Featured

8/Arcoverde/custom

Influencer digital de Arcoverde no Concurso Miss Teeen Pernambuco

abril 22, 2017

Arcoverde terá uma representante no Miss Teen Pernambuco. Trata-se da nossa querida influencer digital Lígia Marinho, mais conhecidas nas redes sociais como Lili Marinho. Lígia é natural de Arcoverde e nos contou que tudo começou quando através do Snapchat começou a fazer vídeos sobre a sua rotina, mostrar suas coisas, compartilhar meus momentos...  " A cada dia mais pessoas começavam a me seguir, a interagir e a coisa começou a mudar. Que loucura recordar de tudo! Eis o primeiro convite para um job, fiz fotos para a Hering Arcoverde, e cada dia as coisas melhoravam mais, meus seguidores iam crescendo no instagram, meninas vinham me agradecer por ajudá-las com uma simples foto a escolher uma roupa. Meu Deus, que loucura!!!! Meu coração gritava de alegria ao ler cada recadinho desses. E começaram a surgir propostas de parcerias, e eu não entendia o que estava acontecendo, porque nada disso estava nos meus planos, por incrível que pareça eu não sonhava em pertencer a esse mundo digital. Ser influente em meio às pessoas da minha idade, poder ajudar, inspirar... " 

O convite para i Miss Teen Pernambuco " No dia 20 de abril, uma amiga me comunica que havia me indicado para uma olheira do Miss Teen Pernambuco. E não é que ela gostou do meu perfil. Conversamos, conversamos. Esclarecimentos, duvidas, sonhos... Eis a decisão e a responsabilidade: aceitei representar minha amada Arcoverde no Miss Teen Pernambuco. Meu coração gritava de felicidade e insegurança também. Milhões de sentimentos me dominam neste momento! Mas, missão dada, é missão cumprida. Representarei minha cidade com o maior orgulho do mundo, darei meu melhor. Espero receber o apoio e a torcida de todos vocês."

Com certeza a nossa cidade será super bem representada por você Lili. Boa sorte e estamos na torcida.

Amannda Olliveira

Ministro Mendonça Filho libera recursos para obras de restauro da Fundaj no Recife

abril 22, 2017

Na manhã deste sábado, 22, o ministro da Educação, Mendonça Filho, assinou a liberação de R$ 264 mil para as obras de restauro e reparação da unidade do Derby da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), no Recife. O custo total da obra, iniciada em 2015, é de, aproximadamente, R$ 5 milhões. Desse valor, R$ 2,5 milhões já foram liberados. “Eu assumi o Ministério da Educação em uma condição onde só na rede de educação vinculada à pasta havia 700 obras paralisadas em todo o país”, disse o ministro. 
Após a reforma, a unidade vai voltar a operar os equipamentos culturais, como o Cineteatro José Carlos Cavalcanti Borges, o auditório, a Galeria Vicente do Rego Monteiro e a Biblioteca Nilo Pereira. Também serão restauradas as salas Aloísio Magalhães, João Cardoso Ayres e Edmundo Morais (Escola de Governo), e o jardim interno, que passará a funcionar como um espaço de convivência e integração.
Durante o discurso,  o ministro falou da satisfação em acompanhar de perto os serviços. “As obras de expansão e melhoras nesse prédio da Fundaj estavam andando num ritmo muito lento e, ao chegar, deixei claro a minha disposição em avançar em tudo o que tivesse de ações em execução dentro da fundação”, complementou Mendonça Filho. “Nós estamos trabalhando e vamos continuar, sempre lutando para transformar a realidade da educação do nosso país, que é algo vital para que possamos construir um país decente”.
O presidente da Fundaj, Luiz Otavio Cavalcanti, agradeceu o apoio de Mendonça Filho ao que ele considera “uma das melhores manifestações dos fazeres culturais de Pernambuco”. “Nós esperamos que até o final deste ano tenhamos a oportunidade de entregar ao povo pernambucano uma das melhores chances de se dar continuidade à construção de sua cultura”, disse. “Continuamos a fazer o trabalho que vem sendo feito, desde o início, em favor da cultura, da memória e da educação de Pernambuco”.
Orçamento – O orçamento da Fundaj cresceu dez por cento durante a gestão do ministro Mendonça Filho, passando de R$ 25,8 milhões em 2016 para R$ 28,9 milhões em 2017. O ministro comemora. “Pernambuco é um dos estados mais expressivos do ponto de vista educacional e cultural, boa parte do berço da formação da nacionalidade brasileira está aqui no nosso território. Por isso, a questão de recursos é um assunto que eu faço questão de cuidar diretamente como ministro”, afirmou.
Assessoria de Comunicação Social 

Público superior a 50 mil pessoas compareceu à noite desta sexta (21) do Viva Dominguinhos

abril 22, 2017
Foto: Edson Fernandes - FH Studios/Secom

Dando sequência às apresentações da quarta edição do Viva Dominguinhos, o palco principal do evento, localizado na Praça Cultural Mestre Dominguinhos, recebeu nesta sexta-feira (21) mais uma noite de shows gratuitos marcados pela grande presença de público; mais de 50 mil pessoas, de acordo com informações da Secretaria de Turismo e Cultura. Os ritmos nordestinos marcantes não ficaram de fora das apresentações de Gennaro, Os Nonatos, Alcymar Monteiro e Fulô de Mandacaru; responsáveis pela animação dos forrozeiros que lotaram o espaço.
A primeira atração foi o sanfoneiro e amigo pessoal de Dominguinhos, o ex-integrante do Trio Nordestino,  Gennaro. O músico alagoano gravou diversos álbuns em parceria com o ilustre garanhuense. "Esse festival tem evoluído bastante, a cidade é linda e todo mundo que vem aqui fica encantado e espero que não deixem esse espetáculo morrer nunca, pois é um evento tão belo que antes de tudo deve ser considerado um patrimônio de Garanhuns", afirmou.
Foto: Edson Fernandes - FH Studios/Secom


Logo em seguida, quem subiu ao palco foi a dupla de repentistas Os Nonatos. A união entre Paraíba e Ceará acarretou em diversas composições como " Um Nós por Dois eus" e "Ponto Final", canções que fazem parte da história de muitos dos espectadores presentes. Em declaração à imprensa, o vocalista Nonato Costa ressaltou a magnitude do evento que dá espaço à pluralidade de ritmos nordestinos; bem como a relação da dupla com Dominguinhos.
Foto: Edson Fernandes - FH Studios/Secom


A terceira apresentação da noite ficou por conta do renomado cantor de forró, Alcymar Monteiro. Aos 63 anos o "Rei do Forró", como é conhecido, não decepcionou ao público que pode dançar ao som de músicas consagradas na sua voz. Atentos às apresentações na linha de frente do palco, estava um grupo de recifenses que já criava expectativas para as principais apresentações do evento. "Algumas pessoas do nosso grupo já vieram em edições anteriores, eu vi a divulgação nas redes sociais da Prefeitura e vim para ver Fulô de Mandacaru hoje e Falamansa amanhã", declarou a professora de dança de salão, Kátia Campos.
Foto: Edson Fernandes - FH Studios/Secom


A banda Fulô de Mandacaru foi a atração mais esperada da noite. Formado por Pingo Barros (zabumba), Armandinho do Acordeon e Tiago Muriê (triângulo); os caruaruenses agitaram o público que lotava toda a extensão da Praça Mestre Dominguinhos, desde o início da noite. "Este é um palco abençoado, eu acredito que toda homenagem ainda é pouca para Seu Domingos, diante da grandiosidade da obra que ele deixou pra gente. Quem conheceu Dominguinhos de perto sabe da humildade que ele tinha, e o monstro da música popular brasileira que ele foi", afirmou o integrante Pingo Barros.
Neste sábado (22) o palco encerra a programação do IV Viva Dominguinhos com show da cantora garanhuense Kiara Ribeiro; seguida do projeto Cantoria Agreste, formado pelos artistas Gennaro, João Netto, Marcelo Melo e Sérgio Andrade; logo após é a vez do cantor e compositor paraibano Flávio José; e encerrando a noite tem a apresentação do grupo Falamansa.

Aquilles Soares

Viva Dominguinhos é aberto oficialmente em Garanhuns

abril 22, 2017
Foto: Fh Stúdio
A quarta edição do Viva Dominguinhos foi aberta, oficialmente, na noite desta quinta-feira (20). Passava das 20h quando os shows na Praça Cultural que recebe o nome do músico, principal polo do evento, iniciaram. Numa noite marcada pelas baixas temperaturas, registrando mínima de 17°C, subiram ao palco Mourinha do Forró, Nádia Maia, Targino Gondim, Andrea Amorim, Cezzinha e Dorgival Dantas.

O músico Mourinha do Forró abriu as apresentações. Iniciando com xaxado, passando por vários xotes e encerrando o repertório com arrasta-pé, ele esteve acompanhado, durante o show especial, do seu filho, Mourinha Júnior, de apenas cinco anos de idade. O pequeno já toca acordeon e é apaixonado por música. “Minha intenção é passar esse trabalho de geração em geração. Estou, mais uma vez, emocionado de prestar essa homenagem à Dominguinhos, junto de meu filho, afinal, são 27 anos de estrada”, contou o artista.

A segunda atração da noite foi um dueto entre Nádia Maia e Targino Gondim. Juntos, os cantores aqueceram os corações do público presente com grandes hits da música nordestina, entre elas “Frevo Mulher”, “Leão do Norte” e “Pedras que Cantam”. Tanto Nádia quanto Targino vivenciam o sucesso de mais de 20 anos de carreira, celebrando esse marco no palco Mestre Dominguinhos.


O casal garanhuense José Ednaldo Guedes e Tânia Freitas, ambos de 50 anos de idade, acompanhou atento toda a primeira noite de atrações. Dançando coladinho a cada canção, o comerciante e a administradora afirmaram que o evento já ganhou o coração dos moradores e turistas. “É de grande importância para nossa cultura. Nós acompanhamos desde a primeira edição e este ano estamos animados para conferir os shows de Flávio José e Falamansa”, disse José Ednaldo.

Foto: Fh Stúdio
Com o show repleto de convidados da terra, Andrea Amorim encantou. A garanhuense homenageou Garanhuns e em seu rosto e partes do corpo usou pintura corporal representando o solo e uma flor de mandacaru. Ao lado da cantora, subiram ao palco artistas como Dom Pimentel, Rubens Costa, Belinha Lisboa, Marcelo Francisco e o grupo Hit Dance. No repertório, forró com uma pitada de pop.

Entoando os maiores clássicos de Dominguinhos, Cezzinha arrancou aplausos. A penúltima atração da noite mostrou que a força da música do instrumentista garanhuense perdura em todas as gerações. O público cantava junto a cada canção, entre elas “Gostoso Demais” e “De Volta pro Aconchego”. Quem encerrou a noite de shows foi o cantor Dorgival Dantas - uma das atrações mais esperadas da festa -, que já esteve presente em outras edições do evento e balançou o público com uma apresentação para lá de dançante.

Cloves Teodorico

Lei de incentivo aos atletas de Garanhuns é sancionada

abril 21, 2017

Uma nova política de incentivo aos atletas, paratletas e atletas não olímpicos de Garanhuns foi sancionada pela Prefeitura Municipal de Garanhuns. A Lei nº 4385/2017 recebe o nome de Bolsa Atleta Garanhuns e foi publicada nesta quarta-feira (19), no Diário Oficial dos Municípios do Estado de Pernambuco.
A Bolsa Atleta Garanhuns garantirá um benefício financeiro de um salário mínimo durante o período de um ano para o esportista que tiver obtido a primeira, segunda ou terceira colocação nas modalidades de prática desportiva individual, em eventos nacionais, regionais ou estaduais da temporada anterior.

O valor recebido com o benefício deverá ser utilizado para cobrir gastos com alimentação, educação, assistência médica, odontológica, psicológica, nutricional e fisioterápica, medicamento, suplementos alimentares, transporte para participar de treinamento e competições, aquisição de material esportivo, vestimenta e pagamento de mensalidade de academia de ginástica credenciada pelo Conselho Regional de Educação Física.

Os interessados em concorrer à bolsa devem preencher aos requisitos previstos na lei e apresentar requerimento, com toda a documentação prevista na lei, na Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer, localizada no Parque Euclides Dourado, de segunda a sexta-feira, das 8 às 14h. A secretaria irá disponibilizar até amanhã, dia 20, no site oficial da Prefeitura de Garanhuns, a lei na íntegra, bem como modelos para preenchimento dos requerimentos, visando auxiliar os interessados em participar da Bolsa Atleta Garanhuns.

Edméa Ubirajara

Reforma trabalhista deve ser votada no Plenário na quarta-feira

abril 21, 2017
Com tramitação em regime de urgência, o projeto de reforma trabalhista (PL 6787/16) deve ser votado na próxima terça-feira (25) pela comissão especial e na quarta-feira (26) no Plenário da Câmara.

O relator da proposta, deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), deve apresentar novo substitutivo, ou seja, uma proposta diferente da que apresentou há duas semanas.

Como parte do acordo que resultou na aprovação da urgência para o projeto, Marinho concordou em aceitar emendas ao texto até o fim da tarde desta segunda-feira (24).

"Nós vamos permitir emendamento, apesar de o regime de urgência retirar essa possibilidade. Nós fizemos um gesto no sentido de que haja emendas ao nosso substitutivo no âmbito da comissão”.

Segundo o deputado, há mais de 200 emendas ao texto, e a ideia é debater e votar um novo substitutivo que será feito em função dessas emendas, sem prejuízo das que ainda poderão ser apresentadas novamente no Plenário.

O regime de urgência para a proposta impede que os integrantes da comissão especial peçam vista do projeto quando for apresentado novo substitutivo, mas deputados de oposição querem debater mais o tema, que altera pontos da Consolidação das Leis Trabalhistas, a CLT.

Para o líder do PT, Carlos Zarattini (SP), o projeto afeta os direitos dos trabalhadores e precisa ser alterado. Uma das medidas criticadas por ele é a regulamentação do chamado trabalho intermitente, modalidade que permite que os empregados sejam pagos por período trabalhado.

"No trabalho intermitente, a pessoa é contratada mas não tem uma jornada definida. Ele vai trabalhar de acordo com o interesse do patrão. Um dia ele trabalha duas horas, outro, 10 outro oito", exemplificou.

Negociado x legislado
O substitutivo apresentado por Marinho prevê que a negociação entre empresas e trabalhadores prevaleça sobre a lei em pontos como parcelamento das férias em até três vezes, jornada de trabalho de até 12 horas diárias, plano de cargos e salários, banco de horas e trabalho em casa.

Também acaba com o obrigatoriedade do imposto sindical e com a exigência de os sindicatos homologarem a rescisão contratual no caso de demissão.

Rogério Marinho nega que o projeto retire direitos dos trabalhadores e afirma que vai modernizar a legislação e permitir a geração de empregos, ao dar segurança jurídica aos empresários e colocar na formalidade trabalhadores sem carteira assinada.

Manifestações
Para o deputado Alessandro Molon (Rede-RJ), a semana deverá ser de confrontos no Plenário. “Não vamos aceitar calados a retirada de direitos dos trabalhadores, a pior de todas desde a aprovação da CLT, em 1942, nas palavras de juízes procuradores do Trabalho”.

O líder do governo no Congresso, deputado André Moura (PSC-SE) defendeu as manifestações, desde que pacíficas, e disse que os protestos não vão atrapalhar as votações da reforma trabalhista e da reforma da Previdência, que, segundo ele modernizam a legislação.

"As manifestações, desde que sejam ordeiras, pacíficas, são importantes e nós apoiamos porque elas servem, acima de tudo, para abrir o diálogo. O que não aceitamos são as manifestações que não são ordeiras e pacíficas, mas de baderneiros, de mal-educados, que não respeitam a democracia. Não iremos com isso nos curvar ao que eles querem. Muito pelo contrário". 

Agência Câmara de Notícias

Secretaria de Saúde realiza ações para o Dia Nacional de Combate à Hipertensão

abril 21, 2017
Foto: David Mayer
O Núcleo de Assistência à Saúde da Família (Nasf) da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Arcoverde começa nesta segunda-feira, dia 24, as ações em homenagem ao Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, com atividades de conscientização sobre o tema. O dia D é comemorado em 26 de abril. De acordo com o Caderno de Atenção Básica do Ministério da Saúde, a hipertensão afeta de 11% a 20% da população adulta com mais de 20 anos.
As ações serão realizadas em várias unidades de saúde da cidade, com palestra interativa sobre Alimentação Saudável, aferição de pressão arterial e teste de glicemia. O principal objetivo da campanha é mostrar à população a importância de aferir a pressão arterial com regularidade e incentivar hábitos de vida mais saudáveis. Os principais sintomas da hipertensão são: dor de cabeça, dor na nuca, tonturas, enjoos e falta de ar.
“Entre os principais fatores que podem levar a hipertensão está o sobrepeso e obesidade, a má alimentação (muito consumo de sal), o sedentarismo, o tabagismo e, em alguns casos, o fator hereditário (indivíduos com pais hipertensivos têm 30% de chances de também ser hipertenso)”, destacou a secretária de Saúde, Andreia Britto.
Seguem os dias e os locais das Unidades Básicas de Saúde (UBSF) da Prefeitura de Arcoverde, onde haverá as atividades de combate a hipertensão.
DATA/ LOCAL
24/04 – UBSF Costa Leitão (Tamboril), às 8h.
24/04 – UBSF Carlos Bradley (Salão Paroquial da Igreja do São Geraldo), às 8h.
25/04 – UBSF Aneide Fernandes (Cohab 1), às 8h.
25/04 – UBSF Boa Vista, às 8h.
26/04 – UBSF Severiano de Brito (Caraíbas), às 8h.
26/04 – UBSF Neuza Pacheco (Centro), às 8h.
27/04 – UBSF Cidade Jardim, às 8h.
27/04 – UBSF Nelson Luciano (Barragem), às 8h.
28/04 – UBSF Luiz Almeida de Souza (Sucupira)
ASCOM

Coco de roda vai embalar o bairro do Carmo neste sábado

abril 21, 2017
Quem aprecia um bom coco de roda tem uma ótima oportunidade neste fim de semana. A cidade de Olinda recebe no sábado, dia 22, às 20h30, a Noite do Coco na Praia. O evento será realizado no bairro do Carmo, nas proximidades dos Correios. O acesso é gratuito e a realização é de Pacheco Cantador numa parceria com a prefeitura e a União Olindense do Coco de Roda Pernambucano.
Os cânticos serão entoados pelo Mestre Gervásio do Coco, Dona Nininha, Mestre Arnaldo do Coco, Edmilson do Coco, Lu do Coco do Pneu, Mestre Pacheco Cantador, Xeu do Coco, Grupo do Coco do Cocar, Willy Peixe do Coco e a Resposta, Dona Biata do Coco, Rinaldo. Quem canta ou toca o Coco de Roda também pode se tornar mais uma atração. O evento é realizado  uma vez por mês no mesmo local.
O Coco de Roda é uma dança tipicamente nordestina, que tem nas suas raízes a união da cultura africana com os povos indígenas do Brasil. As cantorias trazem nas suas letras a história do povo brasileiro e são ritmadas por instrumentos de percussão, como ganzá, surdo, pandeiro e triângulo, além dos tamancos que se assemelham aos cocos quebrados. Na Marim dos Caetés, o compasso da dança faz parte da união que cmpõe a musicalidade da cidade. No carnaval deste ano, por exemplo, o Polo Selma do Coco foi dedicado ao ritmo.
ASCOM

Polo alternativo no Espaço Colunata descentraliza shows do IV Dominguinhos

abril 21, 2017
Foto: Aquilles Soares

Descentralizando as apresentações do IV Viva Dominguinhos, o palco localizado no Espaço Colunata reúne diversos artistas que compõem o cenário local; durante a sexta-feira (21) e o sábado (22), das 10h às 18h, 18 apresentações sobem ao Palco Canta Dominguinhos, situado na avenida Santo Antônio.  A tradição do espaço é de enaltecer os ritmos nordestinos, atendendo as expectativas do público que também vai poder conferir homenagens ao ilustre garanhuense que dá nome à festividade.

Atraindo turistas e fã clubes de toda região, o palco no Centro da cidade já trouxe vários artistas consagrados, entre eles a Banda de Pífanos Zé do Estado, de Caruaru; o sanfoneiro e parceiro musical de Dominguinhos, Gennaro; e o cantor, Rogério Rangel. “Sempre recebemos um grande público no Palco Colunata e acredito que este ano não será diferente, a grade de programação está repleta de artistas locais que complementam a proposta do evento e certamente atendem ao que espera a população”, afirma a secretária de Turismo e Cultura, Neile Barros.

O forrozeiro garanhuense Nando Azevêdo possui mais de dez anos de carreira e apresenta-se pelo terceiro ano consecutivo no polo nesta sexta-feira (21); reafirmando o espaço destinado aos artistas locais. “Tocar no Colunata sempre gera uma expectativa boa. Além de atrair fãs, o palco também traz turistas e familiares. E este ano estaremos levando um estilo misto, que une o melhor do forró pé-de-serra e da vaquejada”, declarou.

Levando a diversidade que engloba os ritmos regionais, outra atração local que se apresenta no sábado (22), o cantor e compositor, Rogério Diniz, prepara o repertório que conta com a música autoral “Viúva Melodia”, uma homenagem ao sanfoneiro José Domingos de Morais. “Nosso som une elementos de maracatu, baião e coco. Para o show preparamos uma mistura com pegadas de pé-de-serra, usando sanfona e percussão. É uma honra tocar e ser da mesma terra de Dominguinhos, que é um ícone reconhecido internacionalmente”, disse o artista que há 17 anos está à frente do projeto Rogério e os Cabras.

Nesta edição, as atrações da sexta-feira (21) são: Valdir Marino, Os Coroas do Forró, Forró do Xeeh, Orquestra Sanfônica, Quero Xote, Juliano do Acordeon, Verônica, Nando Azevedo e Amanda Back. Já no sábado (22), é a vez do cantor Ivan Maceió, Mateus Cordeiro e Deivinho, Rogério e Os Cabras, Michelly dos Anjos, Forró Pesado de Garanhuns, Banda Seu Januário, André Macambira, Andrezza Formiga e Roberto Cruz.

Aquilles Soares
Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.