terça-feira, 22 de outubro de 2019

Ações voltadas para o fortalecimento da cultura chegam ao Sertão de Pernambuco

outubro 22, 2019
Foto: Rodrigo Ramos

Com a proposta de reforçar a política de interiorização da cultura no estado, o Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) e da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), leva o Outras Palavras aos municípios de Buíque e Arcoverde, respectivamente na próxima quarta (23) e sexta-feira (25). Além de visitar escolas públicas da região com Patrimônios Vivos e artistas do estado, o projeto passará pela Feira Literária do Sertão (FELIS) e terá uma edição na unidade da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) em Arcoverde, que abriga adolescentes em conflito com a lei.

Nesta quarta-feira (23), os estudantes da Escola Técnica Estadual Jornalista Cyl Gallindo, em Buíque, vão conversar com Assis Calixto, Patrimônio Vivo de Pernambuco, e a escritora Ezter Liu, vencedora do V Prêmio Pernambuco de Literatura com o livro “Das tripas coração”. Em paralelo, o artista Maggo MC oferece uma oficina de rimas na unidade da Funase Arcoverde entre os dias 23 e 25 de outubro. Já na sexta-feira (25), Ezter Liu e Maggo MC participam da programação na FELIS.

Segundo o secretário de Cultura, Gilberto Freyre Neto, “por meio dessa iniciativa os jovens das escolas públicas poderão conhecer de perto manifestações da cultura pernambucana. No caso de Buíque, por exemplo, terão a oportunidade de conversar com um mestre da cultura popular da região, o Assis Calixto, que recebeu este ano o título de Patrimônio Vivo de Pernambuco”.

Marcelo Canuto, presidente da Fundarpe, destaca ainda a participação do Outras Palavras na Feira Literária do Sertão, realizada pelo Coletivo Cultural de Arcoverde (Cocar) e pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe). “A ideia é que nessas feiras vamos valorizar o ator cultural de cada região, dando oportunidade a pessoas que estão querendo promover sua arte, fazendo um bonito retrato da cultura pernambucana”, declara Canuto.
           
A FELIS faz parte da primeira edição do Circuito Cultural de Pernambuco, uma parceria entre a Secult-PE/Fundarpe e a Cepe, com a proposta de ampliar as ações de interiorização da cultura já consolidadas – feiras e tendas literárias – em  13 municípios do Estado.
De acordo com Andréa Motta, coordenadora do Outras Palavras, o projeto consolidou-se como política de integração entre cultura e educação. “Uma prova disso é que desde o ano passado passamos a contemplar também espaços não formais de aprendizagem, como as unidades da Funase. A ideia é promover um exercício de liberdade por meio da transmissão do conhecimento”.
A Secretaria Estadual de Educação é uma das parcerias na realização do Outras Palavras no estado. Em quatro anos de existência, o programa atingiu mais de 600 escolas pernambucanas, beneficiou cerca de 20 mil estudantes e distribuiu mais de seis mil livros nas bibliotecas por onde passou.

Confira a programação do Outras Palavras:

Quarta-feira (23/10)
Buíque
*Assis Calixto (Patrimônio Vivo) e Ezter Liu (Carpina)
Escola Técnica Estadual Jornalista Cyl Gallindo (Beco do Abrigo, 457, Buíque)

Arcoverde
*Oficina de rimas com o Maggo MC (Recife) até o dia 25/10
Funase (Arcoverde)

Sexta-feira (25/10)
Arcoverde

*Participação na Feira Literária do Sertão (FLIS), com Ezter Liu (Carpina) e Maggo MC (Recife)

Fundarpe

Bienal do Livro consagra Garanhuns como polo literário e cultural de Pernambuco

outubro 22, 2019

Lançamentos de livros, palestras, debates e shows para celebrar a literatura brasileira, com destaque para a produção pernambucana. Todas estas atividades estão programadas para a IV Bienal Internacional do Livro do Município de Garanhuns, realizada pela Associação do Nordeste das Distribuidoras e Editoras de Livros – Andelivros, com patrocínio da Editora Construir, e apoio da Prefeitura Municipal de Garanhuns.
O evento, que ocupará a Praça Mestre Dominguinhos desta quarta-feira à noite até o domingo (23 a 27/10), oferece dezenas de atividades gratuitas. O feira conta ainda com apoio das Secretarias de Educação, Desenvolvimento Econômico e de Turismo de Garanhuns, além da Prefeitura de Paranatama, Prefeitura de Saloá, Sesc Garanhuns e da Editora Vozes. 
São dois os homenageados da Bienal: o jornalista e professor José Cláudio Gonçalves de Lima, e o também jornalista Humberto Alves de Moraes (in memorian). “Temos a satisfação de homenagear duas pessoas muito importantes para Garanhuns, que são o professor Cláudio, que é da rede municipal e autor de vários livros, entre eles a obra A Hecatombe, e Humberto Alves de Moraes, que foi um grande expoente das letras da cidade”, comenta a secretária municipal de Educação, Eliane Vilar.  
Entre as atrações confirmadas para a IV Bienal Internacional do Livro do Município de Garanhuns, estão o escritor Raimundo Carrero e a jornalista esportiva Carol Barcelos (25/10), o poeta popular Jessier Quirino (26/10) e o educador Celso Antunes (24/10), autor de uma centena de livros sobre a educação nas várias fases da vida. Todas as atividades da Bienal são gratuitas.
“A Bienal de Garanhuns é um evento pelo qual nutrimos um carinho muito grande. A cidade costuma prestigiar bastante a feira; há muitos leitores na cidade, o que eleva o nível das discussões nos debates e palestras. Pensamos numa programação variada, com um pouco da literatura popular e humor de Jessier Quirino, o jornalismo de Carol Barcelos e o melhor da literatura pernambucana, representada pelo grande romancista Raimundo Carrero”, destaca o presidente da Andelivros, José Alventino Lima. 
Tradicionalmente, a Bienal do Livro de Garanhuns é um evento que motiva estudantes e professores de toda a região, em especial do município anfitrião. Para incentivar ainda mais a participação dos educadores e fazer com que eles aproveitem o evento como uma oportunidade de se capacitar, ao entrar em contato direto com autores e especialistas da área, a Secretaria Municipal de Educação disponibiliza bônus para a aquisição de livros na feira pelos profissionais do município. 
“Garanhuns recebe a sua quarta Bienal do Livro, que hoje faz parte do calendário oficial de eventos da cidade. Garanhuns é notadamente uma cidade intelectualizada, com uma gama de escritores que honram a nossa terra, e a Bienal vem somar a todo esse conteúdo. É uma oportunidade em que há a confluência dos escritores pernambucanos, notadamente os garanhuenses”, salienta o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis. 

PROGRAMAÇÃO 
Começando com uma abertura festiva, na quarta-feira (23), às 19h, com a apresentação da Orquestra Manoel Rabelo, no Centro Cultural, a quarta edição da Bienal do Livro promete movimentar todo o Agreste ao colocar em pauta assuntos variados relacionados a literatura e educação. 
Na quinta-feira, 24, a partir das 9h, estão programadas apresentação de cordel, recital poético, apresentação de fanfarra, espetáculo teatral e contação de histórias. Às 10h, o auditório receberá a doutora em pedagogia Maria Alexandre, para o curso Dinâmicas em Literatura Infanto/Juvenil e seus Aspectos Formativos. A tarde segue com mais apresentações de escolas de Garanhuns e de municípios como Saloá, Paranatama, Angelim, Palmeirina, Bom Conselho e Capoeiras.  
À noite, uma das principais atrações da feira ocupa o Teatro Luiz Souto Maior. Com mais de 200 livros pedagógicos e cerca de 100 obras sobre educação lançadas, Celso Antunes é especialista em inteligência e cognição, mestre em Ciências Humanas e integrante da Associação Internacional pelos Direitos da Criança Brincar (Unesco). No bate-papo com o público, ele falará sobre questões comportamentais das crianças em sala de aula e os desafios enfrentados pelos docentes na atualidade. Entre suas obras estão Na sala de aula e As inteligências múltiplas e seus estímulos. 
No terceiro dia do evento, às 11h, um dos destaques da Bienal ocupa o Teatro Luiz Souto Maior. Trata-se do romancista Raimundo Carrero, que faz uma retrospectiva da sua trajetória com a plateia e apresenta a recém-lançada novela Colégio de Freiras, que sai pela editora Iluminuras. Considerado o maior romancista pernambucano da atualidade, Carrero comemorou os 70 anos de idade, em 2018, com exposição fotográfica no Museu do Estado de Pernambuco, no Recife, e projeto que percorreu as principais cidades do Estado. 
No mesmo dia,às 18h, também no Teatro Luiz Souto Maior, a jornalista Carol Barcellos - apresentadora dos programas Planeta Extremo e Esporte Espetacular - fala sobre a experiência com esportes radicais e autografa o seu livro Quebrando os limites. Na obra, ela destaca suas aventuras, como fazer uma ultramaratona no Deserto do Atacama, subir em árvores de 100 metros de altura, entrar em cavernas profundas no interior da China e correr no Polo Norte. 
A poesia popular de Jessier Quirino é a grande atração da noite de sábado. Ele apresenta o espetáculo “Juntando os Cacarecos”, a partir das 19h, no Teatro Luiz Souto Maior. O show tem como pano de fundo a história de dois sertanejos, que decidem se casar. O artista lista suas histórias pra animar o dia a dia e desanuviar o cansaço. 
O último dia começa em ritmo de forró, às 9h, no Teatro Luiz Souto Maior. Quem dá o tom de São João à manhã é Quadrilha Império Nordestino. O domingo segue com outras apresentações de música e dança, além de palestras sobre temas variados, até as 21h, quando acontece o encerramento da quarta edição da feira.

SERVIÇO
Bienal Internacional do Livro do Município de Garanhuns – Abertura: dia 23, 19h. Segue de 24 a 27 de outubro, das 9h às 21h. Na Praça Mestre Dominguinhos, Garanhuns. Entrada franca. 
Mia Comunicação

Mestre Cícero Gomes participa do Projeto Nordeste das Artes em Feira de Santana

outubro 22, 2019
 Foto: Amannda Oliveira

O Mestre Cícero Gomes, viajou a Feira de Santana na Bahia, onde participa do Projeto do Sesc Nordeste das Artes. O evento realiza uma vivência artística na área de patrimônio imaterial com a presença de mestres e mestras da cultura popular de cada estado do Nordeste, no Centro Cultural. 


A abertura do evento aconteceu nesta teça-feira, 22 de outubro e segue até a quinta-feira, 24 de outubro. O evento conta com a presença de mestres como  Nelson da Rabeca (Messias-AL), Mestra Dona Chica do Pandeiro (Matinha, Feira de Santana-BA), Mestre Chico (Faceira, Limoeiro do Norte-CE), Mestre Ciço Gomes (Arcoverde-PE), Mestra Ana do Coco (Quilombo Ipiranga-PB), Mestre Gláucio PeduBreu (São Gonçado do amarante-RN), Mestre Batista (Catanduvas-PI), Mestre Neilton (Laranjeiras-SE) e Mestra Maria do Coco (Guimarães-MA) e Mestre Bule-bule.

Amannda Oliveira

Secretários de Arcoverde e representantes do IBGE abordam realização do Censo Demográfico 2020

outubro 22, 2019
Em reunião promovida na manhã desta terça-feira, 22 de outubro, na sede da Secretaria de Cultura e Comunicação de Arcoverde, representantes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE estiveram com os secretários municipais Aildo Biserra (Obras e Projetos Especiais), José Alberto Estevam Vaz (Agricultura), Patrícia Cursino Padilha (Assistência Social), Zulmira Cavalcanti (Educação e Esportes), Teresa Padilha (Cultura e Comunicação) e o diretor de produção, Gustavo Azevedo, para alinhar assuntos relacionados ao Censo Demográfico 2020.
A explanação, apresentada pelo João Alexandre, demonstrou a importância da iniciativa a nível nacional, que entre os seus pontos agrega o Fundo de Participação dos Municípios - FPM, além de projeções anuais possibilitadas através dos resultados do Censo, bem como pesquisas envolvendo o Registro Civil, o qual a cada três meses tem coletas em cartórios sobre a quantidade de nascimentos e de óbitos. “Tudo isso serve como base para que o IBGE possa a cada ano ter uma estimativa da população e com o Censo, é que a gente tem uma prova de que a estimativa esteja bem próxima da realidade”, explicou o representante do instituto no município.
Temas como a divulgação da realização do Censo, programado para acontecer em todo o país de 1° de agosto a 31 de outubro de 2020, domicílios fechados (quando o recenseador vai diversas vezes na residência e não encontra quem possa responder), mobilização e parceria com o poder público de cada município, conscientização da população, base cartográfica e dados coletados em Arcoverde no ano de 2010, entre outros assuntos, foram tratados com os secretários municipais presentes, relacionando especialmente o sentido de colaboração para a efetivação do recenseamento.
O processo seletivo para recenseadores e supervisores deve ser aberto no primeiro semestre do próximo ano. “Em fevereiro, teremos para supervisores. Já em março, teremos para recenseadores. A princípio, aqui serão 62 recenseadores que estão previstos para trabalharem no próximo Censo e supervisores são oito, podendo variar esses números”, informou João Alexandre, explicando, em seguida, que em Arcoverde são 104 setores envolvendo as divisões das zonas urbana e rural no município.
ASCOM

sábado, 19 de outubro de 2019

Arcoverde recebeu Capacitação de Jovens Atletas e atividades lúdicas do programa das Olimpíadas Especiais Brasil

outubro 19, 2019
 Foto:Israel Leão
Nesta sexta-feira, 18 de outubro, no auditório da Gerência Regional de Educação – GRE Arcoverde aconteceu a Capacitação de Jovens Atletas, promovida pelo programa das Olimpíadas Especiais Brasil, com apoio da Secretaria Municipal de Educação e Esportes. A atividade reuniu equipes de creches municipais e da Autarquia de Ensino Superior – Aesa, além de educadores de apoio, professores da rede municipal e pais de estudantes com deficiência intelectual que estão sendo inseridos nas práticas do programa.
Abrindo a capacitação, a secretária de Educação e Esportes de Arcoverde, Zulmira Cavalcanti, destacou a importância das atividades pelo projeto das Escolas Unificadas, através das Olimpíadas Especiais Brasil. “Temos muito o que aprender e temos também muito o que ensinar. Então é por isso que estamos aqui e hoje é um dia dedicado às creches de nossa cidade”, afirmou a secretária, representando também na ocasião a prefeita Madalena Britto.
Foto:Israel Leão
Em seguida, a representante das Olimpíadas Especiais Brasil em Pernambuco e coordenadora do Programa Escolas Unificadas no Estado, Ana Zélia Belo, fez um agradecimento ao município pelo acolhimento às atividades, falando sobre o programa Atletas Jovens, o qual visa proporcionar práticas esportivas e jogos recreativos para crianças com ou sem deficiência intelectual (DI), com idades entre 2 e 7 anos, que ensina as habilidades motoras básicas, como correr, chutar e arremessar.
“O ‘Atletas Jovens’ é uma grande paixão que eu tive quando fui convidada para fazer parte das Olimpíadas Especiais, há três anos atrás. A primeira vez que assisti em São Paulo, quis trazer para Recife e hoje o programa está em Pernambuco. Então, é um momento de muita alegria estar hoje aqui em Arcoverde, com o esforço de toda dessa equipe, com uma agenda muito grande que estamos dando início”, explicou Ana Zélia.
A capacitação envolveu ainda apresentação e explanação sobre as atividades e os objetivos do programa das Olímpiadas Especiais Brasil, tratando-se de uma entidade sem fins lucrativos, que promove a inclusão no esporte e sendo também um evento nacional dirigente de desportos, filiado à Special Olympics International. No decorrer da capacitação, ocorreu momento de interação com os presentes, sobre as práticas que serão desenvolvidas no município por meio do programa Atletas Jovens.
Já no turno da tarde, a Praça Winston Siqueira sediou um momento de atividades lúdicas e jogos, contando com participação de familiares e crianças. “Hoje foi um passou inicial do município, onde as creches agora foram reconhecidas como Escolas Unificadas e vamos trabalhar para em dezembro estamos aqui novamente, fazendo um grande festival”, adiantou Ana Zélia.
ASCOM

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Festa do Morro da Conceição pode se tornar patrimônio cultural e imaterial

outubro 17, 2019
 Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press
Está em tramitação na Assembleia Legislativa de Pernambuco o projeto de lei que institui a Festa do Morro da Conceição como patrimônio cultural imaterial de Pernambuco. O projeto é do deputado Isaltino Nascimento, que pretende com isso enaltecer e salvaguardar uma das maiores e mais bonitas festas religiosas do Estado.

O projeto que visa titular a Festa do Morro da Conceição como Patrimônio Imaterial de Pernambuco foi encaminhado pela CCLJ para a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco em março de 2018. Na época, a Fundarpe emitiu nota técnica fundamentando a importância da Festa do Morro para os pernambucanos concluindo que o evento “é um bem cultural que atende aos requisitos para ser considerado Patrimônio Cultural Imaterial de Pernambuco, pois é uma celebração portadora de valores, herança cultural e religiosa, e práticas que consubstanciam toda uma dinâmica ligada ao Patrimônio Cultural pernambucano nas suas dimensões material e imaterial”.

Agora serão feitas as discussões do PL nas comissões da casa e seguirá para votação no Plenário. “Estamos ansiosos porque a festa do Morro é um momento muito rico de celebração e tradição para nós, que leva milhares de fiéis ao santuário. Mais especial ainda porque sou da região, nasci e fui criado no Alto José do Pinho, aos pés de Nossa Senhora da Conceição”, explica Isaltino.

FESTA DO MORRO

Já são 115 anos da Festa do Morro, que teve início em 08 de dezembro de 1904, quando foi inaugurado o monumento à Nossa Senhora da Conceição por cerca de 20 mil pessoas, uma multidão sem precedentes, considerando os 120 mil habitantes do Recife da época. Assim começava uma tradição secular de romarias e pagamento de promessas. Desde então, a data se tornou feriado municipal. A imagem de 5,5 metros de altura com 1806 kg foi trazida da França por navio e representa Maria Santíssima, toda vestida de branco, envolvida em um manto azul.

A Festa do Morro da Conceição, nasceu, por assim dizer, da conjugação das muitas individualidades, das mais íntimas relações com o sagrado e o profano, num cenário onde não se pode ignorar o sincretismo de culturas, de povos, de tradições religiosas, católicas ou não. É uma festa em que se avista um mar de devotos e de espontaneidades que se somam a gente agradecida, esperançosa, resignada e devota à santidade, à imagem, à santa, ao que ela representa.

O Recife recebe milhares de devotos e o morro todo se veste de azul e branco para homenagear Nossa Senhora da Conceição. Missas, procissão e shows são realizados e há toda uma mobilização para dar a estrutura para a realização do evento, incluindo fiscalização, transporte, trânsito e segurança.

“É um sentimento muito peculiar para o povo pernambucano, e nordestino, sendo um marco para toda essa região, um referencial cultural, histórico, religioso, arquitetônico, artístico e paisagístico do estado”, finaliza Isaltino.

Informações: ASCOM

10 estudantes municipais de Arcoverde vencem na 22ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

outubro 17, 2019
Através de correspondência enviada à Secretaria de Educação e Esportes de Arcoverde, a Agência Espacial Brasileira (AEB) e a Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) divulgaram a lista das escolas medalhistas no município, com o total de 10 estudantes vencedores na 22ª edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). As competições foram realizadas em 17 de maio deste ano, envolvendo a competição de 884.979 alunos oriundos de 9.965 escolas participantes.
O Centro de Ensino Integral Ivany Rodrigues Bradley obtive dois estudantes vencedores com medalhas de Prata e dois com Bronze; o Centro de Ensino Integral Jonas de Freitas Lima conquistou dois estudantes com medalhas de Ouro e um com Prata; já a Escola Municipal Adalgiza Cavalcanti de Barros Correia obteve um estudante vencedor com medalha de Prata e um com Bronze; e a Escola Municipal Manoel Lumba de Oliveira obteve um finalista com medalha de Bronze.
A cerimônia de entrega das medalhas será promovida em breve, por meio da Secretaria de Educação e Esportes de Arcoverde, contando com a presença de autoridades locais, conforme solicita o comunicado. Também será eleito pela referida repartição um Coordenador de Olimpíadas do Município, no intuito de estimular para que mais estudantes participem da 23ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e da 14ª Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG), programadas para acontecerem em 15 de maio de 2020.
“É uma grande satisfação termos 10 estudantes da Rede Municipal de Arcoverde vencedores em uma concorrência extremamente alta a nível nacional, atingindo um êxito de vitórias que merece ser comemorado por todos que fazem a educação de nossa cidade”, afirma a secretária de Educação e Esportes, Zulmira Cavalcanti.
Para a prefeita de Arcoverde, Madalena Britto, o resultado conquistado evidencia o esforço coletivo de estudantes, professores, diretores e gestores escolares das quatro instituições municipais. “Estamos muito orgulhosos por estes alunos e logo mais faremos uma cerimônia com eles merecem, para celebrar um nível tão alto desta importante olimpíada”, destacou a gestora municipal.
A OBA e a MOBFOG ocorre totalmente dentro da própria escola, possuindo uma única fase realizada dentro de um só ano letivo, deste modo os certificados e medalhas são recebidos pela escola no mesmo ano letivo. Ao final da OBA e da MOBFOG, todos os alunos recebem um certificado de participação, impresso com o seu nome e constando se ganhou alguma medalha o tipo dela também consta do certificado.
ASCOM

Estação da Cultura terá oficina gratuita do 4°Arcoffit – Encontro de Grafite de Arcoverde

outubro 17, 2019
A Estação da Cultura, localizada na antiga estação ferroviária do centro da cidade, recebe a 4ª edição do Arcoffit - Encontro de Grafite de Arcoverde. Com apoio da Secretaria de Cultura e Comunicação da Prefeitura de Arcoverde, a programação terá uma oficina gratuita do segmento, que acontece de domingo (20/10) a sábado (26/10), a partir das 9h.
“A oficina é aberta a quem também quiser participar, além de 10 estudantes da rede pública que já se encontram inscritos. E no último dia da realização (26), teremos após a atividade as apresentações de artistas e grupos como Laranjão, Cultura Urbana, Mago do Reggae e MC Nix, entre dançarinos e outros convidados”, informou o produtor cultural Java Graffit, responsável pela iniciativa e que desde a década de 1990 atua com um trabalho profissional de grafite na cidade de Arcoverde.
ASCOM

Vendedores ambulantes precisarão se adequar para comercialização em Arcoverde

outubro 17, 2019
Foto: Robson Lima 
Com o objetivo de organização e ordenamento foi realizada reunião na manhã desta quarta-feira, 16 de outubro, com representantes da Prefeitura de Arcoverde, através das secretarias municipais de Governo e de Desenvolvimento Econômico, Cecora e Arcotrans, juntamente com a Polícia Militar, Arcotrans e representantes de carroceiros de frutas e verduras da cidade, onde definiram esquema para que haja ordenamento e coibição da comercialização irregular de carroças de mão, no entorno de feiras da cidade e da Av. Antônio Japiassú.
“A intenção de ações como essas, não é proibir a venda, mas sim, orientar os locais fora dos centros comerciais que são permitidos tais vendas, contribuir para a segurança dos próprios carroceiros, pedestres e condutores de veículos. Além disso, existem os locais regulares no interior das feiras da cidade: Cecora, setor de frutas e verduras nos boxs regulares, no Pátio Lídio Cordeiro Maciel (Feira de São Cristóvão) e na feira do bairro São Miguel. Todos esses locais citados, são regularizados e setorizados por tipo de produtos, e com possibilidade de vagas disponíveis por seguimento”, explicou a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Jussara Pereira.
Para o diretor do Centro Comercial Regional Vereador Ulisses de Brito Cavalcanti – Cecora, Paulo Sérgio Diniz, o Cecora está preparado para receber qualquer pessoa que precise trabalhar com o seguimento de frutas e verduras em seus boxs regulares. Com isso nós potencializamos a capacidade dos clientes do Cecora no que diz respeito a lei da oferta e procura, sem contar na comodidade e segurança  encontrados no Centro de Compras. “Os comerciantes irregulares de carroça de mão poderão trabalhar em outros pontos do município, mas não nestes específicos, que envolvem as feiras e em especial o comércio do centro, porque neles já existe a devida regularização dos comerciantes e permissionários”, pontua.
Nos próximos dias, após este alinhamento e orientações aos vendedores, a fiscalização será intensificada visando o cumprimento do Código de Postura e aqueles que descumprirem poderão ser penalizados.
ASCOM

Instagram