Turismo registra recorde em cadastro de estabelecimentos do setor

O número de estabelecimentos cadastrados no Ministério do Turismo registrou recorde desde o lançamento do Cadastur, sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor. O instrumento já soma mais de 58,2 mil empresas certificadas, um aumento de 4 mil cadastros em relação a 2015, o equivalente a 7%.
As atividades que cresceram de forma mais significativa no Cadastur foram os acampamentos turísticos, com crescimento de 41%, passando de 29 empresas em 2015 para 41, em 2016; e transportadoras turísticas, que tiveram um crescimento de 11,5% no número de certificados este ano, passando de 8.517 para 9.496 empresas cadastradas.
“O crescimento no número de cadastros demonstra que mesmo em um ano desafiador como o que passamos, o turismo continua crescendo. Temos mais empresas, o que significa mais oportunidades e mais empregos para os brasileiros”, comemorou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.
De acordo com a Lei Geral do Turismo, agências de turismo, meios de hospedagem, guias de turismo, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos e parques temáticos devem se certificar no MTur. Nesses casos, o cadastro é obrigatório. Para estabelecimentos como restaurantes, parques aquáticos, marinas, centros de convenções e locadoras de veículos, o cadastro é opcional.
Para se cadastrar, é preciso acessar o site do Cadastur. Para as empresas existem várias vantagens: apenas os cadastrados podem participar de programas e projetos do governo federal, como programas de qualificação e apoio em eventos e feiras. Outro benefício é o acesso a financiamento por meio de bancos oficiais e, no caso de agências e operadoras, as empresas cadastradas podem reduzir de 25% para 6% o imposto sobre remessas ao exterior.
SEGURANÇA PARA OS TURISTAS – O cadastramento obrigatório é uma segurança para os turistas que não querem ter problemas em suas viagens. Os certificados emitidos aparecem em uma lista que pode ser consultada pelos turistas – por estabelecimentos e também por pessoa física. No caso dos guias de turismo, por exemplo, é possível checar o nome dos profissionais e quais os idiomas certificados.
Ministério do Turismo

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.