quinta-feira, 9 de maio de 2019

Colagem e lambe-lambe são temas de oficina oferecida pelo Reduto Coletivo, em Surubim

Durante o mês de maio, o Reduto Coletivo, no município de Surubim, no Agreste, está com as portas abertas para ocupação de grupos e artistas e o encontro e diálogo com o público. Neste final de semana, o espaço está com inscrições abertas para Projeções e memórias para mundos possíveis, uma oficina de colagem e lambe-lambe, ministrada por Mário Miranda (Bros).
Mário é grafiteiro, performer, ilustrador e arte educador. Junto com Luiz Santos, fundou o coletivo de Lambe-lambe Cola Rato. Em 2018 o artista colaborou com o festival PEGLAM-SP organizado pelo Coletivo Lambes Brasil, que reuniu obras de mais de 240 artistas de todo país e exterior.
A oficina visa a transformação de material gráfico em cartazes artísticos. Com um total de 8 horas/aula, as atividades estão divididas em três encontros, nesta sexta-feira (10), sábado (11) e domingo (12), das 17h às 19h. O objetivo é capacitar um grupo de pessoas para produção de cartazes artísticos através da linguagem da colagem manual, usando alguns recursos da tecnologia, tais como o computador e impressora, na construção de imagens abstratas ou figurativas utilizando recortes de revistas, jornais, livros e fotografias.
O Reduto Coletivo é um espaço colaborativo de Artes Integradas formado por artistas de Surubim, localizado na Rua João Batista Leal Sobrinho, n° 208, no bairro da Cabaceira. Em maio, o espaço promove espetáculos, oficinas, debates, leituras, saraus e vivências entre os artistas.
Serviço
Oficina de Colagem e Lambe-Lambe com Mário Bros
Data: sexta (10), sábado (11) e domingo (12)
Local: Reduto Coletivo
Endereço: Rua João Batista Leal Sobrinho, n° 208, no bairro da Cabaceira
Inscrições: Direct do Instagram (instagram.com/reduto_coletivo)
Custo: R$ 20,00
Reduto Coletivo

Nenhum comentário:

Postar um comentário