Mesatenistas de Arcoverde ganham destaque em nível estadual e nacional

Até início de 2016, Arcoverde estava fora da lista de cidades berço de 
atletas em Tênis de Mesa.


Mas recentemente a história mudou, graças a dois nomes, Leonardo Franklin Tenório Cordeiro, com 12 anos, e Bernardo Franklin Tenório Cordeiro, com apenas 8 anos.

Apesar de muito jovens, e apenas há dois anos que praticam a modalidade, os irmãos já são referência quando o assunto é o esporte. Bernardo foi campeão Pernambucano na categoria pré-mirim no ano de 2016 e Leonardo é uma das grandes revelações no país, tendo sido convocado para seletiva nacional da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa – CBTM, que acontece em 09 de janeiro deste ano, na cidade de São Paulo. O evento conta com a participação de apenas doze atletas do Brasil, os quais disputam duas vagas para representar o país em eventos internacionais.

Os resultados chegam depois de muito esforço e trabalho conjunto com orientador, o seu pai, Sérgio Franklin, que também é mesatenista desde 2006, com algumas medalhas conquistadas. “Não é fácil praticar um esporte quando sua cidade não possui clubes e campeonatos naquela categoria. É preciso muita determinação e paixão para seguir em frente”, destacou Sérgio.

Segundo ele, existe um ritmo de treinos e uma cobrança saudável para que Bernardo e Leonardo aprimorem suas habilidades. Os treinos acontecem em sua residência, em Arcoverde, e são feitos apenas entre os três atletas, com frequência de quatro vezes por semana, com duração de duas horas. Para melhorar a preparação e enfrentar outros bons mesatenistas, vez por outra, os jovens viajam 126 km até o Clube Ibra de Caruaru, onde são filiados.

Para Isnália Janaína, mãe das crianças, é preciso ter uma disciplina rígida, principalmente para não prejudicar os estudos. “Se ser esportista já implica em uma rotina intensa de atividades, somar à rotina de exercícios o dia a dia dos estudos pode ser exaustivo. Por isso procuramos manter um hábito de estudos e treinos, para que eles conciliem as atividades de forma que nenhuma seja prejudicada”, explica.

Ainda sem patrocinadores, os custos para as viagens e inscrições em campeonatos acontecem a partir de recursos de empresas da família, como a Simpharma e o Laboratório Acerta. “Não medimos esforços para estimular o esporte entre nossos filhos. Além de uma vida saudável, a prática desenvolve habilidades socioemocionais, como disciplina, responsabilidade e trabalho em equipe, fundamentais para o sucesso, desde a escola ao mundo profissional, bem como para toda a vida. O tênis de mesa é considerado um dos esportes mais completos por desenvolver fortemente a capacidade física e mental dos seus atletas. E todos esses benefícios  já podem ser sentidos no cotidiano de nossos filhos”, destaca Sérgio.

Cheio de orgulho, Sérgio está confiante de que num futuro muito próximo, novos títulos possam ser somados às grandes conquistas alcançadas até aqui. Além de novas medalhas e troféus, há outros projetos que começam a nascer, como a criação do Instituto Irene Cordeiro, com a proposta de difundir não só o Tênis de Mesa, mas também outras modalidades esportivas.

A realidade de acesso ao esporte vivenciada por Leonardo e Bernardo deverá se estender às crianças e adolescentes de Arcoverde. O projeto nasce diante das próprias dificuldades encontradas para o estimulo às atividades. Os dois jovens, ao lado do pai, estarão entre os orientadores dos futuros atletas arcoverdenses. Atitude que prova que entre os muitos benefícios, o esporte estimula os sentimentos solidários e as atitudes cidadãs.

Elba Quirino

Um comentário:

  1. Devem ser netos de Sérgio Cordeiro Franklin, filho de seu Antonio Franklin, ex prefeito de Arcoverde. Estudei com Sérgio no Cardeal, anos 1960. Boa sorte aos dois meninos e aos pais.

    ResponderExcluir

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.