quinta-feira, 20 de maio de 2021

Professor Conectado: Secretaria de Educação e Esportes dará notebooks e plano de conectividade para profissionais da Rede Estadual

Foto: Kleyvson Santos/Divulgação


Os profissionais da rede pública estadual de ensino poderão receber do Governo do Estado um notebook. A medida faz parte do Programa Professor Conectado, lançado pelo governador Paulo Câmara e o secretário de Educação e Esportes, Marcelo Barros. O programa conta com um investimento de R$ 115 milhões e irá fornecer mais de 21 mil computadores para 
professores efetivos, analistas e assistentes em gestão educacional. Além disso, o trabalhador ainda poderá aderir a um pacote de conectividade, onde será disponibilizado um valor mensal de R$50,00 para cada participante.

“Sabemos do desafio que a Educação enfrenta e por isso precisamos dar melhores condições aos nossos educadores. A tecnologia faz parte da Educação. Com a ação, vamos fortalecer a inclusão digital dos profissionais da educação, dando-lhes mais oportunidades principalmente neste momento de pandemia. Os trabalhadores contemplados terão acesso a instrumentos que qualificarão e facilitarão suas práticas, impulsionando a qualidade de aprendizagem dos mais de 540 mil estudantes da nossa rede”, afirmou o secretário de Educação e Esportes de Pernambuco, Marcelo Barros.

O programa estará detalhado no Projeto de Lei de Inclusão Digital, que será, posteriormente, encaminhado pra apreciação da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Os equipamentos precisam, obrigatoriamente, possuir uma configuração mínima, definida pela Secretaria de Educação e Esportes (SEE).

Os notebooks serão cedidos por um período de três anos, a contar da adesão ao programa. Neste prazo, o servidor precisará participar de capacitações e projetos que serão detalhados no Projeto de Lei. Além disso, durante esses 36 meses, a venda ou cessão do equipamento é proibida e, caso o servidor perca o vínculo com a SEE neste prazo, é necessária a devolução dos recursos.

Ensino híbrido - A pandemia da Covid-19 impôs inúmeros desafios para a Educação. O Ensino Híbrido se tornou uma realidade e, por isso, as medidas até aqui adotadas para garantir o processo de ensino/aprendizagem devem ser mantidas. Desde março de 2020, a SEE transmite as aulas pela multiplataforma Educa-PE, um ambiente de apoio digital à educação não-presencial.

O conteúdo é transmitido ao vivo na tv e na internet para o Ensino Médio, para o 9.º ano do Ensino Fundamental, de segunda a sexta-feira, e conta também com reprises em horários alternativos. Para os estudantes do 6o ao 8o ano do Ensino Fundamental, as aulas são gravadas e disponibilizadas na internet todas as manhãs. O conteúdo também está disponível na TV Pernambuco (TVPE), TV Alepe, TV Nova, TV Universitária e no YouTube. Na internet, o conteúdo fica disponível para ser acessado a qualquer hora para revisão.

Além do Educa-PE, a Secretaria de Educação e Esportes lançou outros programas com o objetivo de reduzir os impactos da pandemia na educação. São eles: AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem) - Plataforma que concentra recursos educacionais digitais alinhados ao Currículo de Pernambuco e integrado a plataforma de aulas Educa-PE. A iniciativa reúne ainda os materiais de apoio pedagógico e as videoaulas veiculadas em canais de TV aberta e internet através do YouTube.

Conecta Aí - Aplicativo que patrocina dados de internet dos estudantes da rede pública estadual para que eles possam acessar gratuitamente o material disponibilizado na Plataforma Educa-PE, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) e no Google Classroom.

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário