quarta-feira, 12 de março de 2014

Morte do dono do Maikai foi encomendada pelo gerente

Foto:Reprodução/Arquivo Pessoal
A Delegacia de Homicídios de Maceió concluiu o inquérito que investigou a morte do empresário Guilherme Brandão, de 39 anos, morto no último dia 26
Empresário foi morto na quarta-feira (26) de fevereiro.

Após investigação, a Justiça, indiciou Marcelo Carnaúba, por homicídio qualificado.

O acusado era gerente do Maikai, funcionário da vítima, e teria cometido o crime porque tomou conhecimento de que seria demitido após desviar dinheiro do estabelecimento. 

O depoimento de Marcelo Carnaúba será colhido nesta quarta-feira (12), pelo delegado Cicero Lima e encaminhado para a Justiça em autos complementares. 

O inquérito, apesar da conclusão, continua em andamento. O delegado aguarda a conclusão do laudo pericial de comparação balística entre o cartucho descartado em uma das lixeiras do Maikai e a arma do crime, e ainda o laudo cadavérico realizado pelo IML.

O acusado está detido no Presídio Baldomero Cavalcanti.

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário