quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Bloco " Não Me Kahlo" ganha as ruas de Arcoverde nesta quarta-feira


E nesta quarta-feira, 27 de fevereiro, acontece a segunda edição do Bloco "Não me Kahlo". A prévia que vai literalmente para a avenida protestar contra a violência contra a mulher e o assédio durante o Carnaval terá como homenageada a mestra Severina Lopes.

A Coordenadoria da Mulher de Arcoverde comanda a festa que terá como atrações o Samba de Coco das Irmãs Lopes e o Maracatu Baque Mulher.



Segundo Micheline Valério, coordenadora da mulher, "A ideia do bloco surgiu da ideia de fazer do Carnaval um espaço de fala para o tema que é o combate ao Assédio no período carnavalesco. O nome NÃO ME KAHLO, é um trocadilho para dizer que nós mulheres não nos calaremos diante das violências sofridas. Usamos como referência a Frida Kahlo, representando a força, resistência e a ousadia feminina que marcaram a história. Esse ano nossa Frida é D. Severina Lopes. Temos muitas Fridas por aqui que fazem a luta valer a pena. O Bloco é diverso, é resistência. Estamos na Avenida, e Não nos Kahlaremos, até que nós mulheres possamos viver sem medo de sofrer violência."

A concentração acontece na Estação da Cultura à partir das 16h.

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário