quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Projeto 'Escolas Unificadas' debateu realização das Olimpíadas Especiais em Arcoverde


A Secretaria de Educação e Esportes da Prefeitura e Arcoverde realizou, na noite da última quarta-feira, 04 de setembro, em seu auditório, encontro de lançamento do Projeto Escolas Unificadas. "O encontro teve, entre os seus objetivos, aprofundar debates com gestores e professores de Educacionais em torno de aspectos quanto à realização das Olimpíadas Especiais em Arcoverde. Em Pernambuco, somos o terceiro município a implantar o projeto", afirmou a secretária municipal da pasta, Zulmira Cavalcanti.
O conceito das Olimpíadas Especiais nasceu, na década de 60, em Soldiers Field (Chicago/EUA), quando Eunice Kennedy Shriver começou a realizar encontros no jardim de sua residência para que pessoas com diferentes capacidades intelectuais praticassem esportes.
Em pouco tempo a iniciativa tornou-se um movimento global sem fins econômicos que, por meio de treinamento esportivo e competições de qualidade, vem procurando melhorar a vida de pessoas com diferentes capacidades intelectuais e, consequentemente, a vida de todas as pessoas que a cercam.
"A missão das Olimpíadas é proporcionar treinamento e competições esportivas durante todo o ano em diversas modalidades olímpicas, dando oportunidade para que desenvolvam suas aptidões físicas, demonstrem coragem, compartilhem valores, habilidades e companheirismo com suas famílias e outros atletas da competição", ressalta Zulmira.
No Brasil, especificamente, nas Olimpíadas Especiais há 10 modalidades esportivas - tais como atletismo, basquete, bocha, futebol, natação, ginástica rítmica, tênis, tênis de mesa, vôlei de praia e judô; além dos Programas: APLs (Atleta Líder), Juventude e Escola, Atletas Saudáveis, Corrida da Tocha, Atletas Jovens, Atividade Motora e segmento 'Famílias'.

Que notícia maravilhosa! Parabéns a Educação!

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário