quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Espetáculo OKALONAM celebra os 20 anos de carreira de Emerson Calado, Nego Henrique e Rafa Almeida

Fotos: Nilton Leal 
Empunhando um transe sonoro e religioso através da trindade indígena, negra e urbana Emerson Calado, Nego Henrique e Rafa Almeida, percussionistas do  Cordel do Fogo Encantado, assobiam pelas mãos OKALONAM (OKA/OCA – casa dos índios LONAM – caminho em yorubá).
O espetáculo celebra os 20 anos de carreira dos três artistas, desenvolvendo sons percussivos que repousam no sagrado, no abstrato, na lágrima da natureza, representada pelas bases de vozes femininas que chegarão ao palco através de tecnologia sonora utilizada. Uma gira costurada ao grito urbano através das sonoridades eletrônicas que farão a costura deste alá.
Partida, caminho e chegada se fundem nos elementos do show através da vivência religiosa e do lugar “de vida” dos músicos. Emerson traz na ponta da lança a raiz indígena da Serra da Ororubá, os índios Xucurus (maior comunidade indígena do NE -PESQUEIRA/PE), Nego e Rafa, ogãs nascidos e “feitos” pelo axé das nações Nagô e Jeje, embebidos pelo batuque da Jurema Sagrada, pingam a negritude vinda do Morro da Conceição (RECIFE/PE).
Entre rituais, reverências, mantras e batidas, os irmãos perfumam seus batuques com a experiência vivida ao lado de Naná Vasconcelos (produtor musical do primeiro álbum do Cordel do Fogo Encantado – 2001) e a profunda e poética direção musical de Lira (Lirinha – Cordel do Fogo Encantado).
Em uma hora de espetáculo as canções/temas chegarão por peles e baquetas, por bases ora eletrônicas, ora orgânicas (ESSE SOL, ORBITAL e OKALONAM).
OKALONAM chega como enredo, como visitação dos lugares e sons experienciados pelo peito e pelas mãos dos artistas, enriquece a música instrumental Pernambucana, coloca lado a lado ancestralidade e modernidade, profundidade e fé.
LANÇAMENTO EM BRASÍLIA
O primeiro encontro do OKALONAM com seu público acontecerá no Festival São Batuque, que recebe artistas nacionais e internacionais, dia 29 de setembro de 2018 em Brasília.
O show trará toda a maestria do encontro das raízes com a sonoridade moderna, através de tambores, elementos eletrônicos e a participação do músico DECO DO TROMBONE.
Entre os grooves, destacam-se Caminho de Casa (OKALONAM), Seus dias e Esse Sol, a última já conhecida do público por ser executada em alguns shows da Turnê Viagem ao Coração do Sol (CFE).
Com arranjos e composições do próprio Trio, o show chega pra abrir e firmar uma Gira mais forte na música instrumental percussiva pernambucana.
Além da prioridade Instrumental, o espetáculo contará com vozes e ruídos vocais dos próprios músicos, com a voz captada em estúdio da cantora Karynna Spinelli , que também assina a composição e voz de abertura com a canção É LONAM e vozes  na faixa SAUDAÇÃO AXÉ , além da  participação presencial de Lira, que entoará e declamará  alguns sopros do Cordel do  Fogo Encantado.

Zuela Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário