sexta-feira, 21 de agosto de 2020

Morre o mestre mamulengueiro Zé Lopes, Patrimônio Vivo de Pernambuco


A cultura pernambucana, mais uma vez, perde um de seus grandes. O mestre Zé Lopes, famoso mamulengueiro, morreu no fim da tarde desta sexta-feira (21), em Glória do Goitá, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Zé Lopes, que tinha 78 anos, era Patrimônio Vivo de Pernambuco desde 2017.

Além de Patrimônio vivo do Estado, Zé Lopes foi, há 17 anos, um dos sócios-fundadores da Associação de Mamulengueiros de Glória do Goitá, cidade onde nasceu e onde residia. Sua arte, na tradição do mamulengo, é uma das formas abrasileirada do teatro popular. 

Zé Lopes deixa esposa, netos e filhos, entre eles, a mamulengueira Cida Lopes.


Fonte: Folha de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário