Foto: Reprodução Instagram


Morreu na noite de ontem, aos 56 anos, a pastora e cantora gospel Ludmila Ferber que lutava contra um câncer de pulmão desde 2018.

Ex-integrante do grupo Koinonya - com o qual gravou 8 discos - Ludmila partiu para a carreira solo em 1996, quando lançou seu primeiro álbum, Marcas. De lá pra cá, lançou mais 12 discos de estúdio, sendo o último Um Novo Começo, de 2020. Ela ainda tem nove álbuns ao vivo lançados e um disco dedicado a canções infantis, Meu Amigão do Peito.

Ludmila, que foi casada de 1987 a 2014 com José Antônio Lino, deixa as três filhas do ex-casal: Daniela Ferber Lino, Ana Lídia Ferber Lino e Vanessa Ferber Lino.

Uma mulher que pregou com a vida e nos ensinou muito sobre fé. Que Deus a receba de braços abertos pastora. Obrigada por tudo que nos ensinou.

Amannda Oliveira