sábado, 16 de junho de 2018

Geraldinho Lins traz novidades para o São João 2018


Do Litoral ao Sertão, a festa mais tradicional do calendário de festejos do Nordeste já começa a mostrar seus acordes. E como bom forrozeiro, Geraldinho Lins também espera o ano inteiro pelo São João para poder celebrar a tradição nordestina e animar os principais polos de animação de Pernambuco e da Paraíba. Para as apresentações deste ano, o artista vai trazer um show de pegada romântica, com os maiores hits das quase três décadas de carreira somados a novos sucessos, como “Reapaixonar”, “Um por de sol de sentimento” e “Tudo que eu queria agora”.

As apresentações de Geraldinho Lins vão contar ainda com releituras de clássicos de Zezé Di Camargo (“cada volta um recomeço”) e Chrystian Lima (“Leilão”, mais conhecida na interpretação de Edson Lima). “O show é um passeio pelos meus 28 anos de carreira. Superanimado, pra frente e romântico. Vai ser difícil ficar parado”, adianta o artista, que vai se apresentar em festejos juninos de cidades como Caruaru, Petrolina, Campina Grande e Recife, onde é um dos homenageados da festa deste ano. “Este é um divisor de águas em minha carreira. Estou muito honrado e prometo fazer jus cantando e fazendo belos shows”, afirma o cantor a respeito da homenagem.

Origem – Nascido na cidade de Serra Talhada, Geraldo Pereira Lins Filho teve o primeiro contato com a música aos 13 anos de idade. A paixão pelo forró, porém, se instalou anos mais tarde, durante um show do Trio Nordestino realizado na cidade de Caruaru, e pode ser vista e ouvida em mais de 200 canções de sua autoria – que incluem também ritmos como xote, baião, caboclinho, frevo de bloco e frevo rasgado.

Atualmente, as influências de Geraldinho Lins vão de Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro e Alceu Valença a nomes como Chico Science, Lenine, Legião Urbana e Titãs. Essa mescla de estilos está presente nos shows de Geraldinho por meio da união do novo, como o eletrônico e o pop, com a sonoridade mais tradicional e a poesia. “Toco forró, e o mais importante nesse estilo é fazer as pessoas dançarem”, afirma o artista, que já vem formando uma segunda geração de fãs.

As primeiras apresentações de Geraldinho foram com a banda Flor da Pele, formada por amigos do colégio, seguida pelo grupo Quenga de Coco, banda que permitiu a Geraldinho Lins mostrar seu trabalho em diversos locais pelo Brasil. Já na carreira solo, o artista vem tendo a oportunidade de apresentar seu talento tanto em território nacional como no exterior.

Europa – Desde 2011, Geraldinho Lins vem desenvolvendo um trabalho de divulgação do forró pela Europa, já tendo realizado apresentações na França, Suíça e Alemanha. “A gente tem conseguido abrir um mercado muito bacana por lá. O mais interessante é essa coisa bonita de estar trabalhando e divulgando o forró e fazendo uma parceria com os músicos, empresários e, acima de tudo, com o público europeu”, avalia Geraldinho, que já tem apresentações agendadas em Berlim e Frankfurt, na Alemanha, em janeiro do próximo ano. 

Banda – Geraldinho Lins lidera uma equipe formada por 20 profissionais, entre técnicos, produtores e roadies. A banda é composta por Sandro Pick (bateria), Marquinhos Casa Amarela (zabumba), Daniel Félix (teclados) e Kiel Hernandez (guitarra). O cantor possui 14 CDs gravados, além de 3 DVDs e participações em trabalhos de artistas diversos.

Para este ano, Geraldinho Lins planeja a gravação do quarto DVD e o lançamento de mais um videoclipe musical. Até lá, os fãs podem conferir o talento do artista no recém-lançado CD promocional “Tudo e mais um pouco”, disponível para audição e download gratuito no site www.suamusica.com.br/geraldinholins.

Helder Quaresma

Nenhum comentário:

Postar um comentário