segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Conferência estadual da Pessoa Idosa discute garantias dos direitos do segmento

O debate acontece nos dias 5 e 6 de novembro, no Centro de Convenções, reunindo representantes governamentais e da sociedade civil organizada, além das pessoas idosas.



Pontuar os desafios e definir as prioridades para a construção de políticas públicas que permitam o envelhecimento saudável da população e melhore a qualidade de vida das pessoas idosas. Estas são os principais pontos que vão nortear a quinta edição da Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa de Pernambuco. Com o tema “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”, o evento vai reunir, nos dias 5 e 6 de novembro, no Centro de Convenções, representantes governamentais e da sociedade civil organizada, além das pessoas idosas. 

Promovido pelo Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa (CEDPI) com o apoio da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), o momento vai proporcionar o debate sobre temas relevantes para o campo do envelhecimento, assim como pontuar os avanços e desafios da Política Nacional do Idoso, na perspectiva de sua efetivação.

“Pernambuco está no ranking nacional entre os 10 estados mais envelhecidos em termos de população e a conferência chega num momento em que é preciso, cada vez mais, reafirmar o compromisso com a assistência desse público. Dessa forma, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude ratifica seu papel com esta população, exercendo a democracia e promovendo este espaço de escuta qualificada, garantindo a participação efetiva dos municípios por meio das pessoas idosas”, afirma o secretário da SDSCJ, Sileno Guedes.

Na ocasião haverá ainda a eleição de 28 delegados, que serão responsáveis por discutir e aprovar propostas que balizem a política estadual. O grupo eleito vai levar as propostas debatidas na Conferência Estadual para discussão no Encontro Nacional, marcado para acontecer em 2020.

A Conferência tem caráter deliberativo e é considerada um espaço de debate, participação, acompanhamento e construção coletiva para proposição de políticas públicas. Para que isso ocorra, a presidente do CEDPI e secretária executiva de Segmentos Sociais do Estado, Laura Gomes, explica que durante o evento serão formados grupos de trabalho, conduzidos por profissionais com domínio e conhecimento em cada um dos temas distribuídos. “Os grupos vão abordar temas como os direitos fundamentais na construção e efetivação das políticas públicas, sobre educação, o enfrentamento da violação dos direitos humanos da pessoa idosa e um outro que falará sobre os conselhos de direitos, destacar o papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas”, pontua Laura Gomes.

5ª Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa de Pernambuco

Dia: 5 e 6 de novembro de 2019
Horário: Das 7h às 17h
Local: Centro de Convenções de Pernambuco, Av. Prof. Andrade Bezerra, s/n - Salgadinho, Olinda

Informações: ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário