Coletivo pernambucano participa de festival internacional de artes cênicas


O coletivo de artistas pernambucanos La Sangre Mamute Produções participa da programação do Festival Internacional de Artes Cênicas Knots.Nudos. Nós, a ser realizado na cidade  Mogi das Cruzes, em São Paulo. O evento, que terá sua quarta edição nos dias 15 a 29 de janeiro, reúne grupos teatrais de diversos países com o objetivo de promover o intercâmbio cultural entre atores e público e tem entrada gratuita.

Fundado em 2011, na Alemanha, Knots.Nudos.Nós é um festival de teatro realizado a cada dois anos. Como não há competição, o evento foca na interação entre os participantes, além de promover um intercâmbio de experiências que possibilita a criação de laços e elos artísticos.

La Sangre Mamute Produções é o único grupo nordestino no festival e apresenta duas performances. A primeira delas é Eu não sou cachorro, uma encenação do texto homônimo do escritor paulista Fernando Bonassi. Nesse espetáculo, Igor atua como o homem que se confunde com um cachorro. A partir disso, dá vida a um personagem em conflito consigo mesmo e com o mundo capitalizado e autoritário, que as põe em zona marginal, coloca em prática seus experimentos de atuação, que referenciam o Teatro do Absurdo quanto ao uso de atemporalidades e não-lugares.

Já a performance Desobediência Civil aborda o discurso de um ser que revela o estranhamento do mundo em que vive. Esse processo de performatividade e narração se irradia nas interpretações de Igor Lopes.  A sonoplastia (Dan Ortega) e a projeção (Túlio Vasconcelos) têm viés, ao mesmo tempo, anarquista e underground, fazendo assim uma crítica ao homem e à forma como ele está destruindo a natureza e a ele próprio em nome de riqueza e poder. O humano é canibal e facilmente corrompido pelo poder e se entrega com o intuito de acumular riquezas. Esses são alguns dos temas de interesse do coletivo, que traz também em sua bagagem referencial e inquietação para refletir e questionar a moral e os tabus sociais, únicos preceitos para causar a construção de um novo trabalho.

“Apresentar meu coletivo, nossa pesquisa em teatro e representar o Nordeste” são motivos que estimulam Igor a participar desse evento que vem se consolidando no cenário mundial.

Ficha técnica Eu Não Sou Cachorro
Texto: Fernando Bonassi
Direção: Igor Lopes
Elenco: Igor Lopes
Trilha Sonora: Dan Ortega
Produção: Túlio Vasconcelos
Realização: Coletivo La Sangre Mamute

Ficha técnica Desobediência Civil
Texto: Igor Lopes
Direção: Igor Lopes, Dan Ortega e Túlio Vasconcelos
Elenco: Igor Lopes
Trilha Sonora: Dan Ortega
Projeção: Túlio Vasconcelos
Produção: Túlio Vasconcelos
Realização: Coletivo La Sangre Mamute

Alastrado Produções Artísticas

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.