quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Emoção marca a despedida ao vereador Jairo Freire

Foto: PC CAVALCANTI

" Bate outra vez,
Com esperanças o meu coração
Pois já vai terminando o verão,
Enfim
Volto ao jardim
Com a certeza que devo chorar
Pois bem sei que não queres voltar
Para mim
Queixo-me às rosas,
Mas que bobagem
As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam
O perfume que roubam de ti, ai
Devias vir
Para ver os meus olhos tristonhos
E, quem sabe, sonhavas meus sonhos
Por fim"
Foi cantando as "Rosas não Falam de Cartola" que o Padre Airton Freire se despediu na tarde desta quarta-feira do seu irmão Jairo Freire.
Com um auditório repleto de trabalhadores, estudantes,operários, soldadores que trabalharam com o vereador, médicos , amigos e familiares, além dos representantes da política local  Arcoverde se despediu com emoção do vereador Jairo Freire.
 Foto: PC Cavalcanti

As despedidas ao parlamentar começaram cedo na Casa James  Pacheco onde muita gente pode se despedir de Jairo até as 14h quando o vereador foi removido para a Fundação Terra onde aconteceu a missa de corpo presente presidida pelo seu irmão Padre Airton Freire.

Jairo Freire foi soldador, professor e vereador, além de um homem de fé e defensor da cultura. Em um dos seus discurssos na Câmara certa vez , ele lembrava da infância pobre e dos cuidados que tinha com o irmão Airton que sempre teve a saúde mais frágil e de tudo o que haviam vívido juntos. Ao vislumbrar a dor estampada na alma do Padre Airton, imaginei como aquela infância e toda uma vida vivida deveriam estar passando por sua mente e pelo seu coração que já sentia saudades do irmão amado.
Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário