quinta-feira, 19 de abril de 2018

Dez personalidades receberão o Troféu Viva Dominguinhos

Foto: Daniela Batista

Já tradicional no Viva Dominguinhos o Troféu que também leva o nome do artista homenageará dez nomes este ano. A premiação, criada pelo historiador Antônio Vilela em 2015, é realizada pelo Governo Municipal de Garanhuns, por meio da Secretaria de Comunicação Social. A entrega aos 10 homenageados será realizada pelo prefeito do município, Izaías Régis, no sábado (21), às 19h.  
Serão premiados Gerlane Melo, atual gerente da Unidade do Sebrae em Garanhuns, e ex-secretária de Turismo de Garanhuns, na época da criação do Viva Dominguinhos; Neile Barros, atual secretária de Turismo e Cultura também receberá o Troféu, junto ao professor e historiador Antônio Vilela de Souza, apaixonado pela cultura nordestina, conselheiro do cariri cangaço e que, entre suas obras, tem ‘Dominguinhos, o Neném de Garanhuns’. Onildo Almeida, um dos mais constantes parceiros de Luiz Gonzaga e compositor da música ‘Onde o Nordeste Garoa’, em homenagem a Garanhuns, também receberá o Troféu. Onildo tem uma sólida e longa carreira musical, iniciada ainda no rádio, que gerou clássicos como ‘A Feira de Caruaru’, ‘Sanfoneiro Zé Tatu’, ‘Hora do Adeus’, ‘Se casamento fosse bom’ e ‘Aproveita gente’.
A imprensa estará bem representada pelo jornalista e diretor de Jornalismo da Rádio Jornal Recife, Carlos Morais; Arísio Coutinho Filho, diretor de Programação da Globo Nordeste, com larga experiência dentro da emissora, incluindo internacionais e Francisco José, repórter da Globo há 42 anos, autor do livro 40 anos no Ar e o diretor geral da Rede Globo Nordeste, Iuri Leite, filho do saudoso jornalista Ronildo Maia Leite. Ainda integra esse time a jornalista Jacqueline Menezes, atual secretária de Comunicação Social de Garanhuns. Ela realizou diversas entrevistas com o Mestre Dominguinhos para a TV Asa Branca, onde trabalhou por 11 anos, entre elas para o Projeto Minha Cidade desenvolvido pela emissora, em que Dominguinhos foi entrevistado como um dos filhos ilustres de Garanhuns. Ciro Bezerra, radialista, com 32 anos de profissão e que há dois anos apresenta o programa A Voz do Povo, na Rádio Jornal pela manhã e à noite O Povo na TV, na TV Jornal Recife.

HISTÓRICO DO PRÊMIO - Em 2017, foram homenageados o radialista Iran Pessoa; o fundador do grupo Quinteto Violado, Marcelo Melo; o guitarrista, violonista e compositor de Garanhuns, João Netto; o historiador Hélio Diógenes, criador do fã clube “Eterno Cantador”, que homenageia o Rei do Baião, Luiz Gonzaga;  e o cantor Flávio José. No ano anterior, quem recebeu o troféu foi Aldo Machado de Araújo, propagador da música nordestina no Brasil; o instrumentista Genaro; Eurides Menezes, pai do cantor Waldonys; Jarbas Brandão; o sanfoneiro e sobrinho de Luiz Gonzaga, Joquinha; Flávio José e os cantores Elba Ramalho e Jorge de Altinho. Em 2015, os escolhidos foram o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis; o radialista Geraldo Freire, o jornalista Ney Vital; Wilson Seraine, professor universitário e radialista; o cantor e radialista Zezinho de Garanhuns; o colecionador Paulo Wanderley; o ex-prefeito Ivo Amaral; o proprietário da casa de eventos Arriégua, Luiz Ceará; o cantor e compositor Waldonys; o filho de Dominguinhos, Mauro Moraes; José Nobre, proprietário do Museu Luiz Gonzaga de Campina Grande; Marcos Lopes, proprietário do Forró da Lua, e a ex secretária de Cultura de Garanhuns, Cirlene Leite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário