Vacinação contra febre aftosa segue em Garanhuns até a próxima quarta-feira


A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, segue convocando todos os produtores do município, para participar da campanha de vacinação contra febre aftosa, que segue até a próxima quarta-feira (31). De acordo, com dados da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro) os índices de declaração da vacina ainda estão muito baixos, sendo essencial uma mobilização dos produtores para que sejam cumpridas as metas de vacinação locais.
O intuito é manter a cobertura vacinal mínima de 90% dos rebanhos e propriedades nos municípios do Estado, para cumprir o objetivo de manter o status sanitário de Pernambuco como área livre de febre aftosa com vacinação. Todavia, até a última terça-feira (23), apenas 36,38% do total de produtores realizaram a declaração da vacina, o que corresponde a 31,36% do total do rebanho do município.
Para realizar a vacinação, os produtores devem comprar a vacina e imunizar todos os bovinos e bubalinos que tenham a partir de um dia de vida. E posteriormente, realizar a declaração da vacina no escritório da Adagro. Os produtores têm até 15 dias após a data da compra da vacina para realizarem a declaração. Os mesmos devem comparecer ao escritório com a estratificação dos animais vacinados (sexo e idade), além de informar animais nascidos e mortos após a última declaração (novembro/2016).
De acordo com o secretário de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, João Paulo Sobral, a ação é de grande importância para que os bovinos sejam imunizados e o município possa atingir as metas de vacinação previstas. “Seguimos com essa conscientização junto aos produtores rurais que acompanhamos, convocando todos para que em caráter preventivo essa doença seja contida em nossa região”, declarou o titular da pasta.

Aquilles Soares

Um comentário:

  1. Para quem deixar de vacinar o seu rebanho e declara nos Escritórios de Apoio as Comunidades (adagro) paga hoje uma multa de R$ 180,00.

    Esse alerta serve para todos aqueles pequenos produtores que procuram os sindicatos ruais e o Banco do Nordeste para fazerem os empréstimos bancários e depois que conseguem os mesmos não procuram mais a Adagro e assim ficam inadimplentes.

    Este ano em Lagoa do Ouro estou exigindo que cada um assine o comproante de vacinação evitando assim que no amanhã venha algum deles e diga,eu declarei o rebanho e a culpa é do servidor da Adagro.

    Foi uma luta minha em 2010 quando trabalhei na Regional de que aquele produtor que compra um tubo de 10 doses pudesse vacinar em parceria com outros produtores tirando xerox na nota fiscal principalmente aqueles que tem 1,2,3,4 e 5 animais evitando se jogar no mato as doses de vacinas que sobram.Quando essas doses devem ser ingeridas nos bovinos.

    As bezerras que nasceram nos meses de dezembro,janeiro e fevereiro já devem vir acompanhadas dos atestados de brucelose.Elas devem ser vacinadas de 03 a 8 meses.Nem pode ser antes e nem depois do prazo máximo.

    ResponderExcluir

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.