Um novo modelo de gestão será implantado na Compesa, a partir desta segunda-feira (2). Com o objetivo de dar mais celeridade nas decisões, aproximar os gestores da direção da empresa e, com isso, melhorar a prestação dos serviços da companhia, mudanças foram realizadas na estrutura organizacional em toda a empresa. No novo organograma, foi realizada a fusão da Diretoria do Agreste e Matas com a do Sertão, que agora passa a se chamar Diretoria Regional do Interior, sob o comando do engenheiro civil Leonardo Selva, que anteriormente ocupava a Diretoria do Agreste e Matas.

Com a reestruturação, a função de superintendente foi extinta e dez das 14 unidades de negócios da Compesa do interior do Estado passarão por mudanças em seus quadros gerenciais. Com sede em Arcoverde, a Gerência do Moxotó terá um novo comando. O doutor em química industrial Augusto César vai substituir o engenheiro civil Denis Fernando, que passou dois anos na função, e agora foi transferido para a GNR Mata Norte.

Com experiência de 18 anos de Compesa, Augusto César era gerente na região vizinha, do Pajeú, onde foi responsável, entre outras obras, pela melhoria na oferta de água em Serra Talhada. Na GNR Moxotó, ele pretende aperfeiçoar os serviços da companhia.“Este novo cargo é um desafio para a minha carreira profissional. Espero poder estar sempre melhorando as condições de trabalho de todos que fazem a gerência. Vamos trabalhar duro, em equipe, com o objetivo de servir aos clientes de maneira eficiente”, destacou.

ASCOM