Foto: Brenda Alcântara/ PCR


A estrutura do Marco Zero do Recife, que concentra o maior palco do Carnaval da Capital pernambucana, recebeu o brega na noite do sábado.

Neiffs, Mc Cego, Elvis, Mc Tocha, Tayara Andreza, Conde, Michelle Melo, Francine e Banda Kitara representaram o "Recife Capital do Brega" na noite do sábado (10). Apesar do sucesso da apresentação, Anderson Neif e Tayara Andreza criticaram a ausência de camarins pela Prefeitura do Recife e o tempo destinado ao brega no palco.

Anderson Neiff contou que ficou sem camarim quando chegou à estrutura. Segundo o artista, a cantora Luísa Sonza ficou com mais de um camarim e isso causou uma falta de organização no ambiente.

"Quando é o brega a galera empurra com a barriga. Por que faz, mano? "Dia do Brega", aí quando chega o dia do brega põe o cara para tocar 20 minutos, empurra todo mundo com a barriga, todo mundo passa o som de todo jeito. Mas aí quando vem artista de fora é uma babação", comentou Neif.

O artista também criticou a falta de tempo para passagem de som e ajustes para a sua equipe assumir o palco.

Já Tayara Andreza não conseguiu se apresentar. A cantora, que faria a última apresentação do show "Recife Capital do Brega", teria sido impedida de cantar sem aviso prévio.

"Tô aqui esperando faz tempo. Não recebi meus fãs, quando chegou minha vez juntaram tudo e disseram que eu não ia cantar", relatou a artista.

A prefeitura do Recife informou que a cantora fará sua apresentação na terça-feira gorda no Marco Zero.

Amannda Oliveira