quinta-feira, 11 de abril de 2019

Folheto de Cordel " A Oficina Desperta" será lançado nesta quinta-feira



Será lançado nesta quinta-feira, 11 de abril, na Sede do Coco Raízes de Arcoverde, o folheto de cordel intitulado "A OFICINA DESPERTA". Este trabalho foi escrito pelo PASSO VIRADO, que é um projeto realizado por Jan Trindade e Wanessa Fagundes, mineiras que viajam o Brasil, conhecendo culturais locais, novos olhares e formas de vida.

O cordel A OFICINA DESPERTA surgiu de uma brincadeira a partir de vivência na cidade de Arcoverde/PE, quando as duas mineiras participaram de momentos com o Mestre Assis Calixto na condição de aprendizes.

Francisco de Assis Calixto Montenegro, nascido em 04 de outubro de 1944, no povoado de Estreito, no município de Sertânia, Sertão Pernambucano, é o principal autor das cantigas do Grupo de Coco Raízes de Arcoverde, além de participar das apresentações tocando triângulo.

Chegou em Arcoverde em 1952 e desde muito cedo começou a participar das festas onde se dançava muito Samba de Coco. Com a morte do seu irmão Lula Calixto, responsável pela retomada da cultura do Coco em Arcoverde,  Assis, a partir de 1999, torna-se a principal referência do Coco Raízes por ser o autor da maioria das músicas executadas pelo grupo.

Mas o trabalho de Assis Calixto não se resume apenas à música, ele confecciona tamancos e outros souvenires que comercializa durante as apresentações do grupo, além de produzir esculturas de madeira e brinquedos que são batizados pelo Mestre e alguns até já foram motivo para músicas, como é o caso da Boneca Andrelina.

É desse universo da musicalidade de Assis e de seus brinquedos que fala o poema escrito pelas meninas do PASSO VIRADO, adotando o formato de versos de sete sílabas poéticas (redondilha maior) agrupados em estrofes de dez linhas (décimas). Este trabalho poético torna-se ainda mais relevante por representar o olhar de artistas de outra região do país sobre um fazer tão original como o do Mestre Assis Calixto.

O folheto foi impresso pelo COCAR - Coletivo Cultural de Arcoverde, através do seu projeto NAS ASAS DO CORDEL, cujo objetivo é a difusão da Literatura de Cordel em Arcoverde e Região. A arte da capa foi idealizado pelo artista plástico Sebastião Rodrigues.

O lançamento terá início às 19h e ocorrerá em ensaio aberto do Coco Raízes que receberá o poeta Diosman Avelino e seus filhos, a poetisa Edilza Vasconcelos e os cantores Leandro Vaz e Kleber Araújo. Outros artistas que estiverem presentes certamente não deixarão de fazer sua homenagem ao Mestre Assis.

E assim começa o poema:


Mestre Assis e sua oficina
Eu lhe digo como é
Brinca como bem quiser
Canta coco e faz rima
Quando olho lá em cima
É bonito e decorado
O lugar é encantado
E bem pendurado no muro
Fica um sininho que juro
Toca pra quem é chamado

Informações: Cocar

Nenhum comentário:

Postar um comentário