segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Em reunião com secretário de saúde, prefeita de Arcoverde, Madalena Britto, defende o Atendimento Oftalmológico na cidade e na região

Foto: Divulgação
A prefeita de Arcoverde, Madalena Britto, participou, nesta segunda-feira (19), de um encontro no Recife com o secretário estadual de Saúde, Iran Costa. Na reunião - também presentes os prefeitos Petrolândia, Janielma Souza; de Tacaratu, José Gerson; e de Manari, Van de Otaviano; a secretária de saúde de Arcoverde, Andréia Britto, e outros secretários municipais de saúde; além dos deputados Waldemar Borges e Rodrigo Novaes - foi discutido, especificamente, o atendimento oftalmológico na rede pública da cidade e na área de abrangência da VI Gerência Regional de Saúde (Geres), atingindo um total de 13 municípios.
“O encontro foi muito positivo: o secretário Iran Costa reafirmou que todo o atendimento e serviços oftalmológicos serão prestados sem maiores prejuízos para a população”, afirmou a prefeita.  O secretário de Saúde de Pernambuco garantiu para Prefeita Madalena que, “mesmo com o fechamento da unidade da Fundação Altino Ventura em Arcoverde, a assistência está garantida”.
"Nós tratamos a Saúde da população pernambucana com muita seriedade e, reforçando esse compromisso, os moradores do Sertão do Moxotó não ficarão desassistidos. Neste primeiro momento, o fluxo será o encaminhamento para os serviços de referência no município de Caruaru. Ao mesmo tempo, já estamos trabalhando para dar início aos atendimentos na própria Região", ressaltou o Secretário Estadual de Saúde, Iran Costa.
Segundo ele, a Secretaria Estadual de Saúde – SES está trabalhando para implementar o serviço de oftalmologia na UPAE de Arcoverde no menor tempo possível: “Já estão sendo viabilizados os equipamentos e técnicos especializados necessários. Além disso, uma equipe da SES vai chegar ainda nesta semana a Arcoverde para atuar diretamente e identificar os casos de maior urgência, que serão encaminhados de imediato para Caruaru”, informou o Secretário Iran Costa.
ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário