sábado, 31 de agosto de 2013

Tribunal de Contas da União suspende pregão de R$ 600 para aquisição de cisternas



O Tribunal de Contas da União (TCU) está investigando suspeita de irregularidades em uma licitação para a compra de 187,5 mil cisternas de plástico no valor de quase R$ 600 milhões.

De acordo com o TCU, a concorrência pode ter favorecido uma multinacional que acaba de ser inaugurada na cidade de Petrolina (PE), cidade do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho.

O pregão para a escolha das empresas que vão fornecer as cisternas para seis estados é conduzido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), empresa vinculada ao Ministério da Integração Nacional. No mês passado, uma medida cautelar do TCU mandou suspender o pregão e apontou o risco de “grave lesão ao Erário” se as empresas vencedoras fossem contratadas pela Codevasf.

Informações: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário