terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

João Campos anuncia Auxílio Emergencial de Carnaval

Foto: Rodolfo Loepert

O Prefeito da cidade do Recife, João Campos, anunciou nesta terça-feira (09), a criação do Auxílio Municipal Emergencial (AME - Carnaval do Recife), para os artistas que fazem o carnaval da cidade. O primeiro projeto de lei dele como prefeito que será enviado à @camaradorecife. O AME será pago pela @prefeiturarecife, com apoio da iniciativa privada. "Em 2021 não teremos Carnaval. Não teremos ponto facultativo ou feriado. Mas teremos solidariedade, ação conjunta do poder público com a iniciativa privada - aqui eu registro o meu agradecimento à @ambev, que tem sido uma parceira irreparável, muito mais do que um patrocinador. Vamos distribuir mais de R$ 4 milhões para agremiações e atrações que se apresentaram na programação montada pela Prefeitura no Carnaval do ano passado. Este é um indicativo de como será a nossa gestão - preocupada e orientada a valorizar e investir naquilo que nos é mais caro. Priorizaremos a educação - porque é através dela que vamos construir o nosso futuro; a geração de emprego e renda - com um olhar sempre para a garantia de novas oportunidades; a saúde - com vacina, mais humanização do atendimento e estruturação da nossa rede; e a cultura - que é uma raiz forte da nossa sociedade, que nos ajuda a diferenciar de tantas outras cidades", destacou João.


O auxílio emergencial será pago pela Prefeitura do Recife, com apoio da iniciativa privada. A Ambev, patrocinadora master dos ciclos festivos da cidade, integra a estratégia de preservação do patrimônio cultural do povo recifense nestes desafiadores tempos de ruas silenciadas pela pandemia, com aporte de R$ 1,5 milhão.

Ao todo, serão distribuídos mais de R$ 4 milhões para agremiações a atrações que se apresentaram na programação montada pela Prefeitura para celebrar o Carnaval 2020, como alternativa de resistência cultural e social às necessárias restrições e proibições implementadas pelo Governo de Pernambuco, no enfrentamento à pandemia no estado.

Cerca de 160 agremiações e 900 atrações artísticas, entre cantores, bandas e orquestras, estão aptas a receber o benefício, totalizando mais de 27 mil pessoas. Todos precisam estar sediados no Recife e devem necessariamente ter integrado a programação oficial do Carnaval 2020, promovida pela Fundação de Cultura Cidade do Recife.

O AME equivale a 50% do valor unitário de cachê, para atrações artísticas, ou de subvenção, para agremiações, tendo por base o Carnaval de 2020, respeitando um teto de R$ 10 mil para cada pagamento.

ASCOM/PCR

Nenhum comentário:

Postar um comentário