A Secretaria Executiva de Defesa Civil do Estado montou, em sua sede, uma estrutura de apoio às cidades que decretaram situação de emergência por conta das fortes chuvas que atingiram Pernambuco desde a semana passada. O objetivo é orientar os municípios no preenchimento do Sistema Integrado de Informações de Desastres, para que tenham acesso aos recursos e apoio estadual e federal. A Codecipe fica na Avenida Cruz Cabugá, 1211 - Santo Amaro. (Fones 3181-2490 e 199). O trabalho recebeu o reforço de sete representantes da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil e do Grupo Nacional de Apoio a Desastres, inclusive com a presença do secretário nacional, coronel Alexandre Lucas.

De acordo com os dados compilados pela Central de Operações da Codecipe, 6.650 pessoas estão desabrigadas no Estado, principalmente na Região Metropolitana do Recife e Mata Norte. A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) renovou o aviso meteorológico, uma vez que persistem instabilidades no Oceano Atlântico que favorecem pancadas de chuvas isoladas, com intensidade moderada na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata nesta quarta-feira (01.05), com tendência de redução gradativa até o final de semana. A Defesa Civil, porém, alerta a população a permanecer atenta, sobretudo nas áreas de risco.

Ainda de acordo com a Apac, as Plataformas de Coleta de Dados dos municípios de Timbaúba, Vicência e Nazaré da Mata na bacia do Rio Goiana se mantém em cota de alerta, com tendência de estabilidade. Mesma situação de Jacuípe. Já São Lourenço da Mata, na bacia do Rio Capibaribe, e São Benedito do Sul, na bacia do Rio Uma, estão em cota de pré alerta, também com tendência de estabilidade. Os demais pontos monitorados estão estáveis, com cota em situação normal.

A Compesa atualizou situação das barragens localizadas nas regiões Metropolitana do Recife, Agreste e Mata Norte. A RMR continua com seis mananciais com capacidade máxima de acumulação e vertendo: Várzea do Una (São Lourenço da Mata), Duas Unas (Jaboatão dos Guararapes), Pirapama (Cabo de Santo Agostinho), Sicupema (Cabo de Santo Agostinho), Utinga (Ipojuca) e Bita (Ipojuca). Outras barragens importantes para a região continuam acumulando um bom nível de água, a exemplo de Botafogo, que chegou a 79,7%, e Tapacurá, que atingiu 75,9%.

Na Mata Norte e no Agreste, onze mananciais estão com capacidade máxima de acumulação e vertendo: Inhúmas e Mundaú (Garanhuns), Santana II (Brejo da Madre de Deus), São Jacques (Lajedo), Pedra Fina (Bom Jardim), Pau Ferro (Quipapá), Siriji, (Vicência), Caianinha (São Joaquim do Monte), Orá/Cursaí (Paudalho), Tiúma, (Timbaúba) e Tabocas/Piaça (Belo Jardim). As barragens do Prata, Jucazinho e Poço Fundo continuam sendo monitoradas. O Prata atingiu 73,89%; Jucazinho alcançou 15,84%; e Poço Fundo está com 17,28%.

RODOVIAS – O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) permanece monitorando as rodovias estaduais e federais sob sua jurisdição. De acordo com informações registradas hoje, ainda há alguns trechos com alagamentos ou deslizamento de barreiras, que provocam interdições parciais ou tráfego em meia pista. Seguem os registros atualizados:

Região Metropolitana do Recife

BR-232: Km 62 - Pombos (sentido Recife) - deslizamento de barreira, com interdição parcial da via.

Mata Norte

PE-040: Chã de Alegria - deslizamento de barreira, com tráfego interditado na via. Os veículos estão trafegando pelo perímetro urbano da cidade.
PE-041: Araçoiaba (imediações da Usina São José) – Açude transbordou, destruindo grande parte da área utilizada pela usina como retorno e estacionamento. Ao longo da via há resíduos na pista e deslizamento de barreiras. Empresa mobilizada para executar serviços de limpeza. Veículos podem transitar com cautela pela rodovia.

Vicinal Mussurepe: km 6 - Paudalho - Ponte sobre o Rio Capibaribe foi arrastada pela correnteza, gerando perda total.
PE-095: Limoeiro/Passira (comunidade de Ribeiro do Mel) - Duas erosões na pista, já sinalizadas. Empresa mobilizada para executar serviços de recomposição.

Mata Sul

PE-063: Km 24 – Amaraji (área urbana) - risco de deslizamento de pista (lado direito), com interdição parcial da via.

Agreste Meridional

PE-177 - Próximo ao entroncamento com a BR-104 (perto de Quipapá)- deslizamento de barreira, sem impacto no tráfego. Limpeza em andamento.

PERNAMBUCO SOLIDÁRIO – No primeiro dia de funcionamento, a campanha Pernambuco Solidário, promovida pelo Governo do Estado, arrecadou mais de 1,2 mil donativos, entre roupas, calçados, alimentos, itens de higiene pessoal e colchões. Os materiais foram entregues por pessoas físicas ou jurídicas nos 19 pontos de arrecadação já em operação na Região Metropolitana do Recife e interior do Estado. Além de receber doações, a campanha conta com duas cozinhas solidárias no Centro da Juventude de Santo Amaro e no Centro Social Urbano (CSU) da Imbiribeira. Por meio desse trabalho, mais de 1,1 mil refeições foram preparadas e disponibilizadas para comunidades afetadas pelas chuvas. A lista completa de pontos de arrecadação está disponível no site www.sdscj.pe.gov.br/pesolidario. Mais informações pelo telefone 0800.081.4421.

Assessoria