sábado, 18 de julho de 2015

Gonzagão, a Lenda emocionada público do Festival de Inverno de Garanhuns


Há alguns anos atrás tive a alegria e a emoção de assistir no Recife Antigo uma peça de João Falcão que me fez rir e quase chorar. Sentada na calçada em pleno Recife pude ver a história de Luiz Gonzaga sendo contada por não nordestinos com tanta verdade e musicalidade me deixou emocionada e ainda mais orgulhosa de ser nordestina.

Ontem, no palco pop do Festival de Inverno de Garanhuns "Gonzagão, A Lenda" levou um público de aproximadamente 3 mil pessoas a viajarem no tempo com os seus artistas e revisitarem a trajetória do cantor e compositor Luiz Gonzaga (1912-1989), que mudou a história da música nordestina e por que não dizer brasileira?  



O espetáculo passeou pela vida de Gonzaga através de sucessos como Qui Nem Jiló, Asa Branca, O Xote das Meninas, A Vida do Viajante e Assum Preto, levando algumas pessoas às lágrias.  Os atores surpreenderam a platéia ao cantar no final da apresentação,  No fim do espetáculo, cantou a música Onde o Nordeste Garoa, de Onildo Almeida, e foram acompanhados um uníssono pelo povo da terra de Dominguinhos.



Amannda Oliveira



Nenhum comentário:

Postar um comentário