sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Bancários cruzam os braços na próxima terça-feira


Os bancários de instituições públicas e privadas de Pernambuco paralisam suas atividades a partir da próxima terça-feira (30). A decisão de decretar a greve foi tomada durante uma assembleia geral realizada na noite desta quinta-feira (25) na sede do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, no bairro da Boa Vista, Centro do Recife. A categoria não tem previsão para voltar às atividades.

Em decisão quase unânime entre os 300 trabalhadores presentes, a categoria rejeitou a proposta da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) de aumento salarial de 7%. Há mais de um mês os bancários negociam a elevação do piso salarial de R$ 1.648,12 para R$ 2.979,25 e aumento salarial de 12,5%.

A partir desta sexta-feira (26) o sindicato começará a informar à população sobre a paralisação para evitar que a greve seja considerada ilegal. "Espero que a greve já comece forte e que os bancos atendam a nossa pauta o mais rápido possível para que a população também tenha o mínimo de transtornos", comenta Jaqueline Mello, presidente do sindicato.

"A categoria volta a se reunir na segunda-feira (29) para definir as ações do início da greve. Se até lá recebermos novas propostas estaremos dispostos a analisar", disse Jaquelline Mello. Além da questão salarial, a pauta de reivindicações também inclui contratação de mais funcionários, mais garantias de seguranças e diminuição das tarifas bancárias.

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário