quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Tem início no Agreste a Campanha Estadual Contra as Verminoses


Crianças matriculadas nas escolas municipais da abrangência da V Regional de Saúde estão sendo beneficiadas pela Campanha Estadual Contra as Verminoses, cujo objetivo é levar informação e tratamento contra doenças causadas por parasitas. Esta ação é muito importante e de grande alcance, especialmente, em áreas com maior vulnerabilidade social, onde as verminoses são mais frequentes. Os 21 municípios foram contactados pela V GERES e estão fazendo as adesões à Campanha, através do Programa de Enfrentamento às Doenças Negligenciadas (Sanar).

Segundo Catarina Tenório, gestora regional de saúde, a campanha iniciou por Bom Conselho, e alcançou crianças e adolescentes na faixa etária dos cinco aos 14 anos de idade. "A campanha pode atender todos os municípios do estado, mediante termo de compromisso, e após o término da campanha, deverão informar os resultados. Aqui na regional, esperamos contar com a participação de todos os municípios", informou a gestora.

A infecção por verminoses em crianças não tratadas pode provocar diarreia, dores abdominais, inapetência e perda de peso, anemia, deficiência de vitamina A e de outros nutrientes; e aumentar o absenteísmo escolar, prejudicando o desenvolvimento físico e mental.
 
As crianças receberão informações durante a apresentação da estratégia de maneira lúdica e contando com a presença de um mascote, o "SUPER HEROI" que foi criado para ajudar no combate às verminoses. Ao todo serão mais de 300 escolas participantes e mais de 60 mil crianças atendidas. Elas receberão uma dose única da medicação antiparasitária, mediante autorização dos pais e dos responsáveis.

SAIBA MAIS

Cerca de 515,7 mil crianças matriculadas nas redes municipais públicas de ensino poderão passar pelo tratamento contra as verminoses. 

A doença: Verminoses é um grupo de doenças causadas por vermes parasitas que se instalam no organismo, geralmente, se alojam nos intestinos, mas podem abrigar-se também em órgãos, como o fígado, pulmões e cérebro. A infecção ocorre pela ingestão direta de ovos por meio do contato mão-boca ou pelo consumo de alimentos crus e água contaminados. Além da via oral, a infecção também pode ocorrer por penetração ativa das larvas na pele do hospedeiro em contato com solo contaminado.

Sintomas: A contaminação ocorre por meio do contato, principalmente, a ingestão de água e alimentos infectados e por meio de feridas na pele. Os principais sintomas das verminoses são dores abdominais, náuseas, vômitos, diarreia, falta de apetite, perda de peso e anemia.

Prevenção: A prevenção corresponde a melhor forma de proteger a saúde contra as verminoses. Algumas medidas simples são suficientes e alguns cuidados podem ser tomados como: lavar as mãos com água e sabão, cortar as unhas, andar sempre calçado, utilizar o banheiro de forma adequada, beber água filtrada ou fervida, lavar bem os alimentos antes de comê-los.

Diagnóstico e Tratamento: O diagnóstico é feito por meio de exames laboratoriais, como o de fezes. O tratamento deve ser feito com vermífugos específicos. Pequenos cuidados como lavar as mãos com frequência, lavar os alimentos e beber água filtrada colaboram bastante no combate das verminoses! Fique atento!

Com informações da imprensa da SES/PE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário