sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Dia Nacional do Frevo é celebrado com programação musical gratuita no Paço do Frevo

Foto: Pixabay

Na semana em que o Brasil inteiro festeja o frevo, por ocasião do Dia Nacional do Frevo (14 de setembro), a Prefeitura do Recife faz dois convites aos brincantes e amantes da música que é embaixadora da alegria e da história recifense, cartão-postal inequívoco da capital e da alma pernambucanas. Nesta sexta-feira (13), o Paço do Frevo realiza uma edição especial da Hora do Frevo, com a participação do Quinteto Arraial, a partir do meio dia. E até o próximo dia 20 de setembro, estão abertas as inscrições para o Festival Nacional do Frevo, iniciativa da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, que pretende assegurar novos refrões e melodias ao gênero musical patrimônio imaterial de Pernambuco.

A Hora do Frevo, que tem como objetivo subverter com cultura a correria do dia a dia e encher de conteúdo e festa o horário livre para almoço, tem 45 minutos de duração, é gratuita e aberta ao público.

O Quinteto Arraial é formado pelos músicos Paulo Nascimento, Gilda Alves, Fábio César, Romero Bonfim e Parrô Melo. Os dois últimos assinam a música Primeiro de Maio, classificada em primeiro lugar na categoria Frevo Livre Instrumental – Autoral no Festival Nacional do Frevo do ano passado. Parrô também é compositor da música Adriana no Frevo e Cia, terceira colocada da categoria Frevo de Rua em 2018.

“É muito nobre a função do Festival, de fomentar a cultura, abrilhantando e renovando o frevo, a partir da revelação de novos compositores, novos arranjadores e novos cantores. O Festival confirma o esforço e o cuidado da Prefeitura para que o frevo siga vivo e para que nossos filhos sigam cultivando essa cultura, que é recifense na essência”, celebra Parrô.

Sobre o Festival - Nesta edição, o Festival Nacional do Frevo premiará, com valores que variam de R$ 6 mil a R$ 10 mil, composições inéditas em quatro categorias: Frevo de Rua, Frevo de Bloco, Frevo Canção e Frevo Livre Instrumental - Autoral.

Ao todo, serão distribuídos R$ 104 mil entre os vencedores, para fomentar a cadeia produtiva do Frevo e garantir que os clarins possam soar além do reinado de Momo, perpetuando-se tradição viva e vivida ao longo de todo o ano na capital pernambucana.

As inscrições estarão abertas até o próximo dia 20 de setembro, num processo todo online, no site http://festivalnacionaldofrevo.recife.pe.gov.br. Entre os documentos exigidos para a inscrição estão: ficha de inscrição preenchida, cópias do RG e CPF e comprovante de endereço dos candidatos, além de gravação da música que entrará na disputa.

Poderão se inscrever no Festival quaisquer compositores, desde que residentes em território nacional há pelo menos cinco anos. Cada candidato pode fazer somente uma inscrição por categoria e somente músicas inéditas serão habilitadas a concorrer.

Premiação - Os prêmios serão de R$ 10 mil para os primeiros colocados nas quatro categorias; R$ 8 mil para os segundos; e R$ 6 mil para os terceiros colocados.

Haverá premiação ainda para o melhor arranjo, no valor de R$ 5 mil, e para o melhor intérprete do Festival, no valor de R$ 3 mil.

Programação - Entre todas as músicas inscritas até o próximo dia 20 de setembro, serão selecionadas 24 participantes para as duas eliminatórias, que acontecerão nos dias 22 e 23 de novembro.

Aos candidatos selecionados para as eliminatórias, serão disponibilizados arranjadores exclusivamente para as categorias Frevo de Rua, Frevo de Bloco e Frevo Canção.

A direção musical do Festival e a regência de sua orquestra ficarão a cargo do maestro Nenéu Liberalquino.

A seleção será feita por uma comissão, formada por cinco membros, entre integrantes da Secretaria de Cultura e Fundação de Cultura Cidade do Recife, representantes da sociedade civil e um membro da equipe do Paço do Frevo, espaço de salvaguarda do gênero musical pernambucano.

A primeira eliminatória, que será realizada no dia 22 de novembro, reunirá as Categorias Frevo Canção e Frevo de Bloco, cada uma com seis músicas. No dia seguinte, a segunda e última eliminatória contemplará as categorias Frevo de Rua e Frevo Livre Instrumental – Autoral,  também com seis músicas de cada.

Em cada uma dessas eliminatórias, serão selecionadas 3 finalistas de cada categoria para a grande final do Festival Nacional do Frevo 2019, que contará com 12 canções e acontecerá no dia 7 de dezembro.

Informações: PCR

Nenhum comentário:

Postar um comentário