Polysom relança “Brazilian Octopus”


Hermeto Pascoal (flauta), Douglas de Oliveira (bateria), Cido Bianchi (piano), Lanny Gordin (guitarra), Alemão (violão e guitarra), João Carlos Pegoraro (vibrafone), Carlos Alberto de Alcântera Pereira (sax e flauta) e Nilson da Matta (baixo). Essa era a sensacional formação do Brazilian Octopus, grupo que lançou um único disco, homônimo, em 1969. Com esse time de gigantes, o álbum certamente é um dos mais importantes da discografia nacional. Esse grande e raro clássico volta às lojas em vinil de 180 gramas pela coleção “Clássicos em Vinil”, da Polysom.

O disco traz 12 faixas e foi produzido por Mario Albanese e Fausto Canova. As canções são de autoria dos músicos do Brazilian Octopus e de outros parceiros como Rogério Duprat, Cyro Pereira, Edu Lobo, Tereza Souza e Gabriel Fauré. A sonoridade transita por vários ritmos brasileiros, sendo experimental e psicodélica, transmitindo diversas sensações no decorrer dos 29 minutos do álbum.

ASCOM

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.