Garanhuns promove Semana do Meio Ambiente


A partir da próxima segunda-feira (5), a Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente de Garanhuns irá realizar a Semana do Meio Ambiente 2017. A extensa programação gratuita, segue até a quinta-feira (08) com o principal objetivo de conscientizar a comunidade sobre a importância de preservar os diferentes tipos de ecossistemas.
Na programação estão incluídas atividades como o plantio de três espécies arbóreas na praça Mosteiro de São Bento; doação de mudas; exposição dos trabalhos do concurso de Educação Ambiental do CODEMA-2016; exposição de fotografia e ‘radio drama’ da ONG Econordeste; equipe da Unidade de Educação Ambiental da CPRH promovendo jogos ambientais para alunos do ensino fundamental II e realização de atividades de educação Ambiental em três escolas da rede municipal. Serão contempladas as Escolas Municipais Letácio de Brito Pessoa, Oscar Francisco e Miguel Arraes.
“Estaremos no primeiro dia do evento na Praça de Mosteiro São Bento mostrando aos populares a importância do meio ambiente e da preservação dele, além de maquetes ilustrando as bacias e as nascentes do nosso município. Faremos também o plantio de algumas mudas. É uma semana de extrema importância para a conscientização. Convidamos toda a população para participar”, explicou o secretário municipal de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, João Paulo Sobral. Entre tantas outras atividades, ainda está inclusa exposição de trabalhos do concurso de Educação Ambiental do CODEMA.  
LEGISLAÇÃO– A Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, por meio do Departamento de Meio Ambiente, disponibiliza uma lista com espécies indicadas para o plantio em áreas calçadas. Uma avaliação antes de implantação de qualquer espécie se faz necessária para que a árvore não venha a entrar em conflito com os elementos já instalados. Deve-se respeitar as disposições das árvores variando segundo as dimensões e condições que cada local oferece, as ruas, as praças, os taludes, os lotes vagos, os terrenos baldios, os quintais, os taludes de corte e aterro, os estacionamentos, os canteiros centrais de ruas e avenidas e as margens de corpos d’água (natural e artificial).
MEIO AMBIENTE - Esta data foi criada pela Organização das Nações Unidas – ONU, em 15 de dezembro de 1972, durante a Conferência de Estocolmo, na Suécia.
A proposta desta data é chamar a atenção de todos os governos mundiais sobre a necessidade de implantar medidas emergenciais para prevenir a degradação do meio ambiente.
Gabriela Ramos

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.