Tropa do Balacobaco leva RE TE TEI a Portugal


Após encantar Pernambuco com o espetáculo RE TE TEI " RETETEI", a Tropa do Balacobaco alça voo e desembarca em terras portuguesas levando na bagagem o seu mais novo espetáculo de Mamulengos, uma brincadeira de Rua que conta a história do menino Chico Catolé, moleque treloso, brincalhão e inventador de conversa que foi criado pelas trigêmeas cantadoras de samba de coco; Maria da Paz, Maria das Dores e Maria da Luz.

A Trama se passa no Sertão Pernambucano, onde Chico depois de contar muita mentira e criar uma confusão danada para as suas mães encontra-se com um misterioso velhinho - O Papa Figo, figura central de uma lenda contada por gerações naquele lugar. 

Num jogo de perguntas e respostas entre o velho e o mentiroso, dá-se o ocorrido: o Papa Figo ganha a disputa e como recompensa segue seu caminho levando o fígado de Chico, mas antes de partir enfeitiça o menino transformando-o num aprendiz de Papa Figo.
Com a ajuda dos seus amigos, o menino acha uma possível solução para reverter esse quadro... É então que começa a sina de Chico Catolé pra desfazer o RE TE TEI em que se meteu

O grupo teatral arcoverdense foi selecionado para participar da I Feira de Teatro de Bonecos e Formas Animadas em FAFE –PT, na qual representará Arcoverde mostrando suas raízes, cantando o Samba de Coco e falando das lendas pernambucanas numa brincadeira de Mamulengos.
Para conseguir chegar tão longe o grupo contou com a parceria do SESC Pernambuco no através do Gerente de Cultura, José Manoel Sobrinho, SESC Arcoverde com Andréa Marquim e o Supervisor de Cultura Pedro Gilberto, a Diretoria de Cultura da Prefeitura de Arcoverde, na pessoa de Gustavo Azevedo, Nerianny Cavalcanti, Zirleide Monteiro, Djanira Britto , a Associação Estação da Cultura e a todos os amigos que emanaram boas energias para que essa viagem fosse possível.
E assim mais uma vez Arcoverde vai para o mundo mostrando toda sua força e arte. E nos ficamos aqui orgulhosos por mais essa conquista.

Boa viagem minha gente.

Amannda Oliveira

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.