Dando prosseguimento a mais uma etapa do processo seletivo para o Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) 2013, a Secretaria de Cultura e a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) divulgam, nesta terça-feira (28/5), novas listas de habilitados para o festival. Os proponentes dos projetos nas áreas de Música e Cultura Popular (divididos em "difusão" e "formação") já podem saber se seguem adiante para a próxima fase da seleção. Para conferir os nomes, é só clicar nos links abaixo:

Habilitados em Música (difusão)
Habilitados em Música (formação)
Habilitados em Cultura Popular (difusão)
Habilitados em Cultura Popular (formação)

É importante lembrar que a habilitação das propostas ainda não é garantia de que os proponentes vão compor a programação, e sim de que estão aptos, pela qualidade e pelas condições legais exigidas no edital da convocatória nacional, a fazer parte do evento. A partir de agora, tem início a elaboração da grade do festival, que será divulgada em junho, pelo Governo do Estado. Até a data do anúncio oficial, a Secult-PE/Fundarpe entrará em contato com os habilitados para montar a programação, que prevê ainda um percentual de convites a artistas, grupos e demais participantes. Esse processo envolve adequação de cachês, locais, horários, datas e outras variantes.

No total, foram habilitadas 695 propostas na linguagem Música (677 em difusão e 18 em formação). Já em Cultura Popular, foram habilitadas um total de 186 propostas (sendo 172 em difusão e 14 em formação). Os projetos foram avaliados em duas etapas: na primeira, preliminar, foram avaliadas as documentações e as exigências para cada área; na segunda, o mérito de cada proposta foi avaliado pela comissão de análise artístico-cultural. Saiba quem são os membros participantes na seleção em difusão e formação.

Para saber mais sobre os projetos habilitados nas outras linguagens, clique AQUI.

O Festival de Inverno de Garanhuns 2013 acontece entre os dias 18 a 27 de julho, na cidade de Garanhuns, Agreste de Pernambuco, Brasil. Todas as ações têm acesso gratuito ao público.
Informações: Fundarpe