quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Audiência discutirá Lei Orçamentária Anual

Na próxima semana, duas audiências públicas serão realizadas em Garanhuns para discutir os projetos de lei que tratam sobre a Lei Orçamentária Anual (LOA) e revisar o Plano Plurianual (PPA) para o exercício financeiro de 2017. As discussões acontecerão nos dias 26 e 27 deste mês, em uma realização da Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Planejamento, em cumprimento ao que está disposto na Lei Complementar N 101. As audiências acontecerão no auditório da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (Aesga) e na Escola Professor Letácio de Brito, respectivamente, sendo ambas às 9h30.
  
Na ocasião, a LOA e o PPA serão apresentadas para revisão e aprovação, junto aos munícipes.  O momento é aberto ao público, pois é oportuno para que as entidades representativas da população apresentem sugestões coletivas de prioridades que entendem ser convenientes para análise da administração e possível inclusão no projeto. A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) estabelece as metas financeiras e prioridades orçamentários da administração pública, de forma que sejam traçadas as despesas para o ano seguinte de gestão, oferecendo subsídios para a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA). 

Por solicitação do Poder Legislativo, em agosto deste ano, a Secretaria de Planejamento realizou outra audiência para discussão da formação do projeto da LDO, referente ao exercício de 2017. O momento serviu para partilhar os itens de propostas e discutir sugestões com os representantes da sociedade civil presentes. Outras audiências com esse teor ainda devem ser realizadas neste ano.

Ruthe Santanna

Alceu Valença e Jota Michiles serão os homenageados do Galo da Madrugada em 2017

O cantor e compositor Alceu Valença e o compositor Jota Michiles serão os homenageados do desfile do Galo da Madrugada de 2017. A novidade foi anunciada nesta quinta-feira (22) em coletiva de imprensa na sede do bloco. Os dois pernambucanos são responsáveis por vários sucessos do frevo que fazem parte do Carnaval de Recife e Olinda. O tema do 40° desfile do Galo será "Alceu Valença e Jota Michiles - Guerreiros do Frevo". 

Angélica Souza

Atriz Chica Lopes, morre aos 86 anos

A atriz Chica Lopes, de A escrava Isaura e Éramos Seis, morreu no último dia 10. A informação, no entanto, só foi divulgada nesta quarta-feira, pela atriz e amiga Jussara Freire. "RIP CHICA LOPES. Nossa querida e amiga de tantas novelas. A amada DURVALINA, das 2 versões de ÉRAMOS SEIS, foi chamada para habitar outra constelação dia 10 de setembro. Fica homenagens e muito carinho. Muito, muito obrigada querida CHICA", escreveu a atriz em seu Facebook.

Chica Lopes tinha 86 anos. Começou a carreira no teatro em 1950 e estreou na televisão em 1975. No ano seguinte, atuou em sua primeira novela, O Julgamento, da TV Tupi. Ficou conhecida pela personagem Durvalina nas duas versões de Éramos Seis: na Tupi, em 1977, e no SBT, em 1994.

Informações: Diário de Pernambuco

Eleitor tem até esta quinta-feira para solicitar a segunda via do título

Esta quinta (22/9) é o último dia para o eleitor solicitar a segunda via do título eleitoral dentro do próprio cartório da cidade onde vota, segundo o art. 52 da resolução nº 23.450 do TSE, que trata do Calendário Eleitoral.
A impressão do título é feita na hora e não tem custos adicionais. O eleitor que necessitar do serviço deve procurar o cartório eleitoral de seu respectivo município, portando RG ou outro documento oficial com foto.
Com o fechamento do cadastro ocorrido no dia 4 de maio, não é mais possível fazer alistamento eleitoral, transferência de títulos ou regularização. Somente estão disponíveis os serviços de expedição de certidão de quitação eleitoral, recebimento de multas eleitorais, além da emissão de segunda via do título, para o eleitor que perdeu ou teve o título extraviado.
TRE

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Show em solidariedade ao Movimento Pró-Criança acontece neste domingo no no Marco Zero





Evento acontece neste domingo (25), a partir das 10h no Marco Zero

O Movimento Pró-Criança dá o ponta pé inicial na sua campanha de doação para arrecadar fundos para a reconstrução do seu prédio sede. No próximo domingo, 25 de setembro, a partir das 10h da manhã, o "Show do Bem", idealizado pela cantora Adriana B , abre as portas para um show em prol desse movimento dentro do Projeto Recife de Coração. 
A partir das 10h, se apresentam Adriana B e dos cantores mirins Gabriel Carneiro e Cassyo Victor, ambos do Movimento Pró-Criança. Na abertura, sobem ao palco a Companhia de Dança Andarilho e Maracatu Calunga de Ouro, Orquestra de Cordas do Movimento Pró-Criança e Equipe de Percussão do Movimento Pró-Criança. O Sport Club do Recife realizará um peneirão dentro da festa, com o objetivo de selecionar novos atletas para equipes de futsal do clube. 
O grande show ainda contará com as participações de Claudionor Germano, Nena Queiroga, Almir Rouche, Hugo Esteves, Cristina Amaral, palhaço Chocolate e muitos outros artistas.
Amannda OIiveira

Espetáculo "Tempo de Menino " será encenada na Estação da Cultura em Arcoverde

Foto: Tiago Henrique

No período de 23 a 25 de setembro,às 20h, a Estação da Cultura recebe o espetáculo "Tempo Menino".
Em Tempo Menino as janelas são metáforas físicas da memória, elas são uma espécie de moldura para o vislumbre da vida que se modifica e se faz memória logo em seguida. As histórias nascem e se modificam e logo se desfazem para se refazerem. As histórias se repetem o tempo todo, por toda a vida. A partir da recriação e cruzamento de histórias Tempo Menino se apropria da metáfora da “visão da vida pela janela” e vive em cena as histórias das gerações passadas, presentes e futuras. Tempo Menino atiça o inconsciente coletivo.

O ingresso curta R$ 10,00 e vale super a pena conferir.

Ficha técnica
Concepção, texto e atuação: Rogério Xavier
Direção: André Chaves
Cenotécnica: Guil Cavalcanti 
Dramaturgia sonora: Johsi Guimarães e Renata Cordeiro
Música original: Amanda Lopes
Produção/Realização: Peso Coletivo 
Produção Local: Marcílio Moraes


Ascom

Funcultura será informatizado e recebe novos membros da Comissão Deliberativa

Como parte de um processo contínuo de fomento à produção cultural por meio do Sistema de Incentivo à Cultura, a Secretaria de Cultura e a Fundarpe empreendem mais uma ação de aprimoramento do modelo de processamento do Funcultura. Nesta terça (20) foi assinada uma Ordem de Serviço pela Secult-PE e Fundarpe para a Agência Estadual de Tecnologia da Informação – ATI construir sistema para informatização do Cadastro de Produtores Culturais (CPC) e dos editais do Funcultura. A cerimônia também marcou a posse dos novos membros da Comissão Deliberativa do Funcultura e a entrega de certificados, pelos relevantes serviços prestados à cultura, aos antigos membros da comissão.
A proposta de informatização consta de uma aplicação web que utilizará banco de dados relacional e que ficará hospedada na ATI. O sistema possibilitará aos Produtores Culturais o acesso ao CPC de forma online para realizarem seu cadastro. Os produtores culturais que já forem cadastrados no sistema poderão, a qualquer momento, atualizar seus dados cadastrais, desde que informem seu “número CPC” e que este esteja válido no sistema.
Após a realização do cadastro, o produtor poderá elaborar o projeto para concorrer aos editais do Funcultura, durante o período de inscrições. Nesta etapa, o sistema já preencherá os dados cadastrais que se encontram presentes no CPC, evitando recadastramento de dados e documentações por parte do produtor cultural.
Para a construção deste sistema, a direção do Funcultura empreendeu um estudo de todo fluxograma do Funcultura, do CPC à fase da prestação de contas, de maneira a ter, no futuro, todos estes ambientes informatizados e assim aprimorar o funcionamento desta que é hoje uma das principais ferramentas de execução da política pública de cultura do estado.
“A expectativa é de aumentarmos o número de produtores culturais cadastrados, sobretudo nas regiões do interior do estado, e que em 2017 os editais do Funcultura já sejam apresentados de modo eletrônico”, comemora o superintendente do Funcultura, Gustavo Araújo.
O secretário de Cultura Marcelino Granja contextualiza o momento atual de fortalecimento do Funcultura, como parte de um esforço do Governo do Estado para valorizar o fomento à cultura em Pernambuco. O decreto 43.295 publicado no dia 31 de março deste ano pelo Governo do Estado ampliou a lista de atividades econômicas que podem contribuir com o Fundo, permitindo assim a entrada de empresas de distribuição de gás, como a Companhia Pernambucana de Gás (Copergás), que será a nova participante do Funcultura.
“Primeiro garantimos na Lei Orçamentária para 2016 o orçamento de R$ 35,049 milhões para o Funcultura. Depois tivemos o decreto, com a entrada da Copergás, que garante piso financeiro para a previsão orçamentária. E agora esse aprimoramento tecnológico que irá facilitar o acesso ao CPC e desburocratizar o Funcultura, que era uma das maiores queixas da produção cultural do estado”, avalia Marcelino.
Márcia Souto confirma o compromisso do Governo em atender a uma demanda da sociedade civil, no que diz respeito a desburocratização do Funcultura. A presidente da Fundarpe acredita a informatização é um processo estruturador do Fundo, que irá melhorar não só a relação dos produtores com o Funcultura, mas impactar ainda nos processos internos de análise e validação dos projetos. “A informatização tem ainda o mérito da inclusão de mais projetos, evitando o descarte de muitos projetos bons, como acontece hoje. No modelo vigente, projetos são desclassificados pelo fato não anexarem alguma documentação obrigatória. Com a informatização, acaba-se o risco, pois se o produtor não anexa a documentação, não consegue finalizar e enviar o projeto eletronicamente”, explica Márcia.
Segundo ela, a previsão é que até março de 2017 todas as etapas da informatização estejam concluídas. “Estamos muito felizes com o andamento de todos estes processos que visam a ampliação e fortalecimento do Funcultura. Para isso, foi fundamental a parceria com a Agência de Tecnologia do Estado, que tem a expertise necessária não só para promover o atendimento das necessidades de informatização dos diversos setores do Funcultura, mas também abrigar ou manter o banco de dados que será gerado a partir desse processo de informatização”, coloca a presidente.
 “A ATI está empenhada em tornar os processos e serviços do Governo do Estado mais ágeis, mais modernos e mais racionais, através do uso da tecnologia da informação. Nós que fazemos a ATI estamos honrados em firmar o convênio com o Funcultura, atendendo a uma necessidade dos produtores culturais”, garante Romero Guimarães, presidente da ATI.
Comissão Deliberativa - Além de marcar o início da informatização do Funcultura, a cerimônia marca ainda a posse dos novos quinze membros da nova Comissão Deliberativa do Funcultura, eleitos após chamada pública realizada pela Fundarpe. Cabe aos membros da Comissão participar de reuniões ordinárias e extraordinárias que apreciam projetos culturais submetidos aos editais do Fundo; deliberar sobre sua aprovação e execução, julgar eventuais pedidos de reconsideração interpostos contra suas decisões ou pareceres e; exercer as competências estabelecidas em lei e demais atos normativos complementares.
 
Assessoria de Comunicação

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Chico César lança seu primeiro livro infantil em Olinda


Nesta quarta-feira (21), Olinda recebe o músico, poeta e escritor Chico César, que volta a Pernambuco para lançar seu novo livro, O agente laranja e a maçã do amor, editado em abril deste ano e voltado para o público de 6 a 12 anos de idade. O evento acontecerá às 10h no auditório Nelson Correia, que fica na sede da Secretaria de Educação, Esportes e Juventude do município, na Rua 15 de Novembro, no bairro do Varadouro, Olinda, e terá a presença dos estudantes das escolas municipais.

Na ocasião, haverá uma palestra com diálogos sobre o livro e assuntos relacionados e uma intervenção poético musical com o autor e músico seguida de uma seção de autógrafos. 

Fundarpe