais que estão em contato direto com os pacientes em procedimentos com risco de geração de aerossol; protetores faciais (1.400) e óculos de proteção (210). 



 A Operação Quarentena, coordenada pela Secretaria de Defesa Social (SDS), chegou a colocar 593 profissionais nas ruas dos dois municípios. Foram mais de 3,5 mil postos ativados nas duas cidades, entre policiais militares, policiais civis e bombeiros militares, além de profissionais de órgãos parceiros, como Detran, Procon, IPEM, guardas municipais e agentes municipais de Saúde. 

Esse efetivo abordou mais de 1.400 veículos e orientou cerca de sete mil  pessoas, além de terem fiscalizado mais de 3.5 mil estabelecimentos comerciais. Além dos pontos de bloqueio, cerca de 40 ações de choque de ordem são colocadas em práticas, por dia, em parques, feiras, bancos, pontos de ônibus e áreas comerciais.

Também foram distribuídas 12.300 máscaras de pano e aferida temperatura da 13 mil pessoas.  As máscaras foram compradas pela Agência de Desenvolvimento AD Diper do polo de confecções do Agreste. Todos servidores e voluntários utilizaram equipamento de proteção individual composto de máscara, protetor facial, avental e luvas.  Ainda foi realizado um trabalho de mobilização com o objetivo alertar as pessoas sobre a necessidade do isolamento social e dos cuidados que todos devem ter, em especial, no período de quarentena rígida.

Como resultado dessas restrições, o município de Caruaru conseguiu sair de um índice médio de isolamento social de 35%, chegando a atingir 50.2%. Já Bezerros, que mantinha um distanciamento médio de 32% na pré-quarentena, chegou a atingir 41%. O índice é medido pela empresa de georreferenciamento Inloco.

Com o retorno de Caruaru e Bezerros para a etapa 2 do Plano de Convivência com a Covid-19, todos os municípios que compõem a Microrregião de Saúde II agora estão no mesmo estágio. A partir desta segunda-feira, entram na etapa 5 todas as cidades da Macrorregião I, incluindo a região de Palmares. Entre alguns dos municípios que avançarão para a 5ª etapa estão Recife, Olinda, Paulista e Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife; Limoeiro, Goiana, Carpina e Bom Jardim, na Zona da Mata Norte. Já as macrorregiões III e IV seguem na etapa 4.

ASCOM

Instagram