sexta-feira, 14 de maio de 2021

Prefeitura de Arcoverde lança o Projeto Mães Sem Limites

Foto: Amannda Oliveira

No início da tarde desta sexta-feira (14/05), a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Arcoverde promoveu online, o lançamento do Projeto Mães Sem Limites. A iniciativa consiste em proporcionar atendimentos e também atenção especial às mães de pessoas com deficiência no município, independente de idade ou do tipo de deficiência.

O lançamento foi transmitido direto do gabinete do prefeito em exercício de Arcoverde, Wevertton Barros de Siqueira (Siqueirinha), que abriu a solenidade falando um pouco sobre a importância da iniciativa para a cidade. “O objetivo deste projeto é fortalecer e cuidar das mães que têm filhos com algum tipo de deficiência”, ressaltou o prefeito. “Quero aqui parabenizar a secretária municipal Lucitelma Soares e todos que fazem parte da Secretaria de Assistência Social, em ter essa visão de ajudar essas mães que tanto precisam do apoio do poder público municipal, e estamos aqui para dar esse suporte através de nossa equipe”, afirmou Siqueirinha.

                                                        Foto: Amannda Oliveira


Em seguida, o lançamento contou com a participação especial da poetisa Andreza Kamylla, integrante da Casa das Juventudes do município, declamando poesia dedicada às mães. O projeto, por sua vez, foi apresentado pela idealizadora e secretária municipal de Assistência Social, Lucitelma Soares Leite, que cumprimentou as mães presentes no ato, assim como toda a equipe e também o público que acompanhava a live, explicando como surgiu a ideia do ‘Mães Sem Limites’.

“Esse projeto nasceu quando eu então estava na gestão da Escola Freire Filho, no São Geraldo, e lá nós tínhamos alunos com deficiência, nas diversas séries. E a gente acompanhava as crianças, via as Leis, mas sentíamos a necessidade de outras ações ao vermos que aquelas mães quase sempre são únicas na criação dos filhos. Elas demonstravam fragilidade, muitas vezes o medo e na maioria dos casos, os pais abandonam esses filhos. Então, as mães estão como guerreiras e deixam de viver suas próprias vidas”, explicou Lucitelma em seu discurso, exemplificando também as necessidades do projeto passar a ser colocado em prática, com várias ações envolvendo escutas, atendimentos psicológicos e uma série de possibilidades de atendimentos que visam possibilitar uma melhor qualidade de vida para mães de filhos deficiência.

                                                      Foto: Amannda Oliveira

Posteriormente, a secretária municipal abordou como vai funcionar o projeto em Arcoverde, que passa a integrar atendimentos nas unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), existentes na cidade, através de momentos de lazer e de escutas, e durante essas ocasiões, os trabalhos contarão com a supervisão da advogada Andreza Saraiva, da consultora de projetos Socorro Ferreira, da psicóloga do CREAS, Letícia Feitosa, e da assistente social Maria do Carmo.

“A gente vai fazer os cadastros das mães que tenham interesse, contando com momentos de cursos, oficinas, happy hour, tudo quando passar a pandemia. Mas, já estamos nos ajustando também nesse momento, porque mais do que nunca elas vão precisar desse apoio, em virtude dos filhos estarem em casa o tempo todo”, informou Lucitelma, que também falou sobre parcerias em desenvolvimento para que o projeto possa ter o devido êxito no município.

O lançamento também contou com a exibição do vídeo das mães de crianças e adolescentes com deficiência, falando um pouco sobre suas experiências de vida e de luta, para que a criação desses filhos possa ser efetivada da melhor forma, em cada caso.

Representando a equipe, a psicóloga do CREAS, Letícia Feitosa, fez uma explanação sobre os cuidados que serão efetivados pelo trabalho juntamente com as mães, que serão atendidas à medida que forem sendo cadastradas. A ocasião também contou com mães de crianças e adolescentes especiais, fazendo agradecimentos à gestão pela iniciativa do projeto, principalmente pelo olhar diferenciado para tratar mais humanamente estas mulheres no município, assim como os seus filhos.

O prefeito interino fez uso da palavra, encerrando a live e agradecendo aos participantes e também ao público em geral. “Quero dizer que o amor de mãe é o amor sem limite, e esse nome que colocaram no Projeto Mães Sem Limites, é porque realmente essas mães se desdobram para dar o amor que essas crianças precisam”, enfatizou Siqueirinha, ressaltando que a gestão municipal tem como característica sempre estar próxima à população, através das pastas e várias ações que estão sendo desenvolvidas.

Informações de texto: Prefeitura de Arcoverde

Nenhum comentário:

Postar um comentário