quinta-feira, 19 de abril de 2012

Departamento Regional do SENAI PE tem autonomia para autorizar cursos e SENAI de Araripina ganha credenciamento.

O SENAI Araripina cresceu, mas não apenas no tamanho. A partir de agora, a unidade educacional, que era apenas de qualificação profissional, foi credenciada como Escola Técnica e é o primeiro estabelecimento de ensino técnico presente nos Sertões do Araripe e Pajeú.  De agora em diante, tem autorização para realizar o curso técnico de Administração e, em breve, os de Segurança do Trabalho e de Eletromecânica (que atualmente são realizados em parceria com a unidade de Água Fria). 

Ao todo foram seis processos entre credenciamento, recredenciamento e autorização aprovados pelo Conselho Regional do SENAI-PE, que ganhou autonomia para tal feito a partir da Lei Federal n° 12.513, de 26 de outubro de 2011, com a criação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), tendo sido disseminado e orientado a partir da Resolução do SENAI/DN nº 510 de 29 de dezembro de 2011. A partir da nova legislação, é o próprio Conselho Regional do SENAI quem analisa e valida os pleitos para aprovação dos cursos e programas de educação profissional e tecnológica ofertados pelo Sistema, que foi reconhecido como apto para integrar o Sistema Federal de Ensino.

Precisando, para isso, continuar a atender a legislação em vigor em seus processos. Além do credenciamento da Escola Técnica SENAI de Araripina e do curso de Administração da Unidade, foram recredenciadas as Escolas Técnicas de Petrolina e Santa Cruz, renovada a autorização do curso Técnico em Edificações da ETS Água Fria e autorizado o curso Técnico em Eletrotécnica de Caruaru. Todos os processos foram resgatados do Conselho Estadual de Educação e da Secretaria Executiva de Educação Profissional, antes responsáveis por autorizar cursos técnicos do SENAI/PE. 

Para o diretor do SENAI Pernambuco, Sérgio Gaudêncio, a autonomia do sistema é um reconhecimento do nome SENAI como entidade de referência no ensino técnico profissionalizante. “Agora poderemos atender melhor as demandas de cursos que surgem em função do crescimento do Estado de Pernambuco”. Segundo o diretor da Escola Técnica SENAI Araripina, Geraldo de Arruda, a alteração do Status Quo da Escola significa um momento histórico para a Unidade e para o crescimento da qualificação de toda a região.

Colaboração: Rossana Fonseca

Nenhum comentário:

Postar um comentário