Featured

8/Arcoverde/custom

Mundo Livre e S/A e Nando Cordel se apresentam no Carnaval de Arcoverde

fevereiro 19, 2017
Foto: Divulgação

O Secretário de Turismo e Eventos de Arcoverde, Albérico Pacheco, divulgou atrasvés das redes sociais nesta domingo, que a Prefeitura de Arcoverde divulga nesta segunda-feira , 19 de fevereiro a programação do Carnaval Folia dos Bois, que esse ano homenageiaComo já se tornou praxe, todo ano se pergunta se terá Carnaval em Arcoverde..

Segundo o secretário eis a programação confirmada até o presente momento:

Sábado de Carnaval
20h00: Desfile do tradicional BLOCO DO ZÉ PEREIRA, que há mais de 40 anos desce as ladeiras do São Geraldo em direção à Praça da Bandeira, arrastando uma animada multidão, acompanhada de bonecos, orquestra de frevo e, claro, os bois, ursos e similares que formam a nossa virtuosa fauna carnavalesca.
21h00: Na chegada a Praça da Bandeira, o bloco será recepcionado pela ORQUESTRA SUPER OARA (Orquestra Arcoverdense de Ritmos Americanos), a Rainha das Orquestras Brasileiras e grande HOMENAGEADA DO CARNAVAL DE 2017 DE ARCOVERDE.
22h30: Entra em cena uma dos melhores grupos de música alternativa do país, o pernambucano MUNDO LIVRE S/A, sob o comando do virtuose FRED ZERO QUATRO, grande parceiro do imortal Chico Science na criação do ritmo manguebeat.
A partir do domingo 26, teremos acontecem os tradicionais desfiles oficiais da FOLIA DOS BOIS, que neste ano de 2017 homenageia o carnavalesco Jimmy Webb de Oliveira Souza.

Domingo dia 26, a partir das 20h:

- Desfile dos Ursos em Folia
- Desfile das troças do Grupo de Acesso da Folia dos Bois.


Segunda dia 27, a partir das 20h:
- Desfile das Troças do Grupo I da Folia dos Bois


Terça dia 28, a partir das 16h:

- Desfile das Troças do Grupo Especial da Folia dos Bois.


Foto: Divulgação

O que não foi dito por ele, mas que você sabe por aqui em primeira mão é que o cantor e compositor Nando Cordel também estará no Carnaval de Arcoverde. Ele se apresenta na terça-feira , dia 28. E nós vamos mostrar tudo a você.

Amannda Oliveira

Município de Pedra recebe ações de acesso a terra e alimentos da Secretaria de Agricultura

fevereiro 19, 2017
Foto: Secretaria de Agricultura de PE

Em continuidade a execução de ações com vistas ao desenvolvimento da zona rural do Estado, o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, esteve no município de Pedra, entregando um conjunto de ações de acesso a terra e para garantia da segurança alimentar e nutricional da população. As entregas, que aconteceram na presença do prefeito Osório Filho e demais autoridades, têm investimento de cerca de R$ 600 mil, e vão beneficiar mais de 3,5 mil pessoas.

Na Fazenda Pedra D’Água, 30 famílias de agricultores receberam das mãos do secretário Nilton Mota e do presidente do Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco (Iterpe), Paulo Lócio, a planta individualizada da terra, permitindo assim o registro das referidas escrituras. A posse dos títulos individuais permite investimentos para melhoria da produção e renda dos trabalhadores.

Com uma área total de 499,7309 hectares, o imóvel rural foi adquirido coletivamente em 2001 pela Associação dos Trabalhadores do Sítio Veneza e Região, por meio do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF). Com o empenho dos agricultores, o financiamento de 20 anos foi quitado em 2016, quatro anos antes do prazo contratual pelos trabalhadores.

“São ações como essa que fazem a diferença na vida das pessoas, garantindo cidadania e segurança jurídica à população. Demonstra ainda a capacidade do governador Paulo Câmara de superar as adversidades, fazendo ajustes fiscais e firmando parcerias para promover o desenvolvimento em todas as regiões do Estado”, afirmou o secretário Nilton Mota.

A parceria firmada com a gestão municipal de Pedra também resultou na assinatura dos termos de adesão aos programas de Aquisição de Alimentos – PAA Leite, com distribuição de 600 litros de leite por dia, e de Aquisição de Alimentos com Doação Simultânea – PAA Alimentos, que prevê a distribuição de 32 mil quilos de alimentos, adquiridos de 30 agricultores.

Estiveram presentes o presidente do IPA, Gabriel Maciel; o vice-prefeito de Pedra, Messinho; o ex-prefeito Francisco Braz; os secretários municipais Luiz Henrique Leite (Agricultura); Socorro Ferreira (Ação Social); Kelder Lira (Obras); ; o presidente da Câmara de Vereadores de Pedra, Gó; os vereadores Leandro; Riva; Tinan e Alzirinha; além do presidente da Associação de Moradores da Pedra D’Água, Rinaldo Bispo Bezerra.

Cecília Araújo

Data e Tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2017 são lançados oficialmente em Pernambuco na prévia carnavalesca no município de Garanhuns

fevereiro 19, 2017

O lançamento estadual oficial da data e tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) será durante o desfile da troça carnavalesca científica “Com Ciência na Cabeça e o Frevo no Pé”.  A troça que tem mais de uma década de fundação desfilará pelo quarto ano consecutivo em Garanhuns, mantendo a tradição de ser realizado na tarde da quarta- feira que antecede o carnaval (22 de fevereiro de 2017).


O desfile da troça tem por finalidade política de interiorização dos programas de divulgação científica e da cultura pernambucana, e desde 2015 foi realizado com exclusividade na cidade de Garanhuns, quebrando a tradição dos anos interiores de outros percursos de Recife e Olinda.

Todos os bonecos gigantes da troça são feitos em homenagens a cientistas, como por exemplo: Albert Einstein, Galileu Galileu, Santos Dumot, Milton Santos, César Lattes, dentre outros. Segundo o Espaço Ciência (maior museu interativo de ciência da américa latina e responsável estadual pela organização da SNCT), estarão  disponíveis para  2017: 6 bonecos gigantes para animar a prévia carnavalesca de Garanhuns ao som da Orquestra Manoel Rabelo.

O trajeto previsto para este ano é o retorno ao percurso de 2014 que é o seguinte:

1) Avenida Bom Pastor (saindo da UFRPE/UAG);
2) Rua Julia Brasileiro;
3) Rua Joaquim Tenório Vaz;
4) (antiga) Rua Mato Grosso do Norte (rua da ADUFERPE );
5) Rua Inácio Correia de Melo;
6) Rua São Miguel;
7) Rua Nogália Lima
8) Rua Augusto Calheiros (Colégio Artur Maia);
9) R. Doutor Dourado;
10) Rua Orlando E. Wanderley;
11) Siqueira Campos (Sec. de Educação);
12) Av. Santo Antonio (terminando no Espaço Colunata).
 
CONHEÇA MAIS DA HISTÓRIA DA TROÇA:


A primeira troça carnavalesca de ciência foi criada com o propósito de divulgação da ciência em 2005, oriunda da parceria entre: a SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), CECINE, Espaço Ciência, Prefeituras de Recife e Olinda, dentre outros órgãos, teve seu primeiro desfile durante o encerramento de uma reunião regional da SBPC em Recife que coincidiu com a semana pré-carnavalesca no campus da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) com a participação de: Frevioca, Rei Mono, Rainha do Carnaval e tendo como o primeiro boneco da troça - Albert Einstein, pois era o ano do centenário da teoria da relatividade. A escolha do nome foi feita por meio de um concurso via internet realizado pela secretaria regional da SBPC em Pernambuco, no qual mais de 200 internautas nacionais e internacionais votaram nos aproximadamente 30 nomes sugeridos. No ano seguinte, já com o nome da troça escolhido “Com Ciência na Cabeça e Frevo no Pé”, houve o desfile oficial no Recife Antigo em 22 de fevereiro de 2006. 

Nos anos anteriores, há cada ano um cientista é homenageado com boneco-gigante como: Albert Einstein; Galileu Galilei; Marie Curie; Leite Lopes; Milton Santos; Charles Darwin; Paulo Freire; César Lattes; Naíde Teodósio, dentre outros sempre levando alegria e folia pelas ruas de Olinda e Recife durante as prévias carnavalescas.  Desde 2005, alguns desses bonecos são levados para reuniões anuais da SBPC, estando presente na Conferência RIO + 20 e já foram ilustrados em um cartão natalino da União Europeia de Ciências. Quebrando a tradição desse percurso de Recife e Olinda, pela primeira vez na história, a troça veio ao interior pernambucano em 2014 como uma política de interiorização dos programas de divulgação científica.  

Amanda Maciel

Bloco "Mulher de Todos os Dias" reverencia o frevo de bloco e a ciranda em Caruaru

fevereiro 19, 2017

A tarde do sábado, 18, ficou mais bonita com o colorido das fantasias que tomaram conta do centro de Caruaru. O Bloco Mulher de Todos os Dias levou crianças, jovens, adultos e idosos à Rua dos Expedicionários para saudar os festejos de Momo. A primeira atração foi o grupo de terceira idade do Sesc, que desfilou a saudade dos antigos carnavais. "É muito bom relembrar os bons tempos do Carnaval de Caruaru", afirmou o aposentado Dorgival Melo.
Em seguida, foi a vez da orquestra de frevo dar o ritmo da festa. A boneca gigante, símbolo do Bloco, de roupa nova e colorida, representava todas as mulheres que, no dia a dia, lutam para criar os filhos e, ao mesmo tempo, cuidar da vida profissional. "Esse é o Carnaval da resistência, simbolizado por todas nós, mulheres, que não nos rendemos às dificuldades e ainda temos energia para brincar Carnaval", disse a idealizadora do bloco, a deputada estadual Laura Gomes.
No palco montado na rua, foram realizadas as homenagens. A jornalista Jaciara Fernandes, o bloco afro Ilê Dandara e o colunista Carlos Pinheiro foram os homenageados desta edição, que marcou os 10 anos desde o primeiro desfile. "O Mulher de Todos os Dias é resultado da teimosia e persistência de Laura Gomes para resgatar o Carnaval de Caruaru. Participo desde o primeiro ano e fico muito feliz ao ver que aquela semente germinou e hoje as ruas estão tomadas de foliões, somando-se a outras prévias na Cidade", atestou.
Homenagens feitas, hora de abrir alas para a ciranda na voz inconfundível de Lia de Itamaracá, que se apresentou pela primeira vez em Caruaru. "Fiquei muito feliz com o convite e com a receptividade dos caruaruenses. Eles mostraram que são bons também nos passos da ciranda com lindas rodas que se formaram nesta tarde de sábado", destacou a cirandeira.

Pedro Neto

Prefeitura de Arcoverde realizou seletiva de Bois para o Carnaval

fevereiro 18, 2017

A Secretaria de Turismo e Eventos, realizou em parceria com a LICBOIS – Liga Cultural de Bois e Similares de Arcoverde na noite desta sexta-feira (17), a seleção de bois aspirantes que se inscreveram para participar do Desfile Oficial do Carnaval de Arcoverde 2017.


A seletiva aconteceu na Praça Winston Siqueira (antiga Virgínia Guerra) e participaram  o Boi Arco de Ouro, Boi Flor de Chita, Boi Estrela Dourada, Boi Coração de Fogo, Boi Maluco, Boi Estrela Solar e Boi Dourado. Foram desclassificados por infringir as regras do concurso os bois Estrela de Fogo, Diamante Negro e o Boi Treloso. 


Os vencedores pela ordem e que participarão do chamado grupo de acesso foram:

1.º Lugar - Boi Estrela Solar;
2.º Lugar - Boi Estrela de Fogo;
3.º Lugar - Boi Arco de Ouro;
4.º Lugar - Boi Maluco e;
5.º Lugar - Boi Dourado.


Os bois habilitados participarão do Carnaval Folia dos Bois, que acontece entre 25 e 28 de fevereiro. 
No Grupo Especial desfilam: Boi Fantástico, Boi Diamante, Boi Arcoverde, Boi Estrelinha, Boi da Alegria e o Boi Misterioso.
No Grupo II desfilam: Boi Milagroso, Boi Bola de Fogo, Boi Tutebim, Boi Alado e Boi Valente. Além das participações especiais do Boi Maracatu, Boi Os Boiolas, Boi Cafuné e Urso Pé de Lã. 
Já estão cadastrados para participação nos Grupos de Acesso, o Boi Estrela Maluquinha, Boi Atrevido, Boi Lulu e Boi dos Pernas de Pau. E os seguintes ursos: Urso da Cara Preta, Urso Teimoso, Urso da Peleja, Urso da Bagunça e a La Ursa Rosinha.
Amannda Oliveira



Prévias Carnavalescas vão movimentar sábado em Arcoverde

fevereiro 18, 2017

O fim de semana em Arcoverde promete ser de muito carnaval. É isso aí, a cidade será movimentada por três prévias carnavalescas. Neste sábado acontece pelo quinto ano a Troça do Urso Branco. A concentração acontece às 15h na Rua Joaquim Bezerra no Bairro Cardeal. A prévia terá a participação da Boneca Emília, Urso Pé de Lã e Boi Cafuné. O acesso é gratuito.


No sábado acontece o início do Bloco da Burra que terá dois dias de apresentação. A programação começa no sábado às 21h se apresenta o Coco Pisada Segura, às 22:30h Alexandre Revoredo, às 23:30h u Vieira e Toque Solto sobem ao palco e a 0h30  Plantar e Colher. No domingo acontecem os shows de É o Samba às 17h, às 18h acontece a saída oficial do bloco , às 19:30h acontece uma apresentação em homenagem aos 100 anos do Samba de Coco, às 21h Kleber Araújo sobe ao palco e quem encerra as apresentações é Ednardo Dali.



O Sesc Arcoverde realiza neste sábado , o tradicional Baile Azul e Branco. O evento que começa às 22h terá como atração a Orquestra Perfil. Os ingressos custam R$ 22,00 e R$ 44,00, e os interessados podem adquirir seus ingressos no Sesc, localizado à Rua Capitão Arlindo Pacheco, número 364.

O baile contará ainda com um Concurso de Fantasias.
 

                               


No domingo Arcoverde, ganha mais um bloco. O Bloco Rossi Aqui que homenageia do Rei do Brega Reginaldo Rossi, sai no domingo à partir das 16h. A concentração acontece no Tom Chopim e de lá segue com o Bloco Super Culpados para se encontrar com o Bloco A Burra. As camisas do bloco estão sendo vendidas ao valor de R$ 35,00, mas quem não quiser adquirir pode ir fantasiando de brega ou de Reginaldo Rossi. O cantor Hugo Araújo também estará presente e promete entoar os sucessos do Rei. 

Faça sua programação e caia na folia. 

Amannda Oliveira

Noite para os Tambores Silenciosos inicia semana pré-carnavalesca em Olinda

fevereiro 18, 2017
Foto: Passarinho/Prefeitura de Olinda
Com o propósito de manter a tradição dedicada à religiosidade de culturas afro e os seus ancestrais, a 16ª Noite para os Tambores Silenciosos de Olinda acontece na próxima segunda-feira (20), reunindo dez maracatus nação e reverenciando o Mestre Roberto Nogueira, do Maracatu Nação de Luanda. A cerimônia de louvação, que será comandada pelo Mestre Afonso Aguiar, do Maracatu Leão Coroado, Patrimônio Vivo de Pernambuco, é realizada pela Associação dos Maracatus de Olinda (Amo Cultural), contando com o apoio do Governo de Pernambuco, por meio da Fundarpe.
O ato de louvação se inicia a partir das 20h, com concentração na Praça de São Pedro, de onde o cortejo seguirá pela rua Prudente de Morais, Quatro Cantos, Rua do Amparo, Largo do Amparo, Ladeira do Bonsucesso, até chegar a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos. Estarão participando o Maracatu Leão Coroado, Maracatu Nação Camaleão, Maracatu Nação Badia, Maracatu Nação Axé da Lua, Maracatu Nação de Luanda, Maracatu Nação Maracambuco, Maracatu Nação Pernambuco, Maracatu Nação Estrela de Olinda, Maracatu Nação Tigre e o Maracatu Almirante do Forte, convidado especial desta edição.
Ao logo do trajeto, batuques de tambores e cânticos engrandecem o ritual. Já na Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, cada um dos maracatus participantes cantará algumas loas, dando espaço para o próximo, até a chegada do último quando se reúnem para realização do ritual religioso que começa a 00h00, com cantos africanos entoados pelo zelador de santo. Durante a cerimônia, a frente da igreja é banhada de perfume e, ao final, acontece um dos momentos mais emocionantes da cerimônia, o rufar dos tambores que permanecerão em silêncio durante a celebração, acompanhados da já tradicional queima de fogos.
Serviço:
16ª Noite para os Tambores Silenciosos de Olinda
Quando: Segunda-feira, 20 de fevereiro
Concentração: às 20h, nos Quatro Cantos, Sítio Histórico de Olinda, de onde o cortejo seguirá em direção ao Largo do Rosário dos Homens Pretos, no bairro do Bonsucesso.
Acesso gratuito
Fundarpe

Divulgado trailer de "Sandy Wexler"

fevereiro 18, 2017
A Netflix divulgou o trailer de Sandy Wexler que tem Adam Sandler como produtor musical com clientes excêntricos que descobre o talento da cantora Courtney Clarke (Jennifer Hudson) e acaba se apaixonando por ela. A história será ambientada em Los Angeles durante os anos 90.
O lançamento do filme acontece no dia 14 de abril.

Amannda Oliveira

Na semana do aniversário da Semana de Arte Moderna de 22, saiba tudo sobre o evento

fevereiro 18, 2017
Nesta semana, completam-se 95 anos da realização da primeira Semana de Arte Moderna que aconteceu no Brasil. A Semana de 22 foi um grande marco na nossa cultura. Ela representa uma ruptura nos nossos padrões culturais e a busca por uma linguagem nacional. Para esclarecer tudo sobre este assunto, Eduardo Baez, professor de História da Arte do Stoodi - startup que fornece videoaulas, plano de estudos e monitorias transmitidas ao vivo - responde a 5 perguntas sobre o tema:

1. O que foi e o que representa a Semana de Arte de 22?
A Semana de Arte de 22 foi um momento da cultura brasileira em que um grupo de artistas resolveu romper com a cultura vigente da época - a cultura da burguesia cafeeira, muito voltado para os valores estrangeiros. Ela representa a busca de uma representação cultural genuinamente brasileira. Naquela época, a cultura brasileira era fortemente influenciada pelo o que a gente chama de anglicismos (influência da Inglaterra) e o francesismos (influência da França) - que já havia acabado porque se tratava de um momento pós-Primeira Guerra Mundial.

2. Onde ela aconteceu?
A semana de 22 aconteceu no Theatro Municipal de São Paulo com o intuito justamente de mostrar essa cultura brasileira, nacional, buscando a raiz dessa cultura das mais variadas formas de expressões: pintura, escultura, literatura, poesia e música. O Theatro Municipal não é escolhido à toa. Ele era o centro do encontro da burguesia do café, dessa cultura europeia. Tanto que ela causa escândalo. É algo que para cultura da época era realmente uma ruptura e uma nova forma de expressão cultural.

3. Podemos dizer que foi um sucesso? 

Ela vai ser um grande marco não na semana em si, mas nos seus desdobramentos posteriores da cultura. Por isso que ela acaba se tornando uma referência na cultura brasileira a partir, justamente, de 1922. A Semana de Arte Moderna foi fortemente rechaçada, as críticas nos jornais eram muito fortes, sobretudo pelos críticos de artes - um dos grandes críticos da Semana de 22 e do Modernismo foi o Monteiro Lobato, que vai considerar aquilo coisa de 5ª categoria e vai chamar de lixo.

4. Quais foram as influências para a Semana de Arte Moderna e para o modernismo no Brasil?
Um bom exemplo de influência é o próprio Pablo Picasso que vai influenciar o povo da Semana de Arte de 22. Podemos dizer que as vanguardas europeias de um modo geral, com o futurismo, o dadaísmo, o expressionismo e o cubismo, por exemplo. A gente também considera a Semana de Arte Moderna como um marco do início do modernismo, mas não podemos esquecer também de uma obra muito importante chamada “Paulicéia Desvairada”, de Mário de Andrade, que simboliza esse começo - também publicada em 1922.

5. Quem foram os destaques da semana e qual era o contexto histórico?
Nós temos o Mário de Andrade e o Oswald de Andrade - que foram os grandes idealizadores. Temos também Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti. Na música, o Heitor Villa Lobos. Além deles, temos a A Pagu (Patrícia Galvão), Anita Malfatti, Victor Brecheret e outros. Foi um momento de grande turbulência política no Brasil, a política do Café com Leite está vivendo uma crise, pois haviam outras oligarquias questionando o sistema político. Tanto que vai ter o Golpe de 30 para derrubar o Governo Oligárquico e as vanguardas chegam no Brasil, como o futurismo italiano, o cubismo, o expressionismo.

Sobre o StoodiLançado em 2013, o Stoodi é uma startup de educação a distância que oferece videoaulas, plano de estudos e monitorias transmitidas ao vivo. A plataforma nasceu com o objetivo de democratizar o acesso à educação no país, oferecendo uma plataforma intuitiva e acessível para facilitar a vida dos estudantes em fase pré-vestibular e de alunos do ensino médio que precisam de reforço escolar. A plataforma já conta com aproximadamente 220 mil cadastrados e 17,5 milhões de aulas assistidas, que correspondem a 3,2 milhões de horas de conteúdo.

Rômulo Madureira
Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.