Mulher compra brinquedo Chinês e encontra carta de funcionário escravo pedindo socorro

agosto 31, 2013
Trabalho-escravo-na-China
Fonte: HuffinPost e Daily Mail

Em outubro de 2012, Julie Keith, [foto abaixo] uma mãe do Oregon (EUA), enregelou-se: num pacote para Halloween “made in China” que ela comprara na loja Kmart havia uma carta escondida meticulosamente. Grafada num inglês trêmulo, a mensagem [foto abaixo] falava de um cenário de horror. O autor estava preso num campo de trabalho forçado no norte da China, trabalhando 15 horas diárias durante toda a semana sob o látego de desapiedados guardas.

“Se você comprar este produto, por favor, mande esta carta para a Organização Mundial de Direitos Humanos” – leu Julie.“Milhares de pessoas na China, que sofrem a perseguição do Partido Comunista, ficar-lhe-ão gratas para sempre”.

THE OREGONIAN

Entrementes, o autor – Zhang, 47 – conseguiu sair da fábrica-prisão. Como muitos outros ex-detentos, ele descreveu o universo carcerário socialista marcado por abusos estarrecedores, espancamentos frequentes e privação de sono de prisioneiros acorrentados semanas a fio em posições doloridas. A morte de colegas por suicídio ou doenças fazia parte do pão quotidiano.
Corrobora-o Chen Shenchun, 55, que passou dois anos num desses campos: “Às vezes os guardas puxavam-me pelos cabelos, colavam na minha pele barras ligadas à eletricidade, até que o cheiro de carne queimada enchia a sala”, disse.
A maioria dos escravos-operários de Masanjia foi presa por causa de sua crença. Mas o regime os mistura com prostitutas, drogados e ativistas políticos. As violências se concentram naqueles que se recusam a renegar sua fé.
Nem os responsáveis do campo de concentração, nem a Sears Holdings, dona da loja Kmart, quiseram atender pedidos de entrevista. Julie repassou a carta para um órgão governamental americano, mas a administração Obama adota uma atitude de subserviência diante das práticas inumanas chinesas. Por exemplo, um funcionário disse que o esclarecimento deste caso levaria muito tempo. O que equivale mais ou menos dizer que ele nunca será esclarecido. 
Tradução: Instituto Plinio Corrêa de Oliveira

Fonte: Liberdade Econômica

IFPE abre seleção para 63 vagas nos campi de Pernambuco

agosto 31, 2013
O Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) abre inscrições para 63 vagas em cargos de nível fundamental, médio, intermediário e superior para as unidades do órgão na Reitoria, no Recife, e nos campi espalhados por todo o estado. Os salários variam de R$ 1.547,23 a R$ 3.138,70 além de auxílio-alimentação, transporte e saúde. O edital foi publicado na sexta-feira (30) no Diário Oficial da União e pode ser conferido através deste link.
Nos campi Recife, Afogados da Ingazeira, Barreiros, Belo Jardim, Caruaru, Garanhuns, Ipojuca, Pesqueira e Vitória de Santo Antão há vagas de nível médio para assistente em administração, técnico de tecnologia da informação, contabilidade, tradutor e intérprete de Linguagem Brasieira de Sinais (Libras), assistente alunos, técnico em música e técnico de laboratório nas áreas de química, mecatrônica, segurança, eletroeletrôinca, eletrotécnica e enfermagem.
Para o nível superior, há vagas de pedagogo, auditor, nutricionista, bibliotecário documentarista e administrador nos campi de Afogados da Ingazeira, Barreiros, Belo Jardim, Caruaru, Pesqueira e Vitória. Caruaru ainda oferece vaga de auxiliar de biblioteca para nível fundamental.
As inscrições podem ser feitas entre 10 e 20 de setembro somente pelo site da instituição. Será cobrada uma taxa de inscrição de R$ 50 para cargos de nível fundamental, médio e intermediário e R$ 80 para nível superior. O pedido de isenção para candidatos que não tiverem condições de pagá-la poderá ser feito nos dias 10 e 11 de setembro através de requerimento disponível na página do Instituto. É preciso comprovar a baixa renda da família e estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).
As provas serão aplicadas no dia 3 de novembro das 9h às 12h. Os candidatos para os cargos de de técnico de laboratório, técnico de tecnologia da informação, técnico em música e tradutor e intérprete de Linguagem de Sinais (Libras) também vão se submeter a testes práticos.
O concurso terá dois anos de validade, prorrogável por outros dois. Mais informações pelo telefone (81) 2125-1613.
Informações: ASCOM

Tribunal de Contas da União suspende pregão de R$ 600 para aquisição de cisternas

agosto 31, 2013


O Tribunal de Contas da União (TCU) está investigando suspeita de irregularidades em uma licitação para a compra de 187,5 mil cisternas de plástico no valor de quase R$ 600 milhões.

De acordo com o TCU, a concorrência pode ter favorecido uma multinacional que acaba de ser inaugurada na cidade de Petrolina (PE), cidade do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho.

O pregão para a escolha das empresas que vão fornecer as cisternas para seis estados é conduzido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), empresa vinculada ao Ministério da Integração Nacional. No mês passado, uma medida cautelar do TCU mandou suspender o pregão e apontou o risco de “grave lesão ao Erário” se as empresas vencedoras fossem contratadas pela Codevasf.

Informações: O Globo

População de fumantes cai 20% em seis anos no Brasil

agosto 31, 2013

A parcela da população brasileira acima de 18 anos que fuma caiu 20% nos últimos seis anos, de acordo com dados inéditos do Ministério da Saúde. A pesquisa Vigitel 2012 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), do Ministério da Saúde aponta que 12% da população brasileira fuma, enquanto que em 2006 o índice era de 15%. Apesar da queda, a frequência maior permanece entre os homens: o número passou de 19% (2006) para 15% (2012). Entre as mulheres o índice caiu de 12% (2006) para 9% (2012). Nesta quinta-feira (29), é comemorado no país o Dia Nacional de Combate ao Fumo.

“A queda do número de fumantes no país comprova que o Ministério da Saúde, em parceria com a sociedade, está no caminho certo ao investir em ações de prevenção e controle e também na oferta de tratamento para os fumantes. Estamos investindo cada vez mais na formulação de políticas públicas que promovam, continuamente, a melhoria da qualidade de vida da população brasileira”, completa o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

FUMO PASSIVO – Outro bom motivo para comemorar é a redução na frequência de fumantes passivos no domicílio, que passou de 12% para 10% em 2012, conforme mostra a pesquisa. Também houve diminuição de fumantes passivos no local de trabalho. O índice passou de 12% para 10%. E continua em queda a frequência de homens que fumam 20 ou mais cigarros por dia 6% para 5%.
Em relação ao número de adultos fumantes por cidade, o levantamento mostra que a capital com a maior concentração é Porto Alegre (RS) com 18%, que também detém a maior proporção de pessoas que fumam 20 cigarros ou mais por dia (7%).
Já a capital com o menor índice é Salvador (BA), onde 6% da população adulta diz ser fumante.

ESCOLARIDADE - A pesquisa mostrou também que o hábito de fumar é maior entre pessoas com até oito anos de escolaridade (16%), quase o dobro da frequência observada entre as pessoas mais escolarizadas (12 anos ou mais), que atinge 9%.


PESQUISA- O Vigitel tem objetivo de medir a prevalência de fatores de risco e proteção para doenças não transmissíveis na população brasileira e subsidiar ações de promoção da saúde e de prevenção de doenças. O levantamento monitorou 45,4 mil adultos residentes em domicílios com telefone fixo em todas as capitais do país.
Uma novidade nesta edição do Vigitel é a atualização dos dados da população de referência levantados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No estudo deste ano foi utilizado o censo demográfico de 2010, e não de 2000. Ao utilizar informações mais atuais, os dados revelam uma população maior, mais escolarizada e também mais idosa.
Em função disso, as análises de tendência foram refeitas para o período de 2006 a 2012 - para todas as variáveis, incluindo o tabagismo – o que explica as possíveis diferenças nos números impressos em anos anteriores.

ENFRENTAMENTO O Ministério da Saúde oferece o Programa Nacional de Controle do Tabagismo (PNCT) criado em 1996 no Sistema Único de Saúde (SUS), que oferta o tratamento contra o fumo no país. Em abril deste ano, o governo anunciou a ampliação do atendimento oferecido pelo programa. O controle do tabaco é uma importante medida de prevenção das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DNCT). O tabagismo – assim como a alimentação não saudável, a inatividade física e o uso abusivo de álcool – está entre os principais fatores de risco para o desenvolvimento de infarto agudo do miocárdio, AVC e câncer.

Esse ano, a adesão ao programa para as equipes de Atenção Básica – feita pelo Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ) – contou com 24.515 equipes inscritas, em 4.371 municípios brasileiros. A meta é reduzir de 15% para 9% a proporção de fumantes na população adulta até 2022.

O Ministério da Saúde investe ainda na ampliação da assistência às pessoas que querem parar de fumar, oferecendo desde o acompanhamento do paciente por profissionais de saúde a medicamentos (entre adesivos, pastilhas, gomas de mascar e o antidepressivo bupropiona).



COMBATE AO TABAGISMO- Outra iniciativa prevista é a capacitação de profissionais em cada unidade, que atenderão quem quer largar o tabaco. A capacitação não abordará somente o tratamento medicamentoso. Incluirá também abordagem comportamental qualificada para incentivar o fumante a prosseguir com o tratamento até o final. O Ministério da Saúde também investe em ações educativas.
O Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento de Doenças Crônicas não transmissíveis prevê o fortalecimento do Programa Saúde na Escola, voltado para prevenção e redução do uso do álcool e tabaco entre crianças e adolescentes.

MORTALIDADE – Estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que as DCNT foram responsáveis por 63% de um total de 36 milhões de mortes ocorridas no mundo em 2008. No Brasil, as DCNT foram responsáveis por 72,4% do total de mortes em 2011, com destaque para doenças do aparelho circulatório, neoplasias e diabetes.
De acordo com a OMS, um pequeno conjunto de fatores de risco responde pela grande maioria das mortes por DCNT como o tabagismo, como câncer, doenças pulmonares e doenças cardiovasculares. Ainda hoje, o uso do tabaco continua sendo líder global entre as causas de mortes evitáveis.


UFRedução de fumantes 
20062012%
Rio Branco/AC20%15%25%
Maceió/AL14%9%36%
Manuas/AM13%8%38%
Macapá/AP17%10%41%
Salvador/BA9%6%33%
Fortaleza/CE16%9%44%
Brasília/DF16%10%38%
Vitória/ES15%9%40%
Goiania/GO13%10%23%
São Luís/MA12%8%33%
Belo Horizonte/MG16%12%25%
Campo Grande/MS14%12%14%
Cuiabá/MT15%11%27%
Belém/PA15%8%47%
João Pessoa/PB14%10%29%
Recife/PE15%12%20%
Teresina/PI15%11%27%
Curitiba/PR18%12%33%
Rio de Janeiro/RJ15%13%13%
Natal/RN13%10%23%
Porto Velho/RO18%12%33%
Boa Vista/RR16%9%44%
Porto Alegre/RS20%18%10%
Florianópolis/SC17%14%18%
Aracaju/SE12%8%33%
São Paulo/SP18%15%17%
Palmas/TO13%9%31%
BRASIL15%12%20%

Informações: Ministério da Saúde


Histórias que ensinam

agosto 31, 2013

Um Apólogo 
Machado de Assis

Era uma vez uma agulha, que disse a um novelo de linha:
— Por que está você com esse ar, toda cheia de si, toda enrolada, para fingir que vale alguma cousa neste mundo?
— Deixe-me, senhora.
— Que a deixe? Que a deixe, por quê? Porque lhe digo que está com um ar insuportável? Repito que sim, e falarei sempre que me der na cabeça.
— Que cabeça, senhora?  A senhora não é alfinete, é agulha.  Agulha não tem cabeça. Que lhe importa o meu ar? Cada qual tem o ar que Deus lhe deu. Importe-se com a sua vida e deixe a dos outros.
— Mas você é orgulhosa.
— Decerto que sou.
— Mas por quê?
— É boa!  Porque coso.  Então os vestidos e enfeites de nossa ama, quem é que os cose, senão eu?
— Você?  Esta agora é melhor. Você é que os cose? Você ignora que quem os cose sou eu e muito eu?
— Você fura o pano, nada mais; eu é que coso, prendo um pedaço ao outro, dou feição aos babados...
— Sim, mas que vale isso? Eu é que furo o pano, vou adiante, puxando por você, que vem atrás obedecendo ao que eu faço e mando...
— Também os batedores vão adiante do imperador.
— Você é imperador?
— Não digo isso. Mas a verdade é que você faz um papel subalterno, indo adiante; vai só mostrando o caminho, vai fazendo o trabalho obscuro e ínfimo. Eu é que prendo, ligo, ajunto...
Estavam nisto, quando a costureira chegou à casa da baronesa. Não sei se disse que isto se passava em casa de uma baronesa, que tinha a modista ao pé de si, para não andar atrás dela. Chegou a costureira, pegou do pano, pegou da agulha, pegou da linha, enfiou a linha na agulha, e entrou a coser.  Uma e outra iam andando orgulhosas, pelo pano adiante, que era a melhor das sedas, entre os dedos da costureira, ágeis como os galgos de Diana — para dar a isto uma cor poética. E dizia a agulha:
— Então, senhora linha, ainda teima no que dizia há pouco?  Não repara que esta distinta costureira só se importa comigo; eu é que vou aqui entre os dedos dela, unidinha a eles, furando abaixo e acima...
A linha não respondia; ia andando. Buraco aberto pela agulha era logo enchido por ela, silenciosa e ativa, como quem sabe o que faz, e não está para ouvir palavras loucas. A agulha, vendo que ela não lhe dava resposta, calou-se também, e foi andando. E era tudo silêncio na saleta de costura; não se ouvia mais que o plic-plic-plic-plic da agulha no pano. Caindo o sol, a costureira dobrou a costura, para o dia seguinte. Continuou ainda nessa e no outro, até que no quarto acabou a obra, e ficou esperando o baile.
Veio a noite do baile, e a baronesa vestiu-se. A costureira, que a ajudou a vestir-se, levava a agulha espetada no corpinho, para dar algum ponto necessário. E enquanto compunha o vestido da bela dama, e puxava de um lado ou outro, arregaçava daqui ou dali, alisando, abotoando, acolchetando, a linha para mofar da agulha, perguntou-lhe:
— Ora, agora, diga-me, quem é que vai ao baile, no corpo da baronesa, fazendo parte do vestido e da elegância? Quem é que vai dançar com ministros e diplomatas, enquanto você volta para a caixinha da costureira, antes de ir para o balaio das mucamas?  Vamos, diga lá.
Parece que a agulha não disse nada; mas um alfinete, de cabeça grande e não menor experiência, murmurou à pobre agulha: 
— Anda, aprende, tola. Cansas-te em abrir caminho para ela e ela é que vai gozar da vida, enquanto aí ficas na caixinha de costura. Faze como eu, que não abro caminho para ninguém. Onde me espetam, fico. 
Contei esta história a um professor de melancolia, que me disse, abanando a cabeça:
— Também eu tenho servido de agulha a muita linha ordinária!

Texto extraído do livro "Para Gostar de Ler - Volume 9 - Contos", Editora Ática 

Destaque da semana. Pernambuco perde o sanfoneiro Duda de Passira

agosto 31, 2013


O destaque da semana vai para a triste notícia da morte do sanfoneiro Duda de Passira ocorrida na última quinta-feira (29), no Hospital da restauração, no Recife, por hemorragia digestiva agravada por uma diabetes.

O nome de Duda da Passira era Julio Nunes Pereira, como o nome artísticos dizia, ele era natural de Passira, e tocava forró pé-de-serra. Com seis discos e mais de dez CDs gravados, em 1991 foi indicado ao Grammy internacional na categoria música regional.

O velório de Duda foi realizado na Câmara de Vereadores de Vitória de Santo Antão, onde amigos , familiares e fãs tiveram oportunidade de se despedir dele neste sábado.

Amannda Oliveira

Raízes Históricas! Pesquisas do Projeto São Francisco revelam que seca existe há 10 mil anos

agosto 30, 2013
O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, e o governador do Piauí, Wilson Martins, visitam, nesta sexta-feira (30), o Museu do Homem Americano, localizado no Parque Nacional da Serra da Capivara, em São Raimundo Nonato (PI). O acervo apresenta a história do homem de 100 mil anos atrás até a chegada do colonizador branco. O Museu é considerado o mais completo e moderno da América do Sul e possui laboratórios de arqueologia, paleontologia, registros rupestres e vestígios orgânicos e cerâmicos.

Parte da exposição é formada por descobertas feitas durante pesquisas arqueológicas nas obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco, que cruza quatro estados brasileiros: Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Dois importantes achados ocorreram desde o início dos estudos, em 2009: que a seca existe há 10 mil anos e a confirmação da convivência entre o homem e a megafauna, composta por animais da era do gelo.

Estudos arqueológicos - A pesquisa arqueológica integra as 38 condicionantes ambientais para a construção da obra. O órgão responsável pela atividade é o Instituto Nacional de Arqueologia, Paleontologia e Ambiente do Semiárido (Inapas), que tem à frente dos estudos a professora e coordenadora do Departamento de Arqueologia e Pós-Graduação em Arqueologia da UFPE, Anne-Marie Pessis. As novas descobertas já possibilitaram vínculos e cruzamentos importantes com as pesquisas da Fundação do Museu do Homem Americano (Fumdham), lideradas pela professora Niède Guidon.

Anne-Marie destaca que os levantamentos propiciados pelo empreendimento aproximaram pesquisadores de diferentes formações, que unem esforços pela investigação científica. Agora, profissionais como físicos, arquitetos e até especialistas em parasitologia estão mais próximos em campo.

Na opinião da arqueóloga do Museu do Homem Americano, Elisabeth Medeiros, é importante que o acompanhamento dos estudos de grandes obras seja realizado por uma instituição científica. “A troca de informações entre as áreas dá uma nova dimensão à arqueologia, antes setorial e, agora, regional”. A pesquisadora salienta ainda que a área das obras do São Francisco é rica em sítios arqueológicos. “Na região de Salgueiro, por exemplo, há vários sítios que podem ser compartilhados e expostos”, conta Elisabeth.

Descobertas - Foi nesta região, mais precisamente na Lagoa Uri de Cima, que os pesquisadores encontraram o esqueleto de uma preguiça gigante, com aproximadamente seis metros de altura. Os ossos, hoje expostos no Museu do Homem, indicam que o animal viveu ali há cerca de 12 mil anos. Até o momento, já foram resgatados mais de 90 sítios arqueológicos ao longo do projeto. A partir dos vestígios encontrados, é possível entender como grupos humanos que habitaram o Brasil integravam-se ao meio ambiente, o que produziam e como se alimentavam.

As descobertas indicam que, há 30 mil anos, a região que hoje sofre com a seca já foi úmida e teve uma vegetação rica, capaz de oferecer alimentos aos animais do período quaternário da megafauna, como preguiças-gigantes, tigre-dentes-de-sabre e tatu-pampaterium. Outra evidência é que, embora a região fosse úmida, há indícios que outros períodos de seca ocorreram no sertão nordestino.

Informações: Ministério da Integração Nacional

14.º Festa das Dálias ganha pôster

agosto 30, 2013

"Valsa das Dálias" é uma imersão no universo das flores características de Taquaritinga do Norte.

A Festa das Dálias, já possui o seu pôster oficial. Desenvolvido pela designer Gi Vatroi, a obra vencedora do Concurso de Pôster – Edição Taquaritinga do Norte é uma imersão no universo das Dálias, que são o símbolo da cidade e dão nome à festa. O pôster, que foi criado em um processo manual, onde a artista utilizou marcadores e papel canson especial A3, para compor a identidade visual da festa que acontece no período de 10 a 15.

A programação ainda não foi divulgada pela Fundarpe.

Amannda Oliveira

Ministério Público cria Comissão de Direitos Homoafetivos e promove encontros regionais

agosto 30, 2013
A mais recente decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região quanto à questão dos direitos homoafetivos reconheceu a união homoafetiva de militar, permitindo que os militares tivessem os seus direitos homoafetivos reconhecidos como os dos civis.
Dentro desse contexto de avanços nos direitos homoafetivos, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), numa ação pioneira, criou a Comissão de Direitos Homoafetivos. A primeira ação da Comissão será a realização de vários encontros sobre os referidos direitos visando promover um debate com toda a sociedade civil para consolidação de um marco nos direitos homoafetivos.

Nos encontros, que vão percorrer o Estado, será discutido o painel Aspectos Políticos, Jurídicos e Sociais do Direito Homoafetivo, sendo o primeiro em Recife, no dia 13 de setembro, no auditório do Banco do Brasil ― av. Rio Branco, 240, Bairro do Recife.

Os convidados do primeiro evento serão o vereador do Recife Jayme Asfora, que abordará o aspecto político; o presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) e conselheiro do Conselho Nacional LGBT, Toni Reis, responsável pelo aspecto social; e o professor universitário e escritor de vários livros sobre a temática, Alexandre Melo Franco Bahia, a cargo do aspecto jurídico.

Os interessados em participar do primeiro encontro devem ser inscrever por meio do link: www.mppe.mp.br/index.pl/encontros_direitohomoafetivo. 

Para o presidente da comissão, promotor de Justiça Maxwell Vignoli, a ideia dos encontros é trazer pessoas com capacidade técnica para tratar dos assuntos. “A Comissão tem a proposta de dar apoio aos promotores de Justiça nessa proposta e também buscar subsídios para atuar na área”, diz. Ele ainda acrescenta que o grupo deverá seguir quatro diretrizes: família (considerando o casamento entre pessoas do mesmo sexo); homoparentalidade (vínculos parentais, adoção, guarda e tutela); procedimentos e políticas públicas; e propor o combate à homofobia.

Mais informações pelo (81) 3182.7411 ou cdh@mppe.mp.br.

Informações: MPPE

Os médicos que envergonham o Brasil

agosto 30, 2013
É com profunda vergonha que se vê a postura de alguns médicos brasileiros nesses dias de chegada dos estrangeiros para o programa Mais Médicos. Se deram ao trabalho de ir a aeroportos vaiar os colegas que aqui chegam para ir onde ninguém vai, mas não vaiam aqueles que usam dedos de silicone nos postos de saúde ou os que batem o ponto e vão para seus consultórios chiques atender a elite ao tempo que recebem do Estado sem trabalhar.


Para os “siliconados” vale a máxima – que tem sua razão – de que se paga mal ou falta estrutura. Mas esquecem que também há postos e hospitais com equipamentos e falta de profissionais para colocá-los a funcionar. Os médicos brasileiros, a cada dia, mostram a vergonha do corporativismo doentio. Mostram que, ao contrário do que querem a todo custo nos fazer pensar, nunca cursaram medicina para ajudar as pessoas, apenas para ter status e riqueza. E uma certa dose de poder político, por que não?

É sabido até pelos pardais urbanos que vivem equilibrado nas fiações elétricas das cidades que os médicos exercem certa influência política em seus pacientes. Tanto que até ameaçar Dilma Rousseff de “receber o troco em 2014” já o fizeram. Sem contar com colocações do tipo “espero que quem apoia a vinda dos cubanos um dia precise de um médico e apareça onde eu atendo”. Além de corporativistas e elitistas, são chantagistas. Vergonha é a melhor palavra para definir boa parte dos médicos brasileiros.

Os que aqui chegam estão obrigados a atender onde os médicos locais não querem. O governo federal jamais os obrigou a ir aos rincões do Brasil. Jamais os obrigou a realizar atenção básica. Ir de casa em casa, conversar com as pessoas, orientá-las a melhorar sua qualidade de vida, mesmo diante de localidades com problemas estruturais que também fazem vergonha.

A soberba ao afirmar que tais médicos – principalmente os cubanos – são incapazes é algo que dói em qualquer pessoa intelectualmente honesta. 107 países recebem ou receberam profissionais de saúde da ilha caribenha. É prática comum ao redor do planeta a importação de médicos. Mas aqui os nossos não aceitam essa premissa. Simulam até preocupação com direitos trabalhistas. Se tivessem alguma preocupação além do status e riqueza, vaiariam – como dito acima – seus colegas que fraudam o erário e não aqueles que chegam para atender os mais pobres.

Esses que vaiam os cubanos não vão às ruas protestar contra médicos estupradores como Roger Abdelmassih, condenado a 278 anos de cadeia por violentar 37 mulheres. Não vão às ruas reclamar da postura dos planos de saúde que negam inscrição a idosos ou quem eles julgam com alto risco de uso dos serviços que afirmam oferecer. Não dão um pio sobre os inúmeros tratamentos que não são cobertos e só descobertos nos corredores dos hospitais. Se quer se indignam com colegas que vão a restaurantes com seus jalecos os entupindo de bactérias e ajudam a adoecer ainda mais os doentes. Tudo para andar nas ruas e as pessoas verem que ali está um médico.

Talvez parte do devaneio psicológico, da mania de grandeza que alguns exalam pelos poros se dê pelo título de doutor, mesmo mal terminado sua graduação. Termo aliás, imposto às pessoas por dom Pedro II a médicos e advogados. Esses profissionais devem ser tratados por esse pronome. Mais um absurdo brasileiro tratado como natural. Doutor é quem fez doutorado.

O comportamento desses médicos apenas reafirma a justeza do programa federal. A elite de branco apenas assina em baixo a intenção do governo federal de garantir atendimento aos mais pobres. Esse é o xis da questão. E aqueles que querem permanecer atendendo em salas com ar-condicionado madames em seus carrões SUV que continuem a fazer. Mas não tem o direito de impedir que os mais pobres tenham atendimento médico.

Vergonha. Essa palavra de oito letras é o que se sente ao ver a reação daqueles que juram de pés juntos dedicar a vida a salvar vidas, mas vaiam aqueles que estão em solo brasileiro para fazer o que eles dizem que fazem, mas ninguém vê.


Texto: Cadú Amaral - Blog do Cadú

Ylana lança a faixa “Calcanhar” na web

agosto 30, 2013

A música “Calcanhar”, parte integrante da trilha sonora do filme “Tatuagem”, é o primeiro single do novo álbum da cantora pernambucana Ylana.
Produzida por Manuca Bandini e Yuri Queiroga, que também assina a produção do primeiro disco da cantora, a faixa conta com a participação do maestro e pai de Ylana, Spok, no sax barítono.

Com um groove cheio de estilo, “Calcanhar” é um convite à dança, embalada pelo suingue da orquestra de sopros e pelos acordes da guitarra de Yuri Queiroga. A música traz uma divertida declaração de amor com "ares regionalistas".

Cantora apresenta o seu primeiro trabalho, em breve.

Para baixar “Calcanhar”, acesse: www.ylana.com.br .

Colaboração: Patrícia Dornelas

Calçada do Parque Euclides Dourado continua em obras

agosto 30, 2013
Incluído entre um dos atrativos turísticos de Garanhuns, o Parque Euclides Dourado é ponto de encontro para as pessoas que praticam as mais variadas atividades físicas. O Governo Municipal, por meio da Secretaria de Serviços Públicos e Obras, vem executando o projeto de reforma de aproximadamente 2.500m² de calçadas desde o mês de abril e deverá entregá-la, por completa, no mês de outubro deste ano.

“Isso já era para ter sido feito há bastante tempo, em decorrência do clima ser muito frio, termos muita chuva, a água ficava acumulada nas calçadas. Enfim, estão de parabéns pela obra”, comentou a bióloga Fátima Santos, que caminhava no pista de cooper do parque na manhã de ontem (28).

O entorno do local, que antes não possuía infraestrutura de calçamento apropriada para os pedestres, agora passa a ter uma nova concepção. Na área de todo o quarteirão estão sendo utilizadas pedras pré-moldadas e sextavadas. Além disso, as calçadas terão rampas em todos os lados para facilitar o acesso de cadeirantes.

Funcionamento – O Parque Euclides Dourado está localizado na Avenida Júlio Brasileiro, no bairro Heliópolis, e funciona diariamente das 5h às 21h.

Informações: Cloves Teodorico

Vereadores do PTB pernambuco se reúnem para reforçar candidatura de Armando Monteiro em 2014

agosto 30, 2013
Os 219 vereadores do PTB, de todas as regiões de Pernambuco, estarão reunidos em Caruaru nesta sexta-feira, dia 30, para um grande encontro com o senador Armando Monteiro, presidente estadual do partido. Na pauta, o fortalecimento do partido, com novas filiações e a formação de chapas proporcionais de deputado federal e estadual para as eleições do próximo ano. Outras lideranças petebistas também devem comparecer.

O objetivo do evento é integrar mais os vereadores na campanha de filiações de novos militantes à legenda. Setembro é a reta final de inscrição para os interessados em disputar mandato em 2014. Os candidatos nas próximas eleições têm que estar filiados a um partido político um ano antes. E este prazo vence no dia 4 de outubro.

Para Armando Monteiro, os vereadores são fundamentais nesse trabalho. “O partido quer mobilizar a base municipal para este processo, com vistas à uma campanha de filiações. O PTB quer filiar novas lideranças, em todo o Estado, para a partir daí podermos formar chapas proporcionais expressivas. Porque nós queremos ter um grande número de candidatos a deputado estadual e federal. Para isto, nós precisamos fortalecer o partido. E nada melhor do que contar com o engajamento e com a participação dos nossos vereadores, que são peças muito importantes na construção dessa proposta do partido”, ressalta o senador.

O PTB é hoje a segunda maior força política do Estado em número de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, deputados estaduais e federais. É por isso que o Encontro de Vereadores, que acontecerá das 8h às 13h, no Maria José Recepções, deverá reunir também outras lideranças e militantes do PTB, a exemplo do empresário Douglas Cintra, suplente do senador Armando Monteiro, e responsável pela organização do evento.

Informações: Alexandre Albuquerque/Divulgação


Criadores devem agendar vacinação contra a brucelose

agosto 30, 2013
A Prefeitura de Arcoverde através da Secretaria de Agricultura convoca para vacinação contra Brucelose. Desde o início de agosto já foram vacinados 120 bezerros.

Os interessados em vacinar seus animais devem comparecer a Secretaria de Agricultura, nas dependências do Cecora, na Avenida Zeferino Galvão, 690, Centro, para agendamento. Mais informações pelo 3821.9018. A vacinação está sendo realizada todas às quintas-feiras.

Feira - A PMA comunica também que as feiras livres do Cecora e do São Miguel serão antecipadas durante o feriado da independência e da Emancipação da cidade. A do Cecora será dia 06 de setembro, na sexta-feira e a do São Miguel passa para terça-feira, dia 10.

Fonte: Arcoverde de Todos

Minuto Poético

agosto 29, 2013

Show da turnê de Tonino Arcoverde no Sesc Arcoverde

agosto 29, 2013

Quem foi ao Teatro Geraldo Barros, no Sesc Arcoverde na noite desta quinta-feira (29), pôde conferir a poesia e a música de Tonino Arcoverde, que veio a cidade apresentar a turnê do disco " Depois da Chuva". Acompanhado pelos músicos Públius Lentulus (bandolim e guitarra), Hugo Linns (baixo), Emerson Calado (bateria) e Eduardo Buarque (viola).

No repertório, músicas como " Depois da Chuva" que dá nome ao disco, além de sucessos como " Passarada".
O show também faz uma homenagem ao poeta João Batista de Siqueira (Cancão), que durante a vida escreveu textos sobre a natureza dos cactos, das macambiras e pássaros.

Nesta sexta-feira (30), o show será apresentado na cidade de São José do Egito em Marcelo’s Bar à partir das 20h. No sábado (31), é a vez de Triunfo, com apresentação no teatro Guarany também á partir das 20h.

Confira a baixo algumas imagens do show desta noite em Arcoverde.






Amannda Oliveira

Plenário discute em primeiro turno PEC que determina perda de mandato de condenado pela Justiça

agosto 29, 2013
O Plenário do Senado iniciou, nesta quinta-feira (29), a discussão da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 18/2013, do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), que determina a perda imediata do mandato de parlamentar condenado, em sentença definitiva, por improbidade administrativa ou crime contra a administração pública.
Os senadores Eduardo Braga (PMDB-AM), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), José Agripino (DEM-RN), João Capiberibe (PSB-AP), Sérgio Souza (PMDB-PR), Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) afirmaram que a discussão da proposta é fundamental, tendo em vista a imagem que a Câmara dos Deputados passou para a sociedade ao rejeitar, em votação secreta na quarta-feira (28), a cassação do deputado federal Natan Donadon, que foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal por peculato e formação de quadrilha e está preso no presídio da Papuda, do Distrito Federal.
A PEC agora em discussão, entendem os senadores, impedirá que esse tipo de situação se repita.
A adoção dessa medida, disse o relator da PEC, Eduardo Braga, evitará que a sociedade fique sem a resposta que espera do Congresso em termos de transparência e de compromisso com a ética, com a probidade administrativa, com a Constituição e com as leis do país.
Pelo texto da PEC, a cassação do mandato passa a ser imediata, mediante comunicação do Poder Judiciário, após o chamado “trânsito em julgado”, quando não resta mais possibilidade de recursos contra a decisão.
O relator da proposta aceitou, durante discussão na CCJ, mudança proposta por vários senadores para que a decisão pela perda de mandato, não sendo decorrente das hipóteses de perda automática, possa ocorrer por voto aberto, na Câmara dos Deputados ou no Senado. Essa previsão já consta de proposta de emenda à Constituição do senador Alvaro Dias (PEC 196/2012), aprovada pelo Senado, que aguarda votação na Câmara.
Vanessa Grazziotin reforçou proposta feita pelo senador Randolfe Rodrigues para que o presidente do Senado, Renan Calheiros, juntamente com uma comitiva de senadores, vá a Câmara dos Deputados para acertar os procedimentos necessários à votação das duas matérias.
- Acho que precisamos adotar procedimentos para que, quem sabe, na semana que vem, nós tenhamos já as duas PECs votadas em primeiro e segundo turno – disse Vanessa Grazziotin.
A PEC que prevê a perda imediata de mandato ainda deverá ser discutida em mais quatro sessões e a intenção do Senado, de acordo com o presidente do Senado, Renan Calheiros, é que ela seja votada no esforço concentrado que ocorrerá de 16 a 20 de setembro.
Demora na análise
A PEC 18/2013 já havia gerado controvérsias entre os senadores em Plenário por não ter sido incluída, inicialmente, na agenda positiva proposta pelo presidente Renan Calheiros e líderes partidários. Pouco antes do início do recesso parlamentar, o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) criticou o presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), Vital do Rêgo (PMDB-PB), e o relator da matéria, Eduardo Braga, pela demora na análise da PEC e pediu urgência na tramitação da matéria.
Na ocasião, Jarbas disse que a proposta ainda não havia entrado na pauta da CCJ "por capricho único e exclusivo" de Vital do Rêgo. Ele chegou a classificar as explicações do presidente da comissão como "conversa para boi dormir".
- Isso não se faz com um cidadão comum, muito menos com um senador da República. É uma conduta absolutamente incorreta. Eu não aceito - protestou, salientando a importância da PEC.
Informações: Agência Senado

Elevador despenca do 15º andar da Prefeitura do Recife e deixa 7 feridos

agosto 29, 2013
Equipamento foi interditado após o acidente (Foto: Katherine Coutinho / G1)

Um dos elevadores do prédio da Prefeitura do Recife despencou do 15º andar, no início da tarde desta quinta-feira (28), e deixou sete feridos. O Corpo de Bombeiros enviou três viaturas para o local após receber chamado do Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods), às 12h22.
Em nota, a Secretaria Municipal de Administração confirmou o acidente. A máquina sofreu uma pane e teve o seu freio de emergência acionado. Dezoito pessoas estavam no equipamento no momento da queda. "O ascensorista percebeu que o elevador não estava respondendo aos comandos. Ele acionou o freio mecânico e veio descendo, não foi uma queda livre. Quando chegou aqui embaixo ele estava desnivelado e, por isso, não abriu a porta automaticamente. Tivemos que abrir por fora e tirar as pessoas", contou o administrador-geral do prédio, João Roberto.

A delegada Patricia Oliveira instaurou um inquérito para apurar as causas do acidente, procedimento normal quando há feridos, mesmo ninguém tendo prestado queixa. "Ainda hoje, deve vir um responsável da Prefeitura para fazer o boletim de ocorrência. Vamos às unidades de saúde para pegar os dados das vítimas, mas elas só devem ser ouvidas na próxima semana. Mandamos o IC [Instituto de Criminalística] para fazer a perícia e verificar como estava a manutenção do equipamento. A perícia acontece apenas no elevador em que houve o acidente, a gente não faz perícia preventiva", explica a delegada.
Os peritos já estão no local. "Quando há lesão corporal, principalmente em ocorrência em prédio público, é sempre solicitada a perícia para verificar as causas, se houve erro e a causa desse erro", explica o perito criminal Fernando Luiz. Após a vistoria no elevador, os técnicos foram para a casa de máquinas.
Feridos
Os feridos foram levados ao Hospital da Restauração (HR), no Derby, área central da capital, e a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). "Todos estão conscientes. Nenhuma pessoa saiu daqui com avaliação de estado grave. Estamos organizando a lista com nomes e estados de saúde. Mas, no geral, foi mais um susto", disse a gerente-geral de Assistência à Saúde, Eliane Germano.

As três vítimas que foram para o Hospital da Restauração estão bem, estáveis e conscientes, de acordo com a assessoria de comunicação da unidade de saúde. Mesmo assim, um homem de 18 anos, outro de 47 anos e uma mulher de 23 anos estão passando por exames.
Uma outra vítima, uma mulher de 40 anos, foi atendida na UPA do bairro da Imbiribeira, onde se constatou que ela teve uma fratura na perna. A assessoria da unidade informou que ela está bem e estável e não há recomendação de transferência, até o momento.
João Roberto acrescentou que um técnico verifica os equipamentos diariamente. "O atual governo está há [aqui] oito meses. Nesse período não foi necessário trocar peça alguma. Ainda não sabemos o que acarretou o problema. Os bombeiros e um técnico da empresa estão vendo o que aconteceu", detalhou o administrador.
Ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e dos bombeiros auxiliam a operação.
Informações: G1
Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.