segunda-feira, 21 de maio de 2018

Começam as obras de teatro e cinema do Centro de Produção Cultural de Garanhuns

Construção já emprega 71 trabalhadores e deve chegar a 200 postos de trabalho. Investimento na segunda etapa do CPC é de R$ 15 milhões.



Foto: Olga Wanderley

O teatro e o cinema do Centro de Produção Cultural (CPC) em Garanhuns tiveram sua construção iniciada. As obras já empregam 71 trabalhadores e a expectativa é de que sejam gerados 200 postos de trabalho até a entrega dos espaços que juntos poderão receber aproximadamente 700 pessoas. Nos próximos dias 28 e 29 de maio, uma equipe de engenheiros do Sesc Nacional estará na cidade para acompanhar o andamento das obras, que iniciaram em abril. Essa é a segunda etapa do espaço de 4 mil metros quadrados, que teve sua primeira fase inaugurada em julho passado. A previsão é de que o teatro e o cinema sejam abertos ao público em 2019.

Para a conclusão da segunda etapa, estão sendo investidos R$ 15 milhões. O cinema contará com uma sala de exibição com 123 lugares e mais dois assentos para cadeirantes, garantindo a acessibilidade das pessoas com deficiência, hall, acesso à sala de projeção, foyer, área externa para realização de eventos variados e antecâmara.

Já a estrutura do teatro foi concebida inspirada no estilo italiano, e inclui palco capaz de receber atividades cênicas variadas, como dança e teatro, apresentações musicais de variados estilos e características técnicas, como ópera. Serão três salas para ensaio, música e multiuso, além de banco de textos, escritório de produção, oficina cenotécnica e depósitos especializados na temática. O local comportará 556 lugares, sendo 408 na plateia inferior e 148 no balcão, e também pode ser utilizado como auditório para eventos.

Ao todo, o CPC representará um empreendimento de R$ 35 milhões, tornando-se uma referência em cultura no Agreste. “É um projeto muito ansiado por nós e pela cidade. É pioneiro em Pernambuco pela sua capacidade de promover e receber eventos e atividades de diversas linguagens (artes cênicas, artes visuais, música, audiovisual). Mais que isso, vai fortalecer toda a cadeia cultural”, avalia o presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac-PE, Josias Albuquerque.

As pessoas terão acesso à área de convivência, salão de convenções, cinema, teatro, café e estacionamento capaz de receber 58 carros.“Com a inauguração completa do equipamento, esperamos receber milhares depessoas mensalmente no local. Só na Bienal, durante o Festival de Inverno de Garanhuns, recebemos mais de 9 mil visitantes”, comenta o diretor regional do Sesc Pernambuco, Antônio Inocêncio Lima.

Para a gerente do Sesc Garanhuns, os novos espaços culturais vão fazer parte do cotidiano da cidade. “Vamos disponibilizarà sociedade uma estrutura única com equipamentos adequados e de última geração”, afirma.

Informações: Oficina Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário