quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Poesia em Minuto - Bia Marinho

Foto: Arquivo Pessoal

A Poesia em Minuto de hoje vem de São José do Egito, terra de poetas.
Estamos falando de Bia Marinho, poetisa e cantora, filha do repentista Louro do Pajeú (Lourival Batista Patriota). 



Com um repertório traçado por composições próprias e canções embalas pelo repente e pela viola, Bia Marinho  é do tipo de artista , cuja arte, faz bem a alma.



Confiram a baixo dois textos dessa artistas brilhante.




Eu tenho três histórias pra contar
São três histórias de amor profundo

São três enfeites que adornam meu mundo

E os três me ensinam como é bom amar

São três cantigas que vivo a cantar
Três esperanças que guardo comigo
Três corações que me darão abrigo
Três moradores pro meu abrigar

Três tatuagens na minha emoção
Três tons serenos pra minha canção
Três bálsamos santos para minhas dores

São três motivos pra minha alegria
Três rimas doces pra minha poesia
São meus três filhos, os meus três amores.

Em homenagem aos seus filhos em dezembro de 2000.


-----------

É a última vez que uso a escrita

pra falar desse amor com dor e pranto

eu me nego a trazer por trás de um manto

o que sinto de forma tão bonita

Eu não quero um amor como tormento
eu não quero sentir culpa em amar
eu não quero prazer só ao sonhar
pois tem vida e pulsar meu sentimento

Quero amar livremente e espalhar
para o mundo o prazer que é amar
quando o amor se entrega de verdade

Um amor decantado em poesia
não se molda no véu da hipocrisia
nem se doa a quem vem pela metade.

Um comentário: