terça-feira, 16 de abril de 2019

Prefeitura, Governo do Estado e Chicourel Arquitetura assinam ordem de serviço para o projeto do Compaz em Arcoverde

Foto: Divulgação
Na manhã desta terça-feira, 16 de abril, a prefeita de Arcoverde, Madalena Britto, esteve com o secretário-executivo do Gabinete de Projetos Estratégicos do Governo de Pernambuco, Nelson Holanda, o diretor estratégico da Chicourel Arquitetura Studio de Projetos Ltda, Roberto Filho, entre outros representantes da empresa vencedora da licitação, para a assinatura da Ordem de Serviço do Centro Comunitário da Paz – Compaz. A ocasião também contou com o vice-prefeito Wellington Araújo e os secretários municipais Aildo Biserra (Planejamento), Patrícia Padilha (Assistência Social) e Zulmira Cavalcanti (Educação e Esportes).
Antes da assinatura do termo, foram apresentados slides envolvendo dados do município nos segmentos que farão parte da unidade em Arcoverde, que será a primeira cidade do interior de Pernambuco a contar com o referido centro. “O Compaz é o lugar de encontros e de fortalecimento comunitário, integrando cultura, esportes e lazer como eixos prioritários para a transformação social”, destacou o secretário-executivo Nelson Holanda, explanando posteriormente as ações já desenvolvidas em unidades do centro na capital pernambucana.
Para a prefeita Madalena Britto, o momento também foi oportuno para planejar quais iniciativas irão compor o modelo que atenderá o bairro do São Cristóvão, juntamente com a Praça da Juventude Otacílio Cassiano da Silva, possibilitando um conglomerado de ações envolvendo cidadania e inclusão social. “Através desta reunião, já podemos visualizar como o Compaz vai atender demandas da nossa população. Estamos estudando a melhor forma de adequá-lo às necessidades de Arcoverde, para em breve anunciarmos o que ele trará de benefícios em ações comunitárias”, explicou a gestora municipal.
O projeto está orçado em R$ 125 mil e o Compaz estará intensificando ações contínuas de redução aos índices de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), em parcerias com iniciativas de políticas públicas do Estado, a exemplo dos programas Governo Presente, ATITUDE e Juventude Presente.

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário