sexta-feira, 5 de março de 2021

Rock in Rio é adiado para 2022 no Brasil e em Portugal

março 05, 2021

Foto: Pixabay

Rock in Rio confirmou oficialmente que os dois festivais que realizaria em 2021, no Rio e em Lisboa, estão adiados para setembro e junho de 2022, respectivamente.

Segundo a organização, a esta altura, as montagens das estruturas dos eventos tanto no Brasil quanto em Portugal já deveriam estar iniciadas, o que não é possível por conta do atual estágio da pandemia de Covid-19. "Toda esta mudança tem como único objetivo preservar a saúde dos milhares de visitantes que habitam as Cidades do Rock durante os dias de festival", diz a nota oficial.



No Rio, o festival está agora marcado para os dias 2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro de 2022, no Parque Olímpico, enquanto em Lisboa será realizado no Parque Bela Vista em 18, 19, 25 e 26 de junho do mesmo ano.

Na edição portuguesa, que já tinha sido adiada de 2020 para 2021 pela pandemia e estava com ingressos vendidos, os bilhetes seguirão válidos para as novas datas, mas há a possibilidade de reembolso.

Ainda segundo a organização, o Rock in Rio está em "negociações avançadas" com as atrações, que podem ser anunciadas ainda no primeiro semestre de 2021. As vendas do Rock in Rio Card também seguirão normalmente neste ano, em data a ser anunciada.

“O Rock in Rio mobiliza pessoas dentro e fora da Cidade do Rock. Aqui no Brasil recebemos turistas de absolutamente todos os estados brasileiros, além do Distrito Federal, e também de mais de 70 países. São 28 mil pessoas trabalhando para levar festa e alegria para as 700 mil pessoas que nos visitam”, lembra Roberto Medina, presidente e idealizador do Rock in Rio. “Aqui, em setembro de 2022 estaremos juntos de novo e prontos para o melhor Rock in Rio de todos os tempos, quando vamos celebrar a paz e o mundo, que será nosso outra vez”.

Informações: Globo

quinta-feira, 4 de março de 2021

Prefeitura de Arcoverde promove vacinação contra brucelose no sítio Zumbi

março 04, 2021
Com o intuito de tratar uma doença que pode ser transmitida ao ser humano, a Secretaria de Agricultura da Prefeitura de Arcoverde promoveu na tarde de quarta-feira (03/03), na região do sitio Zumbi, a vacinação de bezerras da referida localidade, contra a brucelose.

“Estivemos presentes nesta comunidade seguindo o alinhamento feito com o prefeito em exercício Siqueirinha, para que possamos imunizar criações de produtores na nossa zona rural”, informou o secretário municipal da pasta, Kelsen Ferreira de Araújo.

A vacinação contra a brucelose foi iniciada este ano no mês de fevereiro, e já contemplou várias localidades rurais de Arcoverde, imunizando inicialmente bovinos entre 3 a 8 meses de vida.


Informações: ASCOM

Studio Tear estreia em versão online nesta sexta

março 04, 2021

Entre 5 e 27 de março, a iniciativa promove, de forma virtual e gratuita, mesas de debate, oficinas e apresentações com artistas como Gabi da Pele Preta, Renna Costa, Revoredo, Lucas Torres e Jessica Caitano. 



Um mês inteiro de atividades dedicadas à nova música autoral pernambucana. Tem início nesta sexta (05/03) a Mostra de Música Autoral “Studio Tear - Edição Online". O festival virtual ocorre até 27 de março, com mesas de debate, oficinas e apresentações virtuais com 18 artistas do interior do Estado. A mostra é gratuita e ocorre através do canal da iniciativa no YouTube.


Em 2021, a mostra, criada pelo Coletivo Tear em 2016, se adapta ao ambiente virtual e realiza sua quinta edição. Nas sextas e sábados de março, às 20h, haverá apresentações com artistas interioranos, abraçando as regiões do Agreste, Zona da Mata e Sertão. A proposta é dar visibilidade à produção interiorana do estado, promovendo encontros musicais e impulsionando a carreira de artistas em desenvolvimento.


Alguns nomes da nova geração de artistas pernambucanos, como Zé Manoel, Gabi da Pele Preta, Renna Costa, Revoredo, Lucas Torres e Jessica Caitano, estão na programação. Além de shows exclusivos, o público confere bate-papo com os artistas, um movimento em prol de conexões entre diferentes sonoridades produzidas pelo Interior. 


Segundo a idealizadora, curadora e coordenadora do projeto, a produtora, atriz e poeta Stephany Metódio, “o Studio Tear promove experiências sonoras através da canção e do encontro, numa conversa musicada na qual artistas dialogam entre si e com o público, criando uma experiência afetiva”. 


Há 7 anos, o Aldeia Tear, espaço do Coletivo Tear, promove arte na cidade de Garanhuns. Encontros entre artistas de várias partes do Estado propiciam a formação de plateia, o fomento e a difusão da arte contemporânea pernambucana. A edição online conta com incentivo da Lei Aldir Blanc, por meio da Fundarpe, Secretaria Estadual de Cultura e Governo de Pernambuco. 


ATIVIDADES PARALELAS - Como de costume, o Studio Tear não só abraça música, como também mescla linguagens e outras atividades complementares. Além dos shows, durante todo o mês de março, o Instagram do grupo, @aldeiatear, recebe a exposição “Toda Canção é Incompleta” com postagens artísticas assinadas por vários artistas do interior.


Já no YouTube, nos sábados 13, 20 e 27/03, às 16h, acontecem três mesas de debate. Produtores e agentes atuantes na música autoral do interior se encontram virtualmente para dialogar sobre circuito de festivais de música no interior do estado, políticas públicas para a música produzida no interior e a presença de mulheres na música. O bate-papo é aberto ao público, em um movimento de incentivo a diálogos que potencializam a produção musical.


Na programação, também haverá três oficinas formativas, com foco no fomento da música: Gestão de Carreira, com a produtora Mery Lemos; técnicas de composição, com o cantor e compositor Juliano Holanda; e elaboração de projetos culturais, com Stephany Metódio. Cerca de 90 pessoas do interior do Estado aprendem com os profissionais, um levante para potencializar a produção musical para além das grandes capitais. 

 

SERVIÇO:

Mostra de música autoral Studio Tear - Edição Online 

De 5 a 27 de março 

Através do YouTube: https://www.youtube.com/channel/UC2_Hzz9ISpj1lplv3h8izUw    

Acompanhe novidades no Instagram @aldeiatear

 

>>  Programação Musical:

Sextas e sábados, às 20h, no YouTube do Aldeia Tear


05/03 - Revoredo e Zé Manoel

06/03 - Lucas Torres e Jessica Caitano 


12/03 - Gean Ramos e Agda

13/03 - Neto Salles e Camilla Yasmine


19/03 - Adalberto e Gabi da Pele Preta

20/03 - Rogéria e Adiel Luna


26/03 - Ju Vieira e Ciel Santos

27/03 - Álefe e Renna Costa. Participação especial: Zeh Lucas e Lili Novais 


>> Mesas de debate:

Aos sábados, às 16h, no YouTube do Studio Tear


13/03 - “Festivais de música no interior”, com André Chaves, David Biriguy e Laeiguea Bezerra.

20/03 - “Mulheres na música” com Gabi da Pele Preta, Sam Silva e Ramylle Barbosa 

27/03 - “Políticas públicas culturais para música no interior” com Djaelton Quirino, Eveline e Elias Mouret


>> Oficinas: 

Às quartas e quintas, das 19h às 22h, para público inscrito 

10 e 11/03 - "Jogando meu canto no mundo", com Stephany Metódio

17 e 18/03 - "Diálogos do verso à canção", com Juliano Holanda

24 e 25/03 - "Que carreira é essa?", com Mery Lemos


Thaísa Espíndola

Na Câmara do Recife, tramita projeto de lei que beneficiará mulheres vítimas de violência com vagas de emprego reservadas nos editais de licitação

março 04, 2021

O Projeto de Lei 30/2021 de autoria do vereador Dilson Batista (Avante) estabelece a reserva de vagas para mulheres vítimas de violência doméstica e familiar nos editais de licitação que visem à contratação de empresas de prestação de serviços pela administração pública do município.

No âmbito da Câmara Municipal do Recife, tramita um projeto de lei que propõe a reserva de vagas para mulheres em situação de vulnerabilidade decorrente de violência doméstica e familiar nos editais de licitação que visem à contratação de empresas para a prestação de serviços continuados e terceirizados no âmbito do Poder Executivo Municipal.

O projeto estipula que a reserva será de, no mínimo, 5 % (cinco por cento) das vagas e que as mulheres vítimas de violência deverão estar em situação de vulnerabilidade econômica. Ainda determina que as empresas prestadoras de serviços realizarão o processo seletivo para a contratação das trabalhadoras mediante acesso a cadastro mantido por instituições públicas parceiras e encaminhado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos da Prefeitura do Recife.

A matéria foi apresentada no expediente da reunião remota no dia 22/02/2021 e encaminhado às comissões (Legislação e Justiça e Defesa dos Direitos da Mulher) para análise e pareceres, e até o próximo dia 8 de março para emendas. Saiba mais - https://sapl.recife.pe.leg.br/consultas/materia/materia_mostrar_proc?cod_materia=103534.

Informações: Betinho José
Foto: Pixabay

Pernambuco agora tem Dia Estadual do Choro

março 04, 2021
                                                             Foto: Walmir/Divulgação-Fundarpe

Pernambuco agora tem um dia seu para celebrar o choro, gênero musical que consagrou no Estado nomes como João Pernambuco, Tia Amélia, Zé do Carmo, Rossini Ferreira, Luperce Miranda, Quincas Laranjeiras e Mestre Chocho, entre tantos outros músicos, musicistas, cantores e cantoras do estilo. Criado por meio da Lei 14.178/2021, de autoria do deputado Waldemar Borges, o Dia Estadual do Choro João Pernambuco, proposta pioneira em todo o Brasil, será celebrado no dia 16 de Outubro, e leva no seu título uma homenagem a um grande mestre do choro pernambucano.

O anúncio público está marcado para o dia 25 deste mês, durante a Grande Roda de Choro no encerramento do Festival do Choro João Pernambuco, que terá as gravações realizadas em estúdio e o encerramento no Teatro do Parque, seguindo as recomendações para prevenção da pandemia. A iniciativa conta com recursos da Lei Aldir Blanc, por meio da Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE).



A ideia da criação desta data foi do coletivo Isto é Choro!, grupo que reúne grande parte dos artistas que sentiam falta de uma data oficial que demonstrasse a importância deste estilo musical no Estado. O coletivo é liderado pelo produtor cultural Wagner Staden; por Walmir Chagas, criador do personagem Véio Mangaba, artista e pesquisador cultural; e pelo artista Betto do Bandolim.

“A ideia surgiu em 2017, a partir de um movimento de valorização do choro no Estado que tomou impulso com a titulação do Mestre Chocho (in memorian) como Patrimônio Vivo de Pernambuco”, explica Wagner Staden, que trabalhou como produtor do Mestre Chocho nos últimos anos.

Foto: Fer Veríssimo /Secult PE

Betto do Bandolim é músico, arranjador e compositor, “um chorista completo”, nas palavras do Véio Mangaba. Para ele, assim como o Rio de Janeiro, Pernambuco sempre foi um polo fortíssimo no choro. “Desde a galera que saiu daqui, como o mestre João Pernambuco, Tia Amélia, Quincas Laranjeiras, até a geração anterior a minha, como Rossini Ferreira e Canhoto da Paraíba”.

“Muitos músicos daqui foram pra o Rio de Janeiro ensinar o pessoal porque o choro da gente tem um sotaque diferente. Como temos uma diversidade musical fora do comum, nosso choro lembra o baião, xote e frevo, diferente do carioca, que é mais focado no samba”, revela Betto do Bandolim.

A Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) acompanhou de perto o processo e deu todo o apoio e aval junto à Alepe e ao Governo de Pernambuco para a criação da Lei.

“Pernambuco agora pode dizer que tem uma data sua para celebrar o choro, gênero que nos deu a oportunidade de gerar aqui no nosso estado mestres como João Pernambuco e o saudoso Mestre Chocho, além de vários outros artistas consagrados e que seguem na linha de frente de defesa desse nosso patrimônio”, comemora Marcelo Canuto, presidente da Fundarpe.

HISTÓRICO - No dia 21 de setembro de 2020 foi realizada uma assembleia virtual aberta ao público, e com a participação de várias personalidades do choro pernambucano, com a proposta de escolher uma data para celebrar o Dia Estadual do Choro.

“A gente já realizava o Recife Carinhoso, evento com vários choristas do estado para celebrar o Dia Nacional do Choro, no dia 23 de abril, nascimento de Pixinguinha. Depois tivemos a ideia de fazer o Festival João Pernambuco, em 2016, como forma de valorizar o choro daqui do Estado. A partir daí surgiu a ideia de criarmos um dia estadual para celebrar este ritmo que também é pernambucano”, conta Betto do Bandolim.

Foi escolhido então o dia 16 de outubro, data de falecimento de João Pernambuco, o maior nome do violão e do choro de Pernambuco e um dos maiores nomes da música brasileira.

De acordo com Walmir Chagas, a escolha de João Pernambuco como homenageado é porque o nome ajuda muito. “Quem tem um nome desse ligado ao seu Estado? Só Canhoto da Paraíba, e inclusive estamos incentivando nossos amigos paraibanos do choro a criar uma data estadual deles”, comenta o artista.

Segundo Walmir, normalmente se escolhe a data de aniversário de uma pessoa nas homenagens, mas como o aniversário de João Pernambuco cai no Dia de Finados houve uma resistência a essa data. “Pesquisei então outras datas importantes envolvendo sua biografia, e a escolha final foi a data do seu encantamento, porque artista não morre, artista se encanta”.

“Paralelamente, procuramos Marcelo Canuto, presidente da Fundarpe, com quem tivemos uma reunião para tratar do assunto, e ele deu todo o apoio institucional e se comprometeu em colaborar com a criação da data”, destaca o Véio Mangaba.

Com a data escolhida, a proposta foi apresentada ao deputado Waldemar Borges, que elaborou o projeto de Lei aprovado na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). “Dos deputados que estão com mandato na Alepe, ele é uma das pessoas mais envolvidas com a música, e conhece muito o pessoal do chorinho, além de ter sido relator da lei que criou o Dia Estadual de Ciranda (10 de maio)”, completa Walmir Chagas.

Informações: Secult PE

Centro de Inclusão de Arcoverde abre inscrições para o Curso de Operador de Telemarketing, nesta sexta-feira

março 04, 2021


O Centro de Inclusão de Arcoverde abre, nesta sexta-feira, 05 de março, as inscrições para o Curso de Operador de Telemarketing. As inscrições são presenciais e estarão disponíveis no novo espaço do Centro de Inclusão, localizado na Avenida Pedro II, s/n° (antigo Centro de Cultura), no horário das 8h às 15h.

As aulas acontecem às segundas e terças, das 14h às 17h, respeitando todos os protocolos de saúde da Covid-19. Para se inscrever, é necessário ter a partir de 16 anos, apresentar xérox de identidade, CPF, comprovante de residência e número do NIS.

Entre o conteúdo programático está definição da palavra Telemarketing, definição e tipos de marketing, o telemarketing como ferramenta do marketing direto, apresentação do que é um Call Center, tipos de negociação pelo serviço de telemarketing, caraterísticas de um operador, técnicas de atendimento, trabalho em grupo, marketing pessoal, atendimento, o telefone como instrumento de vendas, entre outros.

As aulas começam no dia 09 de março. Outras informações podem ser obtidas através do telefone: (87) 3821-9019, ou no Facebook do Centro de Inclusão, pelo link: https://www.facebook.com/Centro-de-Inclus%C3%A3o-de-Arcoverde-627574890606181 .

Ascom – Prefeitura de Arcoverde

O funcionamento das feiras em Arcoverde de acordo com o decreto estadual

março 04, 2021

Foto: Amannda Oliveira


Em conformidade com o Decreto Estadual n° 50.346, de 03 de março de 2021, a Prefeitura de Arcoverde, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Eventos (Sedete), informa o funcionamento das feiras na cidade.

Neste sábado (06), devido ao feriado da Dara Magna não acontecerá a feira do Centro Comercial de Arcoverde - Cecora e o comércio estará fechado. No domingo, a feira do São Cristóvão, no Pátio Lídio Cordeiro Maciel, estará aberta apenas para atividades essenciais, como o comércio de frutas, verduras e similares, além da venda de carnes e peixes. A feira do São Miguel acontece na próxima quarta-feira , 10 de março , normalmente.

Amannda Oliveira

Centro de Inclusão abre inscrições para o Curso de Técnicas de Vendas nesta sexta

março 04, 2021

O Centro de Inclusão de Arcoverde abre nesta sexta-feira, 05 de março, as inscrições para o Curso de Operador de Técnicas de Vendas. As inscrições são presenciais e serão realizadas no novo espaço do Centro de Inclusão, localizado na Avenida Pedro II, s/n° (antigo Centro de Cultura), das 08 às 15h.

As aulas acontecem às quintas e sextas, no horário das 14h às 17h, respeitando todos os protocolos de saúde da Covid-19. Para se inscrever, é necessário ter a partir de 16 anos e apresentar xérox de Identidade, CPF, comprovante de residência e número do NIS.

Entre o conteúdo programático, serão abordados temas sobre como prospectar novos clientes e aumentar suas vendas, como conhecer o seu território atrai novos clientes, técnicas de vendas e estratégias para obter resultados, trabalho em equipe, como montar um currículo , além da realização de visitas técnicas no comércio.

As aulas começam no próximo dia 11 de março. Mais informações sobre o curso estão disponíveis através do telefone: (87) 3821-9019, ou no Facebook do Centro de Inclusão, pelo no link: https://www.facebook.com/Centro-de-Inclus%C3%A3o-de-Arcoverde-627574890606181 .

Ascom – Prefeitura de Arcoverde

Cine Arcoverde abre inscrições para oficinas e masterclasses gratuitas

março 04, 2021


O 2º Cine Arcoverde - Mostra de Cinema Independente de Arcoverde, que acontece de 22 a 27 de março no formato virtual, abre inscrições para atividades formativas gratuitas com emissão de certificado. Os interessados podem se inscrever preenchendo o formulário no site www.cinearcoverde.com. Nesta edição, além das mostras de filmes, o objetivo é promover diálogos interculturais de forma mais inclusiva e acessível. Teremos as oficinas de Produção Executiva (Gerando um filme), com Tarsila Tavares, e de Assistência de Direção (Organizando um filme), com Anny Stone e Pethrus Tibúrcio.

"Vamos apresentar as noções de produção e produção executiva como a elaboração e gerenciamento e debater sobre caminhos possíveis para realização de projetos com pouco ou nenhum recurso", detalha a oficineira Tarsila Tavares. "Acredito muito que atividades como essas tenham potência ainda maior por proporcionarem a troca de experiências, atualmente restritas ao ambiente virtual, além de contribuir para a formação de novos realizadores", complementa.

Já a proposta de Anny Stone e Pethrus Tibúrcio será debater formas mais humanizadas de trabalhar em sets de filmagem, respeitando cada profissional envolvido e valorizando o respeito e a diversidade nas equipes. "Percebemos a ausência de cursos nessa área e entendemos que poderíamos contribuir para mudar o cenário. Daremos um amplo panorama sobre a função de assistência de direção, indicando como decupar um roteiro, montar análise técnica, plano de filmagem, e elaborar documentos como ordem do dia e relatórios de tech scout", detalha oficineira Anny Stone.

Ainda dentro das atividades formativas, as master classes serão comandadas por Hilton Lacerda, abordando a escrita criativa cinematográfica, no dia 23 de março, e por João Vieira Jr, destrinchando a história do cinema Pernambucano, em encontro marcado para o dia 25 de março.

As atividades serão voltadas ao público geral com prioridade de vagas para arcoverdenses e inscritos do interior do estado de Pernambuco. A lista de selecionados será divulgada no dia 19 de março. A segunda edição do Cine Arcoverde conta com o incentivo da Lei Aldir Blanc, através do Edital Festivais LAB PE.


SERVIÇO:

Cine Arcoverde Oficinas e Master Class | 22 a 27 de março


Gratuitas

Vagas limitadas


CONFIRA AS OFICINAS:

Gerando Um Filme: Oficina de Produção Executiva | por Tarsila Tavares

Data: 23 a 27 de março, das 9h às 12h

A oficina abordará aspectos da produção executiva de curtas-metragens de baixo orçamento tendo como base o mercado pernambucano atual. Os participantes terão oportunidade de elaborar seus projetos audiovisuais com exposição de conteúdo didático e consultorias individuais.

Organizando Um Filme: Oficina de Assistência de Direção | por Anny Stone & Pethrus Tibúrcio

Data: 24 a 27 de março, das 19h às 22h

O curso vai discutir atividades específicas dessa profissão, passando por decupagem de roteiro à análise técnica e orientação da equipe. Profissional responsável por identificar as demandas de cada roteiro, organizar e coordenar a filmagem de uma obra em conjunto com todos os departamentos.

MASTERCLASS

Construindo Diegeses - Reflexões sobre escrita criativa cinematográfica | por Hilton Lacerda

Data: 23 de março às 19h

O diretor e roteirista Hilton Lacerda irá discutir os seus processos criativos e os desafios da escrita cinematográfica, abordando desde a pesquisa, a construção de diálogos e criação de personagens, tendo como base alguns dos seus trabalhos.


Cinema Pernambucano: Um Breve Panorama da Produção Local e Vislumbres do Porvir | por João Vieira Jr.

Data: 25 de março às 19h

O renomado produtor João Vieira Jr. irá expor através de sua óptica a história do cinema pernambucano recente, com enfoque na produção do estado diante da atual conjuntura política e social. Seu discurso será ilustrado por estudos de casos, vivências e curiosidades.

Informações: ASCOM

Instagram: @blogamanndaoliveira