segunda-feira, 29 de abril de 2013

Ministério do Turismo cobra mais de R$ 316 mil da ex-prefeita de Sertânia


Um montante de R$ 316.427,60. Esse é o valor que o Ministério do Turismo está cobrando da ex-prefeita de Sertânia, Cleide Ferreira (PSB), esposa do deputado estadual Ângelo Ferreira, também do PSB.

O Ministério do Turismo havia reprovado a sua prestação de contas, do convênio nº CV-0437/2010 SIAFI/SICONV nº 734939 e determinou que a ex-prefeita devolva ao Ministério o valor corrigido referente às irregularidades encontradas na aplicação dos recursos do referido convênio.

O convênio era para a realização do FESTIVAL DA CULTURA ESTUDANTIL de 2010 e, segundo o Ministério, há ausência de comprovação da existência de alguns itens que constam como despesas realizadas, o que deixa a entender que a prefeita apresentou as notas das despesas, mas não comprovou, na forma da lei, que realmente recebeu o serviço ou produto pelo qual efetuou o pagamento. O prazo dado pelo Ministério é de 15 dias para que a ex-prefeita efetue o ressarcimento aos cofres públicos.

Com essa irregularidade cometida pela ex-gestora, o Município se encontra no CAUC – CADASTRO ÚNICO DE CONVÊNIOS, o que impede de receber transferências voluntárias do Governo Federal. Quanto a isso, já estão sendo tomadas todas as providências legais, para a retirada dessa restrição. Mais uma herança “maldita” do governo socialista na cidade de Sertânia que deixou, segundo a assessoria do prefeito Guga Lins, mais de R$ 2 milhões em débitos.

Informações: Arcoverde de Todos


Nenhum comentário:

Postar um comentário