Governo de Pernambuco lança editais do Funcultura 2015/2016

       Quase R$ 40 milhões vão incentivar ainda mais a produção cultural independente


Apesar da conjuntura adversa, o ano de 2016 vai começar com a certeza de ainda mais incentivo à arte e à cultura no estado. Nesta quarta-feira, 30/12, o Governo de Pernambuco lançou, através da Secult-PE e da Fundarpe, os editais Geral e Audiovisual do Funcultura 2015/2016. Aproximadamente R$ 40 milhões do orçamento público para a Cultura do Estado serão destinados a projetos de artistas e grupos culturais de todas as expressões culturais e linguagens artísticas.

Cada vez mais consolidado como o principal mecanismo de fomento à cultura pernambucana, o Fundo Estadual de Incentivo à Cultura, nosso Funcultura, atingiu em 2015 um recorde ao executar mais de R$ 31 milhões em pagamentos a produtores independentes. Volume superior em 25% comparativamente ao que foi empenhado e pago em 2014.

Para a presidente da Fundarpe, Márcia Souto, “chegamos ao final de 2015 com um resultado bastante positivo no que diz respeito à aplicação dos recursos do Funcultura, são projetos que têm efetivamente contribuído para a visibilidade dos nossos artistas, para a preservação das nossas tradições culturais e incrementado a economia da cultura em todo o estado”, comemorou.

Também como estratégia para aperfeiçoamento do Fundo, as minutas destes novos editais foram alvo de debates e construção coletiva com todos os segmentos artísticos do estado, que participaram no começo deste mês do Ciclo de Escutas do Funcultura.

“Além disso, estamos em pleno processo de diálogos públicos para formulação do projeto de lei que vai ampliar o Sistema de Incentivo à Cultura, prevendo, entre outras ações, o fortalecimento do Funcultura, com destinação mínima anual de R$ 35 milhões, o que a lei atual não garante”, complementou o secretário estadual de Cultura, Marcelino Granja.

SOBRE O EDITAL DO FUNCULTURA GERAL 2015/2016

O edital Funcultura Geral vai incentivar com R$ 20 milhões a produção, a difusão, a pesquisa e a formação nas seguintes linguagens artísticas e áreas culturais: Artesanato; Artes plásticas e gráficas; Circo; Cultura popular; Dança; Design e Moda; Fotografia; Gastronomia; Literatura; Música; Ópera; Patrimônio; e Teatro. Existe ainda a categoria Artes integradas, que possibilita projetos que promovam o diálogo entre diferentes linguagens.

Confira AQUI o Edital e seus anexos

As inscrições de projetos acontecem de 26 de fevereiro a 28 de março de 2015. As propostas poderão ser protocoladas, no horário das 8h às 12h, na sede da Fundarpe, ou enviadas pelos correios, via SEDEX, desde que postado até o dia 28 de março.
Podem participar da seleção pública pessoa física ou jurídica, desde que inscrita regularmente no Cadastro de Produtor Cultural (CPC). Cada produtor deve atualizar seu cadastro anualmente para garantir a participação nos editais. Os interessados no edital Funcultura Geral 2015/2016 podem se inscrever ou atualizar o CPC até 22 de fevereiro, na sede da Fundarpe ou com envio de documentos pelos Correios.
O presente edital é também resultado de discussões ocorridas no Ciclo de Escutas Setoriais, que contou com a participação de artistas e produtores entre os dias 14 e 16 de dezembro deste ano. A partir do diálogo com a sociedade civil, linhas de ação passaram por atualizações.

SOBRE O EDITAL FUNCULTURA AUDIOVISUAL 2015/2016

O 9º edital do Programa de Fomento à Produção Audiovisual de Pernambuco vai contemplar com 19 milhões e 980 mil reais projetos de obras e eventos do setor nas categorias de longa-metragem, curta-metragem, produtos para televisão, difusão, formação, pesquisa, preservação, cineclubismo e Revelando os Pernambucos.  Do total de recursos, R$ 9.980.000 milhões são oriundos do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA/Ancine, e se destinam exclusivamente ao incentivo de projetos em longa-metragem e produtos para TV.
O prazo de inscrição será de 1º de fevereiro a 19 de fevereiro de 2016. Interessados em participar devem se inscrever ou atualizar o Cadastro de Produtor Cultural (CPC) até 1º de fevereiro de 2016.

Confira AQUI o Edital e seus anexos

Diante das discussões realizadas no âmbito do Conselho Consultivo do Audiovisual de Pernambuco, em consonância com a Lei do Audiovisual, este 9° edital inova no aspecto do respeito à igualdade de gênero, raça e e inclusão das diferenças. Será obrigatória a aprovação de pelo menos um projeto, em cada uma das categorias, para negros/as, indígenas e pessoas com deficiência, que atuem nas funções de direção ou roteiro no caso de projetos de obras audiovisuais e qualquer membro da equipe principal nas demais categorias deste edital. Além disso, também será aprovado neste edital pelo menos um projeto, em cada uma das categorias de obras audiovisuais, com mulheres atuando em funções de direção ou roteiro.

Confira outras novidades do edital:

- Na categoria longa-metragem, as etapas de produção e finalização serão realizadas conjuntamente e a suplementação pelo FSA  será possível também à subcategoria distribuição.
- Projetos da subcategoria "Programa de TV" poderão pedir suplementação ao FSA.
- Criação da subcategoria Doc PE Infantojuvenil, que selecionará um projeto de Obra Seriada de Documentário (com três episódios de até 26 minutos), com característica crossmídia e temática voltada para o público infanto-juvenil, cuja veiculação prioritária será destinada à Empresa Pernambuco de Comunicação (EPC).
- Assim como já acontece na categoria Revelando os Pernambucos, a partir desta edição a categoria Desenvolvimento do Cineclubismo terá sua competição regionalizada. Ou seja, os projetos vão concorrer dentro da sua Região de Desenvolvimento (RD). Essa iniciativa visa ampliar a criação e a manutenção de cineclubes nas diversas RDs do Estado, possibilitando a ampliação de espaços alternativos de difusão.

CAPACITAÇÕES PARA O EDITAL DO AUDIOVISUAL

Com o objetivo de orientar realizadores e produtores audiovisuais, cineclubistas, pesquisadores e educadores que desejam elaborar projetos para a seleção pública, a Secult-PE e a Fundarpe darão início já no próximo dia 6 de janeiro ao Ciclo de Capacitações para o edital do Audiovisual.  Produtores de outras linguagens também serão contemplados com um calendário ampliado, que será divulgado em breve.

Calendário:
06/01 - Recife (RMR)
Local: MEPE – Museu do Estado de Pernambuco
Endereço: Av. Rui Barbosa, 960 - Graças, Recife - PE

07/01 - Olinda (RMR)
Local a definir

08/01 - Ipojuca (RMR)
Local a definir

11/01 - Igarassu (RMR /Núcleo Norte)
Local a definir

12/01 - Carpina (Mata Norte)
Local a definir

13/01 - Goiana (Mata Norte)
Local: Auditório da Agência de Desenvolvimento de Goiana Endereço: Rua 05 de maio, 48, Centro, Goiana.

14/01 - Palmares (Mata Sul)
Local a definir

15/01 - Caruaru (Agreste Central)
Local a definir

16/01 - Taquaritinga do Norte (Agreste Setentrional)
Local a definir

18/01 - Garanhuns (Agreste Meridional)
Local: Auditório da Secretaria de Educação de Garanhuns
Endereço: Praça Tavares Correia, 52 Centro - Garanhuns

19/01 - Belo Jardim (Agreste Central)
Local: Secretaria de Turismo Cultura e Eventos de Belo Jardim
Endereço: Rua Coronel Antônio Marinho, 260 – Ayrton Maciel - Belo Jardim

20/01 - Pesqueira / Xukurú do Ororubá 
Local a definir

21/01 - Arcoverde (Sertão do Moxotó)
Local: Auditório do Ponto de Cultura Orquestra Sertão.
Endereço: Av. Zeferino Galvão, Centro, n°642, 1° Andar do CECORA

22/01 - Serra Talhada (Sertão do Pajeú)
Local a definir

23/01 - Afogados da Ingazeira (Sertão do Pajeú)
Local a definir

25/01 - Salgueiro (Sertão Central)
Local a definir

26/01 - Petrolândia (Sertão de Itaparica)
Local a definir

27/01 - Indígenas - Entre Serras Pankararu
Local a definir

28/01 - Araripina (Sertão do Araripe)
Local a definir

29/01 - Petrolina (Sertão de São Francisco)
Local: Espaço cultural Janela 353
Endereço: Rua Antônio Santana Filho, n°353. Centro.

ASCOM

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.