Foto: Freepik

O lançamento do aplicativo e-Título pelo Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) traz a praticidade na palma da mão para os eleitores, de forma gratuita e disponível em qualquer plataforma para identificar o local de votação através, além de emitir certidões de quitação eleitoral e de crimes eleitorais e substitui a documentação impressa.

Faltando menos de 30 dias para as Eleições 2022, aproximadamente 16% dos eleitores em Pernambuco realizaram o download do aplicativo e-Título, sendo 1.149.135 eleitores até o início do mês de setembro. Pernambuco é o 7º maior Colégio Eleitoral, sendo o 6º na tabela de Estados com mais downloads do aplicativo. O app está indisponível para ser baixado gratuitamente em qualquer loja de aplicativo do seu celular.

O local de votação também pode ser conferido no site do TRE-PE clicando aqui. Por meio do e-Título, antes mesmo do dia 2 de outubro, data do primeiro turno, o eleitor já pode consultar o seu local de votação. O app também disponibiliza a emissão de certidões de quitação eleitoral e de crimes eleitorais, e também funciona como uma ferramenta para comprovação da autenticidade desses documentos. Para os eleitores que não estarão em seus locais de votação, o e-Título pode ser usado para justificar a ausência.

O eleitor com e-Título não precisa levar, se ainda tiver, a antiga versão impressa do título de votação para a seção eleitoral. As determinações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre o uso de celular nas eleições dizem respeito apenas ao acesso à cabine de votação, portanto o eleitor pode se identificar ao mesário por meio do app instalado em seu celular, depositando o aparelho em local indicado quando for à urna.

O e-título é um aplicativo formado pela Justiça Eleitoral. Lançado pelo TSE em setembro de 2017, o aplicativo é gratuito e pode ser encontrado nas plataformas IOS e Android.

Fonte: Diário de Pernambuco