sábado, 7 de janeiro de 2012

Empresas que divulgarem pesquisas eleitorais em 2012 sem registro na justiça eleitoral serão multadas


o Tribunal Superior Eleitoral , determinou que em 2012 qualquer pesquisa realizada por empresa ou entidade no que concerne a intenção de voto, só poderá ser divulgada mediante registro na justiça eleitoral. A norma que está em vigor desde o dia 1.º de janeiro e pode ser encontrada em destaque no site da instituição está na Resolução 23.364/2011, do TSE, dispondo a respeito das eleições municipais de 2012. A normativa destaca que a Justiça Eleitoral aperfeiçoou o sistema informatizado do registro das pesquisas e a sua divulgação.

Um link de acesso ao Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais estará disponível a partir do próximo domingo (08),  nos sítios dos Tribunais Eleitorais e contará com manual eletrônico com orientações às entidades sobre como proceder. 

As empresas que publicarem ou divulgarem qualquer pesquisa sem o devido registro pagarão uma multa.

É obrigatório informar na divulgação dos resultados de pesquisas, atuais ou não, o período de realização da coleta de dados, a margem de erro, o número de entrevistas, o nome da entidade ou empresa que a realizou e, se for o caso, de quem a contratou, e o número de registro da pesquisa.

Os responsáveis pela divulgação de pesquisa sem o prévio registro das informações previstas na resolução ficarão sujeitos à multa que varia de R$ 53.205,00 a R$ 106.410,00. Há outras penalidades e multas estabelecidas na resolução, no tocante à divulgação de pesquisa fraudulenta, entre outros ilícitos.

As entidades e empresas que realizarem pesquisas de opinião pública relativas às Eleições 2012 ou aos candidatos devem registrar cada pesquisa na Justiça Eleitoral a partir do dia 1º de janeiro e até cinco dias antes da divulgação de cada resultado.

Essa exigência foi estabelecida pelo art. 33 da Lei nº 9.504/1997 e pormenorizada na Resolução – TSE nº 23.364/2011.

Para o registro de pesquisa, é obrigatória a utilização do Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle), disponível nos sítios dos Tribunais Eleitorais, sítios nos quais também pode ser acessado o manual pertinente ao sistema.

O registro de pesquisa será realizado apenas via internet, pelas entidades e empresas que realizarem pesquisas de opinião pública relativas às Eleições 2012.
O registro de pesquisa poderá ser realizado a qualquer tempo, independentemente do horário de funcionamento do Cartório Eleitoral.

Na hipótese de a pesquisa abranger mais de um Município, o sistema gerará registros individualizados por Município e será criado um protocolo para cada localidade.
As informações e os dados registrados no sistema de pesquisa ficarão à disposição de qualquer interessado, pelo prazo de 30 dias, nos sítios dos Tribunais Eleitorais.

Informações: TSE

Nenhum comentário:

Postar um comentário