quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Entrevista com Ayrton Montarroyos

Foto: Beto Figueiroa


O recifense Ayrton José Montarroyos de Oliveira Pires, tem 20 anos, e começou a interpretar aos 11. Fez seu primeiro show profissional aos 16, após divulgar um vídeo caseiro com uma versão de “Olhos nos olhos”, de Chico Buarque na web.

Considerado uma das grandes promessas da nova safra da mpb, Ayrton vem cantando os amores e desamores com delicadeza e densidade poética raras à sua geração e ganhou destaque nacional ao se apresentar recentemente na audições as cegas da quarta temporada do The Voice Brasil, onde possui Lulu Santos como professor.

O Blog Falando Francamente entrevistou essa promessa pernambucana que vem nos enchendo de orgulho e conquistando o país.

Confira:

Falando Francamente - Você começou a sua carreira cantando em saraus aos 11 anos de idade levado por uma tia. Imaginou que chegaria tão longe? 

Eu só queria cantar. Nunca pensei onde isso me levaria ou quais benefícios me traria. Cantar bastava.

Falando Francamente -  A sua primeira inspiração musical foi Dalva de Oliveira. Como aconteceu o seu primeiro contato com a obra de Dalva?

Ainda muito novo na casa da minha avó. Os CDs estavam todos lá. Bastava que eu os ouvisse. Eu sempre adorei MPB. 

Falando Francamente - Em Pernambuco, quais as suas referências? Existe alguma história especial que você lembre?

Pernambuco é a referência! Lembro do orgulho que sentia ao caminhar pelas ruas do Recife Antigo, acompanhando os blocos carnavalescos da cidade. Sinto um amor enorme pela minha terra.  

Falando Francamente - Você é um defensor ferrenho da MPB, como você analisa o momento atual da MPB? 

É um momento de mudança. Tudo é cíclico. A música não foge à regra. Sinto-me feliz de poder ver surgir grandes vozes e mentes geniais

Falando Francamente -  Como foi ser indicado ao Grammy Latino em 2013 por sua participação no disco "Herivelto Martins - 100 Anos" e não ter condições de viajar para a premiação? 

Foi engraçado e inesperado. Eu realmente não tinha como ir à premiação. Não tinha documentos necessários e uma passagem para os EUA não é tão em conta assim (risos). 

Falando Francamente -  Como é ter Lulu Santos como professor?

Lulu é um ídolo que consegue ser extremamente popular sem perder a alta qualidade da sua obra. O que dizer de uma entidade como ele? Me sinto grato por poder aprender e por poder beber nessa fonte de boa água. 

Falando Francamente - Jogo rápido de palavras:

Música - Necessidade. 

Pernambuco - O que sou. 

Cauby Peixoto - Mestre. 

Família - O que construo. 

Falando Francamente - Deixe uma mensagem aos nossos leitores. 

Falando Francamente, agradeço a oportunidade de poder dividir um pouquinho do que sou e penso com vocês. Obrigado pelo carinho e peço que continuem me acompanhando nas redes sociais e na vida! 

Um beijo grande a todos.

Falando Francamente - Muito obrigada Ayrton! E muito boa sorte no The Voice Brasil.

Amannda Oliveira

Um comentário: