sábado, 7 de novembro de 2020

'Seu município vira notícia?', pergunta aos pernambucanos uma pesquisa europeia

Moradores de outros estados do Brasil também podem participar da pesquisa. Respostas estarão em trabalho sobre as crises do jornalismo.

 

Seu município vira notícia? Ou não há fatos importantes onde você mora? Um pernambucano está guiando uma pesquisa como estudante na Universidade de Lisboa, instituição das maiores da Europa, e lançou essas perguntas aos conterrâneos, via na internet, nesta quinta-feira (5). Clique neste link https://docs.google.com/forms/d/1-i499j_ONetk87F17DSCs6x91y82pCpHNiA7impj6EI/viewform?chromeless=1&edit_requested=true para ler o questionário e dar sua opinião.

Trata-se de uma das etapas do trabalho. O objetivo é perceber se a cultura do jornalismo está ou não ligada ao cotidiano de pessoas comuns, principalmente. Os dados estatísticos vão servir à dissertação do aluno - o jornalista Jael Soares, mestrando em Cultura e Comunicação pela Faculdade de Letras da citada instituição de ensino superior. Com a visão do público, ele pretende dar outro caminho para a discussão profissional e científica sobre os problemas do setor.

"O jornalismo está enfrentando hoje um monte de crises - de credibilidade, financeira, existencial, etc. Profissionais e estúdios têm se dedicado pra solucioná-las. E as sugestões pra 'salvar' o jornalismo são modificar técnicas, criar modelos de negócios diferentes, levar notícias usando mídias modernas, enfim. Mas, enquanto querem o novo e a alta tecnologia, mais de 60% dos municípios brasileiros não têm jornalismo local. Muitos no dia a dia sequer vivenciaram notícias e histórias próprias, via radiojornalismo ou jornal impresso, por exemplo", comenta Jael Soares. "Minha intenção agora, com essa pesquisa, é conhecer os pensamentos de cidadãs e cidadãos a respeito do jornalismo e dessa situação." 

O questionário estará no ar até o dia 5 de dezembro. As questões são de múltipla escolha e levam só poucos minutos. Esperam-se respostas especialmente vindas de 108 municípios pernambucanos, mas habitantes de outras localidades do estado e do Brasil podem participar.

"E não é preciso saber muito sobre o jornalismo para responder ao questionário. A pesquisa é justamente para conhecer a opinião da população, seja ela qual for. Aliás, até quem não se interessa de jeito nenhum por jornalismo pode responder", finaliza o mestrando.

Sobre o jornalista

Jael Soares é cidadão de Negras, Pernambuco. Graduou-se com láurea em Jornalismo (FAVIP, 2011), especializou-se em Gestão da Comunicação e Eventos (AESGA, 2014) e em 2018 foi selecionado para o Mestrado em Cultura e Comunicação (FLUL, 2021). Traz no currículo experiência em produção para telejornal, reportagem e edição de texto para sites, assessoria de imprensa, revisão de livros e redação publicitária. Dentre as empresas, trabalhou na TV Asa Branca, no G1 - Portal de Notícias da Globo e na Mendonça Comunicação.

DETALHES
Acesse www.facebook.com/jaelsoares.jornalista ou www.instagram.com/jaelsoares.jornalista e saiba mais. Ou envie para jaelsoares.jornalista@gmail.com as suas dúvidas ou solicitações.

LINK DO QUESTIONÁRIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário