quinta-feira, 1 de outubro de 2020

Justiça Eleitoral rejeita ação contra Blog Giro Social

 

O prefeito e candidato à reeleição pelo PP na cidade de Tupanatinga, Silvio Roque, tentou na justiça eleitoral silenciar o blog Giro Social B do colunista Adauto Nilo, após o mesmo postar matéria sobre o flagrante dado pela oposição sobre o possível uso da máquina pública na campanha eleitoral do município, alegando a prática de “fake news”. O juiz eleitoral Marcus Vinicius Menezes de Souza indeferiu o pedido do prefeito, que queria a suspensão da postagem. 

Na matéria, o blog revela um flagrante dado por integrantes da oposição, a onde estariam a vice-prefeita Mara, secretários de Educação e de Assistência Social e outros correligionários, distribuindo mobílias para os eleitores. Na ação impetrada por Silvio Roque, ele pedia liminar para que a postagem fosse retirada do ar por serem “inverídicos”, porém o caso, que alegaram ser “fake News” terminou na Delegacia de Polícia do município.

Para o juiz eleitoral Marcus Vinicius, ao analisar a ação impetrada pelo atual prefeito de Tupanatinga e a matéria veiculada, não há nada que possa concluir que os fatos relatados não sejam verdadeiros. Com a decisão, a justiça eleitoral garante o direito da imprensa livre e inibe a prática da censura.

Na decisão ele atesta que “No caso em exame, numa análise perfunctória, reputo ausente a probabilidade do direito necessária à concessão da medida liminar de retirada das postagens pleiteada, porquanto nada consta dos autos que permita a este Juízo, ao menos numa análise inicial, concluir pela não veracidade das informações publicadas ou mesmo pela sua divulgação por jornalista sabedor acerca da sua falsidade ou não”.

Segundo o colunista Adauto Nilo, o fato torna-se lamentável pois sempre pautou seu trabalho pela verdade. “Sempre buscamos relatar em nosso blog os fatos como eles são, como eles ocorrem, independente de quem goste ou não. As notícias falsas, ou fake News, não fazem parte de nosso perfil, pois respeitamos nosso leitor que merece sempre a verdade da notícia”.

Fonte: A Folha das Cidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário