Blog Falando Francamente com Amannda Oliveira - Arcoverde se vê por aqui , "Feto" é jogado na rua em Arcoverde e carro o esmaga. , Arcoverde ,

"Feto" é jogado na rua em Arcoverde e carro o esmaga.

maio 15, 2018 Amannda Oliveira - Falando Francamente 1 Comments


Postagem corrigida em 15 de maio.

Meus queridos leitores, ontem a noite recebemos a informação de que um bebê teria sigo jogado dentro de um saco plástico na rua e que um carro havia passado por cima dele esmagando. Na hora e pelas imagens que recebemos dava a entender que se trataria de um recém nascido e isso nos chocou em demasiado, como a a todos que foram ao local.


Hoje cedo, lendo o que a equipe do BIESP que foi acionada pela Central de Operações do 3º BPM para se deslocar até o local da ocorrência, vimos se tratar de um FETO, jogado em via pública. Testemunhas informaram a polícia que antes do veículo passar, o feto aparentava estar sem vida. Diante do exposto, o local foi isolado até a chegada da Polícia Civil, e estes quando chegaram viram que não foi possível constatar se realmente era um feto, sendo encaminhado para o IML.
O fato é que eu me adiantei a notícia ao citar a palavra bebê e queria me desculpar com voê meu leitor. O faço sem o menor constrangimento uma vez que como ser humano a gente erra. 

Por outro lado, algumas questões aqui levantadas devem sim nos fazer refletir. Nos dias atuais temos tido casos de crianças com 12, 13 anos. Adolescentes e mulheres que engravidam e que por se acharem incapazes de criar um filho , agem por desespero fazendo um aborto. Outras muitas vezes até tem os filhos, mais os abandonam em lixos, nas portas de alguém, simplesmente sumindo. A nossa sociedade está doente!Doente por falta de amor, de acolhimento, de oportunidade , doente pelo excesso de violência que nos adoece a alma. 
A camisinha é distribuída gratuitamente nos postos de saúde e por que os homens não as usam? Por que não se evita? Por que as mulheres não são informadas nos espaços públicos que se não tiverem condições ou desejo de criar um filho ela pode colocá-lo para a adoção? O projeto de Lei 5850/16 permite que você avise no hospital que não quer o seu bebê, que você deseja que ele seja criado por outra família e o encaminhe para a adoção. Tuto dentro da lei.

Vou trazer algumas informações que são importantes a esse respeito. Mais eu precisava corrigir as informações de ontem a noite pra vocês.

Amannda Oliveira

Um comentário:

  1. O Esporte News e o Repórter GM está chocado com essa barbaridade!

    ResponderExcluir