Maracatu Rural Águia Formosa promove roda de diálogo “Brincando com os mestres – uma vivência com quem faz do brinquedo sua missão”



O Maracatu Rural Águia Formosa, de Tracunhaém, na Zona da Mata da Norte de Pernambuco, encerrará as atividades da edição 2016 do “Projeto Azougue – Manutenção do Maracatu Rural Águia Formosa por 12 meses” nesta quarta-feira (29/03), às 15h. A última atividade será a roda de diálogo “Brincando com os mestres – uma vivência com quem faz do brinquedo sua missão”, que acontecerá na Escola de Referência em Ensino Médio Dr. Walfredo Luiz Pessoa de Melo (Tracunhaém). O objetivo é promover um intercâmbio entre os alunos da rede pública de ensino e os Mestres Griôs. O evento é gratuito, aberto ao público e contará com tradução na língua brasileira de sinais (Libras).

De forma a destacar a importância desses Mestres para a manutenção e perpetuação da cultura popular e sua importância histórica e artística para o território e o acervo imaterial do estado, a roda de diálogo contará com a participação dos Mestres Edmilson Cirandeiro (Maracatu Rural Águia Formosa), Barachinha (Maracatu Estrela Dourada de Buenos Aires/PE), Anderson (Cambinda Brasileira do Cumbe e Ciranda Raiz da Mata Norte) e Nice Teles (Maracatu de Baque Solto Estrela de Ouro e Cavalo Marinho Estrela Brilhante). A mediação ficará por conta do Mestre Maciel Salú, integrante do Maracatu Rural Águia Formosa.

Sobre o “Projeto Azougue – Manutenção do Maracatu Rural Águia Formosa por 12 meses” – A ação iniciada em 2016 conta com incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura), da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Governo do Estado de Pernambuco. Todas as atividades da iniciativa são realizadas pelo Maracatu Rural Águia Formosa, Grão – Comunicação e Cultura e Maciel Salú.

A proposta do “Projeto Azougue – Manutenção do Maracatu Rural Águia Formosa por 12 meses” é de oferecer gratuitamente atividades de interesse social voltados à preservação do patrimônio cultural pernambucano, de fortalecer sua atuação como célula e fortalecer os vínculos comunitários, além de promover um ambiente de intercâmbio entre a educação formal e os Mestres Griôs.

De 2016 até março de 2017, o “Projeto Azougue – Manutenção do Maracatu Rural Águia Formosa por 12 meses” promoveu duas sambadas de maracatu, três oficinas de formação e o Encontro de Mestres e Poetas da Mata Norte. Agora, a iniciativa encerra suas atividades propostas para ocorrerem durante um ano com roda de diálogo “Brincando com os mestres – uma vivência com quem faz do brinquedo sua missão”.

Sobre o Maracatu Rural Águia Formosa – O Maracatu Rural Águia Formosa foi fundado em 1999 pelo Mestre Edmilson Honório no município de Tracunhaém, Zona da Mata Norte de Pernambuco. Em 2002, foi incorporado como membro da Associação dos Maracatus de Baque Solto de Pernambuco. Hoje, com mais de 140 integrantes, o Águia Formosa tem o desafio de pensar e estruturar ações que se concentram não apenas no campo da cultura. Por sua missão ampla e voltada à promoção social, o Águia Formosa fez com que seu trabalho de formação com crianças, adolescentes e jovens em sua maior parte em situação de vulnerabilidade social ganhasse corpo e torna suas iniciativas mais abrangentes. Foi com este pensamento que o grupo ganhou forma, tomou nome e hoje é um dos grupos mais atuantes na sua cidade de origem.

Por sua força, foi convidado a participar do Festival Mundial das Artes Negras (Senegal, 2010), onde representou o Brasil e fez erguer-se a bandeira de Pernambuco. Além disso, segue com atividades durante todo o ano para a manutenção e difusão do Maracatu Rural. Durante o Carnaval, o Águia Formosa percorre todo o estado para mostrar a sua força e suas tradições.

Serviço:
“Projeto Azougue – Manutenção do Maracatu Rural Águia Formosa por 12 meses”
Evento: Roda de diálogo “Brincando com os mestres – uma vivência com quem faz do brinquedo sua missão”
Mestres: Edmilson Cirandeiro (Maracatu Rural Águia Formosa), Barachinha (Maracatu Estrela Dourada de Buenos Aires/PE), Anderson (Cambinda Brasileira do Cumbe e Ciranda Raiz da Mata Norte) e Nice Teles (Maracatu de Baque Solto Estrela de Ouro e Cavalo Marinho Estrela Brilhante)
Mediador: Maciel Salú (Maracatu Rural Águia Formosa)
Quando: quarta-feira (29/03), 15h
Local: Escola de Referência em Ensino Médio Dr. Walfredo Luiz Pessoa de Melo (Av. Severino Lopes de Albuquerque, s/nº, Bairro Novo, Tracunhaém|PE)
Entrada: gratuita
Tradução em Libras
Informações: (81) 99169-2021

Dulce Reis

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.