quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Pastoril valoriza cultura nordestina em Garanhuns


Foto:Daniela Batista

O Folclore é um conjunto de costumes, lendas e festas populares do nosso país. Hoje, 22 de agosto, é o dia de comemorar toda essa cultura que torna o Brasil um lugar único para se viver. Em Garanhuns, interior de Pernambuco, a cultura é vivenciada por diversas manifestações e uma delas é o Pastoril. Conhecido no Nordeste, ele advém de espetáculos religiosos e geralmente é apresentado no Natal e em outras festividades cristãs.

O Pastoril é um espetáculo que promove integração com o público, cheio de músicas e danças. Ele é composto principalmente por mulheres que entoam cânticos referentes ao nascimento de Jesus. Em Garanhuns, cerca de quatro grupos eternizam esse movimento. Entre eles, o grupo do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) da Cohab II, que pertence ao Centro de Referência em Assistência Social (Cras) do bairro Boa Vista, ambos desenvolvidos pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH).

Composto por 13 crianças de 7 a 16 anos, o grupo foi criado em 2017, sob a coordenação da educadora social Jucineide Honorato da Silva, que conduz o grupo até hoje. O pastoril já se apresentou em diversos eventos, como a Magia do Natal, que ocorre nos meses de novembro e dezembro em Garanhuns, e o Festival de Inverno de Garanhuns, além de outras festividades religiosas do município.

Jucineide explica que essa forma de atividade gera desenvolvimento social entre os pequenos. “Eles adoram participar do Pastoril, muitos conseguiram vencer a timidez após se apresentarem para o público nas festas daqui de Garanhuns. É um aprendizado riquíssimo que também ajuda a valorizar a nossa cultura”, ressaltou a educadora, que também afirmou que os ensaios para a próxima edição da Magia do Natal já foram iniciados agora no mês de agosto.

Daniela Batista

Nenhum comentário:

Postar um comentário