segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Pesquisa mostra Paulo Câmara com 27% e Armando Monteiro com 21%

agosto 20, 2018
Do G1
Pesquisa Ibope divulgada, há pouco, aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o governo de Pernambuco:
  • Paulo Câmara (PSB): 27%
  • Armando Monteiro (PTB): 21%
  • Ana Patrícia Alves (PCO): 3%
  • Julio Lóssio (Rede): 3%
  • Maurício Rands (PROS): 2%
  • Simone Fontana (PSTU): 2%
  • Dani Portela (PSOL): 1%
  • Branco/nulo: 32%
  • Não sabe/não respondeu: 8%
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo "Jornal do Commercio". É o primeiro levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.
Sobre a pesquisa
  • Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Quem foi ouvido: 1.204 eleitores de todas as regiões do estado, com 16 anos ou mais
  • Quando a pesquisa foi feita: 17 a 19 de agosto
  • Registro no TRE: PE-00006/2018
  • Registro no TSE: BR-09085/2018
  • O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro
  • 0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado
Espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa Ibope (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:
  • Paulo Câmara (PSB): 9%
  • Armando Monteiro (PTB): 5%
  • Ana Patrícia Alves (PCO): 0%
  • Julio Lóssio (Rede): 0%
  • Maurício Rands (PROS): 0%
  • Dani Portela (PSOL): –
  • Simone Fontana (PSTU): –
  • Outros: 3%
  • Branco/nulo: 29%
  • Não sabe/não respondeu: 53%
Rejeição
O Ibope também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome. Veja os índices:
  • Paulo Câmara (PSB): 43%
  • Armando Monteiro (PTB): 27%
  • Dani Portela (PSOL): 18%
  • Julio Lóssio (Rede): 18%
  • Ana Patrícia Alves (PCO): 17%
  • Maurício Rands (PROS): 17%
  • Simone Fontana (PSTU): 17%
  • Poderia votar em todos: 3%
  • Não sabe/não respondeu: 20%
Informações: G1

Tropa do Balaco Baco leve espetáculo " Re te tei" ao Festival Matia de Teatro de Rua

agosto 20, 2018
Foto: Amannda Oliveira
A Tropa do Balaco Baco de Arcoverde, embarcou nesta segunda-feira, 20 de agosto , para o Acre, onde participa até o dia 26 de agosto do Festival Matias de Teatro de Rua, uma realização da Cia. Visse Versa e do Sesc. O evento contempla as cidades de Plácido de Castro, Bujari, Senador Guimard e Rio Branco e conta com a participação de mais de dez grupos de Teatro de todo o Brasil.
Foto: Tropa do Balaco Baco

Na bagagem o espetáculo "Re Te Tei" que tem como personagens Chico Catolé, as três Marias, o Papa Figo e toda a sua turma, acompanhados dos encantos, das lendas sertanejas e embalados pelo ritmo do Samba de Coco. O grupo arcoverdense também se encarrega de ministrar uma vivência com os outros grupos participantes do festival.
SINOPSE
RE TE TEI é um espetáculo de Mamulengos, uma brincadeira de Rua que conta a história do menino Chico Catolé, moleque treloso, brincalhão e inventador de conversa que foi criado pelas trigêmeas cantadoras de samba de coco; Maria da Paz, Maria das Dores e Maria da Luz.
A Trama se passa no Sertão pernambucano, onde o menino Chico depois de contar muita mentira e criar uma confusão danada para as suas mães encontra-se com uma lenda daquele lugar- O Papa Figo. Numa disputa de mentiras e verdades o famoso velho do saco ganha a disputa e segue o seu caminho com o fígado do menino, condenando-o a ser também um Papa Figo. Com a ajuda dos seus amigos, o menino acha uma saída... É ai que começa então a sina de Chico Catolé pra desfazer esse grande RE TE TEI em que se meteu.

FICHA TÉCNICA
Texto e Direção : Ney Mendes
Elenco : Everson Melo, Ney Mendes, Jordana Monteiro, Paulo Almeida,
Renata Cordeiro, Yan Vinicius, Wilton Freire, Danielly Lima
Direção de Arte : Ney Mendes
Confecção de figurinos e adereços : Tropa do Balacobaco
Músicas : Tropa do Balacobaco, George Silva, Samba de Coco Irmãs Lopes, Assis Calixto, Cícero Gomes e Domínio público

Amannda Oliveira/ Tropa do Balaco Baco

Ibope: Lula lidera com 37%; Bolsonaro 18%

agosto 20, 2018
O candidato do PT à presidência, Luiz Inácio Lula da Silva, lidera mais uma pesquisa de intenção de votos divulgada nesta segunda-feira (20). Com números parecidos com a pesquisa CNT/MDA divulgada pela manhã, o petista aparece com 37% na pesquisa Ibope/Estado de S. Paulo/TV Globo divulga no início da noite.
No cenário com o ex-presidente, Jair Bolsonro (PSL) continua na vice-liderança estagnado com 18%, seguido por Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB). Quando Lula não é citado como candidato, Bolsonaro assume a liderança, mas o número de brancos, nulos e indecisos sobe de 22% para 38%.
Cenário com Lula
Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 37%
Jair Bolsonaro (PSL): 18%
Marina Silva (Rede): 6%
Ciro Gomes (PDT): 5%
Geraldo Alckmin (PSDB): 5%
Alvaro Dias (Podemos): 3%
Eymael (DC): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Henrique Meirelles (MDB): 1%
João Amoêdo (Novo): 1%
Cabo Daciolo (Avante): 0
Vera (PSTU): 0
João Goulart Filho (PPL): 0
Branco/nulos: 16%
Não sabe/não respondeu: 6%

Cenário sem Lula


Jair Bolsonaro (PSL): 20%
Marina Silva (Rede): 12%
Ciro Gomes (PDT): 9%
Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
Fernando Haddad (PT): 4%
Alvaro Dias (Podemos): 3%
Eymael (DC): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Henrique Meirelles (MDB): 1%
João Amoêdo (Novo): 1%
Cabo Daciolo (Avante): 1%
Vera (PSTU): 1%
João Goulart Filho (PPL): 1%
Branco/nulos: 29%
Não sabe/não respondeu: 9%

Informações: Blog do Magno

sábado, 18 de agosto de 2018

Garanhuns sedia Fórum de Secretários e Dirigentes Municipais de Desenvolvimento Econômico

agosto 18, 2018

Garanhuns irá sediar a reunião do Fórum Estadual de Secretários e Dirigentes Municipais de Desenvolvimento Econômico do Agreste Meridional. O momento será realizado na próximo quarta-feira (22), no auditório do Sebrae Garanhuns, a partir das 9h. A reunião será marcada por diversos momentos, como uma palestra sobre A Importância do Fórum de Desenvolvimento Econômico, ministrada por Fernando Clímaco, do Sebrae, e um debate com o tema “Que boas práticas foram empreendidas nos municípios?”, entre outros.

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Jane Célia Marins, estará presente na ocasião. “Essa reunião é muito importante para nós, como secretários, conhecermos as dificuldades e as oportunidades de cada município, assim vamos poder trocar experiências, para que possamos melhorar as propostas de desenvolvimento de cada cidade. Nós também iremos traçar um plano de trabalho para o Agreste Meridional. Como Garanhuns é a cidade polo da região, é de extrema importância que nós participemos”, concluiu.

Daniela Batista

Fael é destaque na Jornada da Juventude em Arcoverde

agosto 18, 2018
Foto: Amannda Oliveira
A Fael foi destaque nesta sexta-feira, na Jornada de Juventude realizada em Arcoverde pela Gerência Regional de Educação do Sertão do Moxotó. O evento aconteceu no Esporte Clube de Arcoverde e contou com a participação de mais de 10 mil estudantes.
Passando pelo estande da universidade, estudantes, pais, professores, autoridades locais e lideranças políticas e comunitárias puderam conhecer de perto a qualidade de ensino oferecido pela Fael que é pioneira em Ensino a Distância no Brasil, com certificação internacional. 
Entre os cursos de graduação a faculdade oferece formação em Pedagogia, Administração, Ciências Contábeis, Gestão Ambiental, Gestão Comercial, Gestão de hospitais e Unidades de Saúde, Gestão de Marketing, Gestão Pública, Gestão de Recursos Humanos, Matemática, História e Gestão de Tecnologia da Informação. São 30 opções de cursos de graduação, entre bacharelado, licenciatura e tecnólogo.
Os cursos tem duração de 02 a 04 anos e as matrículas para o vestibular podem ser feitas no site https://fael.edu.br/ e estão com valor promocional de R$ 49,00.
A Fael Arcoverde está localizada na Rua Padre José de Anchieta, n.º 276 - São Cristóvão. informações através dos telefones (87) 3822-6970 ou WhatsApp 9.8811-6101.
Amannda Oliveira

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Projota lança clipe de "Sr. Presidente"

agosto 16, 2018
Foto: Divulgação

O Brasil está doente! Essa é uma das frases poderosas da música Sr. Presidente lançada nesta quinta-feira, pelo rapper Projota. A música é um grande manifesto e grito de alerta ao caos da desigualdade que está o país e do cansaço que assola a todos nós brasileiros.

Confira a letra de uma música que sem dúvida alguma traz a realidade do nosso país e que deve ser aplaudida e cantada de pé.

Sr. Presidente (Projota/ Tom Leite) A gente paga pra nascer paga pra morar Paga pra perder a gente paga pra ganhar Paga pra viver paga pra sonhar A gente paga pra morrer e o filho paga pra enterrar Vontade a gente tem mas não tem onde trabalhar Justiça a gente tem mas só pra quem pode pagar Coragem a gente tem mas não tem forças pra lutar Então a gente sai de casa sem saber se vai voltar E aí vem vocês pegar o que é nosso direito Crime não é mais crime quando é um crime bem feito Viver dessa maneira é algo que eu não aceito Enquanto isso o povo chora sem ter onde morar Mas existe uma chama acesa dentro do peito Porque já não dá mais pra se viver desse jeito Quando o povo explodir vai ser só causa e efeito Efeito que abastece meu pulmão e me dá forças pra cantar Sr. Presidente, esse país tá doente Nosso povo já não aguenta mais Sr. Presidente, como você se sente Ao ver a fila dos nossos hospitais? Sr. Presidente, até queria que a gente Se entendesse mas não sei como faz Porque essa noite se foi mais um menino ali na rua de trás Esse é o meu país tão lindo que não tem furacão De um povo que ainda segue órfão do seu pai da nação De uma pátria mãe solteira da sua população Onde o salário vale menos do que o preço do pão Dorme um menino de rua descansando seus pés Viajando pra lua num papelote de 10 Oh pátria amada e mal amada por filhos infiéis Digas quem te comandas que eu te digo quem és E aí vem vocês pegar o que é nosso direito Crime não é mais crime quando é um crime bem feito Viver dessa maneira é algo que eu não aceito Enquanto isso o povo chora sem ter onde morar Mas existe uma chama acesa dentro do peito Porque já não dá mais pra se viver desse jeito Quando o povo explodir vai ser só causa e efeito Efeito que abastece meu pulmão e me dá forças pra cantar Sr. Presidente, esse país tá doente Nosso povo já não aguenta mais Sr. Presidente, como você se sente Ao ver a fila dos nossos hospitais? Sr. Presidente, até queria que a gente Se entendesse mas não sei como faz Porque essa noite se foi mais um menino ali na rua de trás.




Amannda Oliveira

Cultura celebra Dia do Patrimônio Histórico nesta sexta-feira

agosto 16, 2018
Além da titulação concedida aos seis novos Patrimônios Vivos, a programação nesta quinta-feira (17), Dia Nacional do Patrimônio Histórico, contará também com a entrega do 3º Prêmio Ayrton de Almeida Carvalho e o lançamento do livro Patrimônio Cultural Imaterial de Pernambuco.
Foto: Ascom-cultura
O Dia Nacional do Patrimônio Histórico é celebrado nesta sexta-feira (17) em todo país. A data é uma homenagem ao historiador e jornalista mineiro Rodrigo Melo Franco de Andrade, e foi criada em 1998, centenário de nascimento de Andrade, que foi o primeiro presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e grande defensor do Patrimônio Cultural Brasileiro.
Em Pernambuco a data é a culminância da Semana do Patrimônio Cultural, que foi realizada pela Secretaria de Cultura e Fundarpe. O evento marca uma série de atividades no Teatro de Santa Isabel, a partir das 9h. A entrada é gratuita. Haverá a diplomação dos seis novos Patrimônios Vivos pernambucanos: Gonzaga de Garanhuns, Mestre Zé de Bibi, Cavalo Marinho Estrela de Ouro, Cristina Andrade, Banda Musical Saboeira, Casa de Xambá. Também será feita a entrega do 3º Prêmio Ayrton de Almeida Carvalho de Preservação do Patrimônio Cultural.
Além disso, a Secult e a Fundarpe lançam o livro “Patrimônio Cultural Imaterial de Pernambuco”. A publicação, organizada pelo historiador Marcelo Renan e pela socióloga Jacira França, é uma coletânea de textos inéditos elaborados por autores que estiveram à frente das pesquisas que resultaram na candidatura e no registro de nove bens culturais vivenciados no Estado: Feira de Caruaru, Frevo, Roda de Capoeira, Ofício dos Mestres de Capoeira, Maracatu-Nação, Maracatu de Baque Solto, Cavalo-Marinho, Teatro de Bonecos (Mamulengo) e Caboclinho.
Os capítulos permitem ao leitor a compreensão de quatro nuances fundamentais, que são:  1) Identificação - apresentação geral sobre o bem cultural; 2) Informações sobre os procedimentos de pesquisa com as comunidades produtoras e mantenedoras de cada tradição cultural; 3) Detalhamento sobre os processos de patrimonialização; e, 4) Desafios para a salvaguarda apontados pelos detentores.
O livro é uma parceria entre a Fundarpe, a Secretaria de Cultura do Estado, a Companhia Editorial de Pernambuco, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), através de sua Superintendência em Pernambuco.
PATRIMÔNIOS VIVOS - Pernambuco conta, desde o último mês de julho, com seis novos Patrimônios Vivos: Gonzaga de Garanhuns (reisado), Mestre Zé de Bibi (cavalo marinho), Cavalo Marinho Estrela de Ouro (cavalo marinho), Cristina Andrade (ciranda, pastoril, urso), Banda Musical Saboeira (banda filarmônica), Casa de Xambá (organização religiosa). A eleição dos mestres e dos grupos aconteceu no dia 18/7, na sede do Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural (CEPPC), e, com os novos eleitos, o Estado totaliza 57 titulados. 
A Lei 12.196/2002 (Registro do Patrimônio Vivo do Estado de Pernambuco) é um importante instrumento de política cultural de salvaguarda. A lei dos Patrimônios Vivos é a primeira legislação do tipo no Brasil e tem como objetivo reconhecer, valorizar e apoiar mestres e grupos que detenham os conhecimentos ou as técnicas necessárias para a produção e a preservação de aspectos da cultura tradicional ou popular – formas de expressão, saberes, ofícios e modos de fazer, em especial, os que sejam capazes de transmitir seus conhecimentos, técnicas e habilidades às novas gerações de alunos e aprendizes, objetivando a proteção e a difusão do patrimônio pernambucano.
Confira um breve histórico dos novos seis novos Patrimônios Vivos do Estado:
GONZAGA DE GARANHUNS
No ano que completará 75 anos, Seu Gonzaga de Garanhuns torna-se  Patrimônio Vivo de Pernambuco, como um dos ícones do Reisado e da literatura de cordel. Na primeira expressão, que atua desde sua infância, vem ativamente participando do processo de apropriação, difusão e transmissão de saberes, por ininterruptos 63 anos de atividades. Na produção literária atua desde a década de 1970, quando lançou seu primeiro cordel, intitulado “Lampião em Serrinha” (1973). Também é autor e referência de obras sobre a cultura da cidade de Garanhuns. É membro da Academia de Letras do município e reconhecido e premiado mestre do Reisado pernambucano.

CAVALO-MARINHO ESTRELA DE OURO DE CONDADO
O Cavalo-Marinho Estrela de Ouro de Condado tem uma história que se confunde com a história de vida da família do mestre Biu Alexandre. O Mestre atua desde os 12/13 anos de idade na brincadeira que herdou de seu pai, o também mestre Pedro de Quina. O grupo Estrela de Ouro foi fundado em 31/07/1979. Toda a família vem mantendo a brincadeira há quatro gerações. Nesse sentido, existe como elementos básicos para transmissão de saberes e fazeres a observação, a participação e reprodução das falas, cantigas e encenações das figuras vivenciadas ativamente pelos integrantes. O grupo possui sede própria e utiliza o espaço como escola de tradição popular, intitulado: "Centro Àgora de Tradição e Criação”, além de forte atuação em diferentes projetos artísticos que também ajudam na preservação e difusão da expressão cultural.

MARIA CRISTINA DE ANDRADE (CRISTINA ANDRADE)
Representante das manifestações da cultura popular como a ciranda,  o pastoril, o urso de Carnaval, a Bandeira de São João, a Lapinha, dentre outras,  Cristina Andrade desde criança está ligada à cultura pernambucana. Aos seis anos de idade, começou a dançar pastoril, no bairro do Alto do Pascoal/Recife. Sua mãe teve forte influência para sua interação na cultura popular. Conhecida como Dona Dengosa, a mãe da candidata criou, em 1958, o Pastoril Estrela Brilhante e, dez anos mais tarde, a Ciranda Dengosa, da qual Cristina posteriormente se tornou mestra cirandeira. Cristina também se tornou cantora e organizadora dos corais dos blocos: Após Fun, Bloco do Amor, Diversional da Torre e Urso Cangaçá, colecionando diversos títulos em todos os folguedos que participa. Do mesmo modo, também tem preservado e transmitido seus valores para filhos, netos e bisnetos. Aos 71 anos de idade, a mestra cirandeira e carnavalesca é reconhecida como uma grande liderança dos folguedos.

SOCIEDADE 12 DE OUTUBRO (BANDA SABOEIRA)
Banda Saboeira, de Goiana, é a segunda mais antiga do Brasil em atividades, com 169 anos ininterruptos de história. É uma entidade reconhecida no Estado, uma referência para a cultura musical de bandas da Zona da Mata Norte. Tem vasta experiência de atuação com a comunidade, formando jovens, transformando-os em músicos profissionais dos mais diversos instrumentos musicais, projetando talentos da música para todo o Estado. Sua atuação contribui diretamente para a preservação das expressões artístico-culturais do universo da música.

ORGANIZAÇÃO RELIGIOSA AFRICANA SANTA BÁRBARA NAÇÃO XAMBÁ (CASA XAMBÁ)
Nos seus 88 anos de existência, a Nação Xambá modelou o crescimento da comunidade do Quilombo do Portão do Gelo, através de suas ações religiosas (cultos aos orixás de matriz africana) e de suas ações mais representativas como Coco da Xambá, Memorial Severina Paraíso, Afoxé Ylê Xambá, polo afro-carnavalesco, Grupo Bongar, centro cultural bongar, biblioteca xambá, cursos profissionalizantes e campanhas de saúde em geral. Estas ações ajudaram a demarcar o território da Casa Xambá como o primeiro quilombo urbano do norte-nordeste. A importância desta Casa é referendada por ser o único espaço na América Latina de culto xambá, ou seja, temos vários terreiros nagôs, jejes, mas, Xambá, temos apenas o terreiro Santa Bárbara, localizada no Quilombo do Portão do Gelo. Por toda sua história, ações e singularidade, a Nação Xambá se configura hoje como grande guardiã de parte do imaginário afro-brasileiro. 

JOSÉ EVANGELISTA DE CARVALHO (MESTRE ZÉ DE BIBI)
Representante da cultural do Cavalo-Marinho e do Mamulengo, Mestre Zé de Bibi celebra sua arte há mais de 50 anos. Segundo carta de recomendação do IPHAN, o mestre destaca-se por: manter o Sítio Histórico e Museu do Cavalo-Marinho em Glória do Goitá; foi vencedor do Prêmio Culturas Populares, do MinC, em 2007; detém o título de Construtor da Cultura pelo Conselho de Cultural da Cidade de Recife; conquistou o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade do MINC/IPHAN, no ano de 2009, na categoria salvaguarda de bens de natureza imaterial. A solicitação para sambadas, os convites para participação em eventos em vários municípios, formações, concursos e a manutenção são ações pioneiras de um Museu voltado à difusão do Cavalo-Marinho que estão sob sua responsabilidade.

3º PRÊMIO AYRTON DE ALMEIDA CARVALHO - Em sua 3ª edição, o Prêmio Ayrton de Almeida Carvalho de Preservação do Patrimônio Cultural contemplou seis vencedores, entre primeiros e segundos lugares, nas seguintes categorias: Acervo Documental e Memória, Formação e Promoção de Difusão. Os critérios para a premiação foram: qualidade técnica, ineditismo e atuação na luta pela salvaguarda de bens culturais.
Neste ano, 27 projetos, advindos de várias regiões do Estado, foram avaliados pela comissão composta por: Aramis Macêdo Leite Júnior (Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural); Lívia Moraes e Silva (IPHAN); George Félix Cabral de Souza (IHGP); Ana Julia de Souza Melo (UFPE) e Izabel Cristina de Araújo Cordeiro (UPE).
Prêmio Ayrton de Almeida Carvalho de Preservação do Patrimônio Cultural de Pernambuco é um reconhecimento e também um incentivo à participação social na preservação dos bens e expressões culturais do Estado, sejam eles materiais ou imateriais. Cada um dos vencedores receberá um incentivo no valor de R$ 20 mil (primeiro colocado de cada categoria) e R$ 10 mil (segundo colocado de cada categoria), totalizando um total de R$ 90 mil em prêmios. Confira os contemplados:
CATEGORIA ACERVO DOCUMENTAL E MEMÓRIA
1º COLOCADO: GRUPO CURUMIM - GESTÃO E PARTO, COM A AÇÃO MUSEU DA PARTEIRA
O Museu da Parteira, proposta apresentada pelo Grupo Curumim- Gestão e Parto, tem desenvolvido se dedicado a salvaguarda, promoção e valorização do saber e do saber fazer das parteiras de Pernambuco desde 2015. Entre as desenvolvidas destacam-se a produção de material bibliográfico, fotográfico, audiovisuais e expográfico apresentados em diferentes eventos. O material produzido tem ainda o potencial de reverberação, uma vez que pode ser levado e replicado em outras localidades. O projeto tem o mérito de um saber-fazer que se encontrava esquecido. Tem a beleza de resgatar a história de muitas mulheres que exerceram o ofício do partejar e ajudaram a construir uma tradição ainda pouco estudada.

2º COLOCADO: JOSÉ EVANGELISTA DE CARVALHOCOM A AÇÃO MUSEU DO CAVALO-MARINHO
Sr. José Evangelista de Carvalho, mestre de Cavalo Marinho, também conhecido como “Zé de Bibi”, natural e residente de Glória do Goitá, tem desenvolvido incansável luta pela salvaguarda do Cavalo Marinho através do seu museu, único do gênero no Brasil. Museu comunitário em sua gênese e essência, o espaço funciona por agendamentos e recebe os visitantes para aulas sobre cavalo marinho; mamulengo; ciranda e maracatu rural, culminando com uma apresentação de Cavalo Marinho com o mestre e outros os integrantes da sua família. O museu é bastante visitado pelas escolas públicas da cidade e por pesquisadores. O seu acervo possui símbolos do Cavalo Marinho, bonecos de mamulengo, golas bordadas de caboclos de lança, burrinhas, entre outros artefatos.

Localizado no sítio onde o mestre reside, funciona como um lugar de memória da vida rural, pois além do museu funcionam uma biblioteca (utilizada por estudantes da região), uma capela, uma casa de farinha, pequenas casas de moradores e uma bodega. Apresenta-se assim como lugar singular e de verdadeira residência pela preservação da cultura.
CATEGORIA FORMAÇÃO
1º COLOCADO: ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE, CULTURAL E RELIGIOSA ILÊ AXÉ OXALÁ TALABI, COM A AÇÃO I ENCONTRO NACIONAL DE CRIANÇAS DE AXÉ
O I Encontro Nacional de Crianças de Axé teve propiciou a realização de vivências e oficinas que trataram das práticas e saberes da vida social cotidiana da comunidade dos Terreiros, e abarcou a transmissão dos fazeres, dos ofícios e das celebrações rituais. Desdobrando-se em expressões coletivas de histórias danças, ritmos, cânticos e alimentações. Através da troca de experiências e a transmissão de saberes ancestrais, como estratégia de enfrentamento ao racismo e à intolerância religiosa. Com o foco, sobretudo no público infantil, A ação proposta pela Associação Ilê Oxalá Tabali, buscou, além da formação sobre a Cultura Afro-Indígena, combater o racismo perpetrado no ambiente escolar contra as crianças praticantes de religiões dessa matriz. Tem assim, o mérito tanto na luta pela preservação de salvaguarda da cultura, como na luta por uma sociedade mais tolerante e harmoniosa.

2º COLOCADO: LABORATÓRIO DE INTERVENÇÃO ARTÍSTICA – LAIA, COM A AÇÃO COCO DE SENZALA - MEMÓRIA E TRADIÇÃO
A ação Coco de Senzala - Memória e Tradição busca a preservação uma expressão do Coco, através de ações que possibilitam pesquisar, aprender, vivenciar, debater entre outras que contribuem com a promoção e valorização do Coco de Senzala como patrimônio. As atividades já têm dando frutos por meio de multiplicadores desse conhecimento que auxiliam na continuidade e transmissão do Coco de Senzala. São realizadas apresentações culturais também em outros Estados e gravação de material de forma a garantir a divulgação e preservação. Tento uma variedade do Coco ainda pouco estudada, o Laboratório de Intervenção Artística, autor da proposta, presta um grande serviço a essa expressão cultural que ainda é tão carente de ações de salvaguarda.

CATEGORIA PROMOÇÃO E DIFUSÃO
1º COLOCADO: CHARLES DOUGLAS MARTINS, COM A AÇÃO MUSEU AFRODIGITAL - GALERIA REPATRIAÇÃO DIGITAL DO ACERVO AFRO PERNAMBUCANO SOB A GUARDA DO CENTRO CULTURAL SÃO PAULO PARA O MUSEU DA ABOLIÇÃO
Por meio de um website e também de exposições interativas, a ação tem por objetivo principal a repatriação digital dos objetos confiscados dos terreiros Pernambucanos que se encontram hoje na Coleção Missão Folclórica Mário de Andrade, sob a guarda do Centro Cultural São Paulo. O Museu Afrodigital (http://www.museuafrodigital.com.br) apresenta uma expografia inovadora utilizando técnicas de fotografia em 360º e 3D para expor as peças. Ainda tem o objetivo de ampliar o acesso ao conteúdo da Coleção Mário de Andrade para pesquisadores, descendentes de terreiros e público em geral, bem como também é destinado para fins didáticos e de ampliação de acessibilidade. A proposta de Charles Douglas Martins tem ainda o mérito de subsidiar o melhor desenvolvimento do ensino da cultura afro-brasileira e africana para por professores da rede pública e privada. Por sua qualidade técnica e originalidade, a foi convidada a compor a programação do 28º Festival de Inverno de Garanhuns.


2º COLOCADO: OTÁVIO HENRIQUE BASTOS NASCIMENTO, COM A AÇÃO MEXE COM TUDO
A partir de um canal na plataforma de compartilhamento de vídeos Youtube a ação Mexe Com Tudo, o artista Otávio Bastos busca a divulgação de informações sobre o Frevo como patrimônio cultural brasileiro e mundial. Apesar de existirem muitas ações e trabalhos de referência sobre este nosso patrimônio, trata-se de um produto inovador e de grande relevância uma vez que é mantido numa rede social de amplo alcance. Não apenas pela qualidade técnica e ou pela importância o Frevo tem para nosso Estado, mas também pela ousada estratégia de produzir conteúdo cultural em um espaço tão carregado de informações, a proposta tem conseguido desde 2017 tem conseguido ampla repercussão e conquistado um público fiel. Tem ainda um grande potencial de replicação podendo ser visto como modelo para novos projetos de difusão e promoção de nossos bens culturais.

Informações: Secult-Fundarpe

Ministério Público Eleitoral lança a Campanha "Pelejando por uma eleição mais justa"

agosto 16, 2018


O Ministério Público Eleitoral de Pernambuco, lançou a Campanha " Pelejando por uma eleição mais justa" que procura mostrar aos eleitores esclarecimentos sobre questões que muitas vezes são motivos de dúvida para. As peças são baseadas em linguagem de Cordel e contaram  com ilustrações feitas pelos artistas plásticos Rafa Saraiva e Mila Cavalcanti, já os spots de rádio foram gravados em estúdio da Universidade Católica de Pernambuco, com locução de Gilmar Lyra, Wilza Saraiva e Daniel França, e editados pela equipe de comunicação da Procuradoria-Geral da República, também responsável pela publicação das mensagens nas redes sociais.

Confiram algumas imagens:





Amannda Oliveira

Semana da Pessoa com Deficiência é aberta oficialmente em Garanhuns

agosto 16, 2018
Foto: Daniela Batista

A Semana da Pessoa com Deficiência foi aberta oficialmente na tarde de hoje (16), no auditório da Autarquia de Ensino Superior de Garanhuns (Aesga). O evento desenvolvido pela Prefeitura de Garanhuns, em parceria com o Conselho Municipal de Defesa das Pessoas com Deficiência (Comud), Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Associação dos Deficientes Visuais do Agreste Meridional de Pernambuco (Advampe), Associação de Surdos do Agreste Meridional de Pernambuco (Asampe) e a Associação de Pessoas com Deficiência de Garanhuns (Apecomdeg) traz o tema “Liberdade é ter compaixão: todos contra a discriminação”. Durante a ocasião, estiveram presentes o vice-prefeito Haroldo Vicente, a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH) Célia Sobral, entre outras autoridades e membros da sociedade civil.

O momento também foi marcado por uma roda de conversa com o psicólogo do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) do bairro Heliópolis, Hildeberto Cavalcanti, e o coordenador do Conselho Municipal de Defesa das Pessoas com Deficiência (Comud), Jarbas Trindade, com uma discussão sobre a Liberdade. Ações que debatem a temática e conscientização a respeito da pessoa com deficiência serão realizadas até o dia 31 de agosto.

O coordenador do Comud, Jarbas Trindade, destacou a importância de promover a semana. “É fundamental trazer a discussão sobre o combate ao preconceito com as pessoas com deficiência para a sociedade de Garanhuns. O combate deve ser feito no dia a dia, juntamente com o povo, os órgãos públicos e as empresas, para que ninguém cometa nenhum tipo de preconceito”, finalizou o advogado.

Há sete anos, Garanhuns vivencia projetos ligados a Semana da Pessoa com Deficiência, como fiscalização de estabelecimentos em relação a acessibilidade, campanhas de conscientização sobre o respeito às vagas de trânsito destinadas às pessoas com deficiência, palestras nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) e Escolas da Rede Municipal e Estadual de Ensino, entre outros.

No próximo dia 27 será realizado o projeto Artincluir, um show de talentos com categorias como teatro, música, dança, piadas e stand up, para pessoas com deficiência. Para fazer parte, é necessário comparecer ao setor de Acessibilidade da SASDH, localizada na avenida Rui Barbosa, nº 807, no bairro Heliópolis; na Casa dos Conselhos, na avenida Ernesto Dourado, 890, bairro Heliópolis; ou na sede da Secretaria de Turismo e Cultura, no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti, na avenida Afonso Pena, S/N, bairro São José. A inscrições seguem até o dia 22.

Daniela Batista e Aquilles Soares

Instagram