quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Coleção Assis Chateaubriand do MAC chega a Arcoverde

Arcoverde é a terceira cidade a receber reproduções de parte do acervo da Coleção Assis Chateaubriand do Museu de Arte Contemporânea




Tornar a arte acessível à circulação deslocando-se dos principais centros onde estão os equipamentos oficiais de cultura.

Esse é o principal objetivo do projeto “Acervo Educativo: Coleção Assis Chateaubriand do MAC-PE” que realizará exposições de caráter educativo com reproduções de uma parte do acervo doado por Chateaubriand ao MAC-PE, que conta com obras de renomados artistas brasileiros, tais como: Cândido Portinari, Lasar Segall, Tomie Ohtake, Eliseu Visconti, Djanira, Telles Junior, Guinard, Montez Magno, Francisco Brennand, entre outros. O projeto é idealizadopela artista e educadora Lúcia Padilha Cardoso, com incentivo do FUNCULTURA.


As exposições serão realizadas em quatro Escolas de Referência em Ensino Médio, que possuem estratégias educativas diferenciadas e estão localizadas em três macrorregiões de Pernambuco – Tracunhaém (Zona da Mata), Garanhuns (Agreste) e Arcoverde (Sertão) - e no Território de Fernando de Noronha,com uma média de permanência de uma semana em cada escola, com a intenção de levar o museu para a escola e ir ao encontro de um novo público. Ao levar o museu para a escola, fora da Região Metropolitana, é possível oferecer ao público o acesso a este valioso acervo. 


A exposição já passou pelas cidades de Tracunhaém e Garanhuns. Nesse momento passa pela cidade de Arcoverde (entre 26 e 29/10), na Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Senador Vitorino Freire (Rua Afonso Pena, S/N. São Cristóvão), com visitação das 8h às 16h. A próxima parada e encerramento do projeto será em Fernando de Noronha (entre 7 a 11/12). 




Através de uma curadoria educativa, a exposição será composta por painéis com reproduções das obras do acervo, trazendo para o público escolar uma leitura da história da arte do Brasil desde o início do século XIX até meados dos anos 1960. A partir desse olhar curatorial voltado para a arte/educação, pretende-se explorar múltiplos conteúdos de leitura possibilitando que a exposição possa se integrar às atividades interdisciplinares nas escolas contempladas.

Complementando o caráter educativo da mostra, será realizado um encontro com os professores para apresentação e distribuição de material educativo sobre a exposição, com conteúdo que traz informações sobre a história do MAC-PE, imagens e textos sobre as obras expostas e propostas de atividades para serem posteriormente aplicadas em salas de aula, fortalecendo assim o papel de mediador e multiplicador do professor. Ao levar o importante e valioso acervo do MAC-PE para as escolas, está sendo oferecida a rara oportunidade de se ter conhecimento de um patrimônio brasileiro muito rico, contribuindo com a formação do público e realizando uma ação complementar à obra educacional do Estado de Pernambuco.

MAC/PE- Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco (MAC-PE), localizado em Olinda, foi inaugurado em 1966, com a doação de parte da coleção do embaixador Assis Chateaubriand ao Estado de Pernambuco. Nessa ocasião, a antiga Casa de Câmara e Cadeia Pública do Município de Olinda, uma edificação do século XVIII, foi restaurada e tombada pelo IPHAN para abrigar a exposição inaugural do museu com as obras doadas.O acervo que deu origem ao MAC-PE conta com obras de renomados artistas brasileiros, tais como: Cândido Portinari, Lasar Segall, Tomie Ohtake, Eliseu Visconti, Djanira, Telles Junior, Guinard, Montez Magno, Francisco Brennand, entre outros.
  
Arcoverde (26 a 30/10)

Local: Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Senador Vitorino Freire
Endereço: Rua Afonso Pena, S/N. São Cristóvão
Visitação das 8h às 12h 

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário